LittleBigPlanet

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
LittleBigPlanet
LittleBigPlanet
Produtora(s) Media Molecule
Editora(s) Sony Computer Entertainment Europe
Plataforma(s) PlayStation 3, PSP
Série LittleBigPlanet
Data(s) de lançamento
  • AN 27 de outubro de 2008
  • EU 3 de novembro de 2008
  • RU 5 de novembro de 2008
Gênero(s) Plataforma, educativo
Modos de jogo Single-player, multiplayer, online multiplayer, cooperativo
Classificação Permitido para todas as idades i CERO (Japão)
Permitido para todas as idades i DEJUS (Brasil)
Inadequado para menores de 6 anos i ESRB (América do Norte)
Permitido para todas as idades i OFLCA (Austrália)
Inadequado para menores de 7 anos i PEGI (Europa)
Inadequado para menores de 6 anos i USK (Alemanha)
Média Disco blu-ray, Distribuição digital
Controles Sixaxis, DUALSHOCK3

LittleBigPlanet (em português: Pequeno Grande Planeta) é um jogo eletrônico para o console PlayStation 3 originalmente lançado em novembro de 2008. O título permite ao jogador modificar o cenário e criar as próprias regras do jogo, usando os materiais encontrados no mundo virtual e as habilidades dos personagens.

O conceito por trás do game é similar ao da Web 2.0, em que o usuário é o principal agente de criação do conteúdo, como se verifica em serviços como Wikipedia e YouTube.

Em LittleBigPlanet, que possui um clima de fantasia, o jogador tem diversas habilidades para interagir com ambiente. Existem itens para colecionar e quebra-cabeças, cuja solução requer lógica e colaboração em grupo. Quanto mais se explora o mundo, mais o jogador aumenta sua capacidade de criar e modificar o cenário.

Pode-se mover tudo no ambiente e reposicionar os objetos como desejar. A interface é bem simples e intuitiva. O mundo criado pode ser compartilhado com outros usuários. No entanto, as fases iniciais já vêm prontas. Não há objetivos ou regras estabelecidas e o próprio jogador pode e deve inventá-las.

Jogabilidade[editar | editar código-fonte]

O jogo gira em torno do jogador controlando um pequeno personagem, conhecido como Sackboy (Menino-Saco) ou Sackgirl (Menina-Saco), um pequeno boneco de pano com olhos de botão e um zíper em sua barriga. Embora o jogo apresente um conjunto de níveis pré-construídos para o jogador explorar, este também pode customizar a natureza do jogo, onde se torna muito importante, como alterar o seu personagem, tendo um espaço pessoal, para a construção inteiramente de novos objetos e níveis e, em seguida, compartilhar e jogar On-line com boa parte da comunidade LittleBigPlanet. O Sackboy também possui a habilidade de girar com o motor do controle SIXAXIS, podendo alternar entre a cintura e a cabeça para realizar os movimentos e, além do mais, ele pode criar níveis com a mesma experiência de desenvolvedores profissionais, usando arquiteturas geológicas complexas e APIs de vídeos com configuração de algoritmos de reconhecimento de rostos no próprio nível.

Em LittleBigPlanet, o jogador controla um pequeno personagem chamado Sackboy (ou, por escolha a Sackgirl), devido à sua aparência e material (uma espécie de saco humano), que pode correr e saltar, manipular objetos por enforcamento ou arrastando-os para empurrá-los. O jogador utiliza estas habilidades de várias maneiras: para brincar e explorar os ambientes que vêm com o jogo, que trazem características de elementos plataformas como saltar, empurrar, agarrar e que fazem uso do jogo com uma física robusta, para criar os seus próprios conteúdos, tais como uma simples colocação na abertura ou encerramento dos níveis, além de usar o editor de níveis para criar, destruir, editar e manipular os próprios níveis e, finalmente, para partilhar criações, ao publicar itens, tais como, os níveis e os objetos com a comunidade online, e jogar On-line essas criações com outras pessoas. Estes três modos são descritos apenas pelo título da Tagline: Play, Criar e Share.

O jogador começa dentro do seu próprio "pod" (Cápsula), um espaço pessoal onde eles podem acessar os três modos de jogabilidade, e decorar o quarto com autocolantes e decorações. Inicialmente, apenas quando o modo de reprodução estiver disponível, é que o jogador deve preencher alguns tutoriais, narrados pelo ator Stephen Fry. Uma vez que os princípios básicos são dominados, o jogador fica livre para jogar o resto do jogo, depois de ter completado os tutoriais.

Jogabilidade[editar | editar código-fonte]

A seção do jogo LittleBigPlanet consiste em uma série de níveis, que foram criados pela Media Molecule e baseiam-se em torno de diferentes temas que se inspiram em locais reais do mundo, tais como, jardins japoneses, desertos, ruas de Nova York e lugares gelados. Ao completar os níveis disponíveis para ele (chegando ao painel), o jogador pode então avançar na história e jogar mais para desbloquear os níveis. O modo de história compreende oito áreas temáticas, onde cada área conta com três ou quatro níveis principais e alguns desses níveis, por sua vez, contêm as chaves para desbloquear artigos colecionáveis, bônus ou mini-níveis. A história principal conta com 50 fases pré-construídas no total. Para controlar o personagem Sackboy, o jogador se desloca, utilizando o stick analógico, dando saltos com diferentes graus de altura, dependendo da pressão aplicada ao botão de ação e para agarrar objetos, mover ou balançar utiliza-se a mesma pressão. Para regular além da esquerda-direita e na circulação, apesar da aparência do jogo ser 2D, os níveis são compostos por três níveis de profundidade: os novos conhecimentos, meio e fim, e podendo ser percorrido automaticamente pelo jogo em si ou pelo comando do jogador. O jogador pode optar por atacar seu Sackboy, aplicando diferentes graus de entusiasmo, medo, tristeza, raiva e controlar cada braço independente através do analógico, podendo dar bofetadas em outros jogadores pelas vibrações no braço com o movimento analógico e utilizar o sensor de movimento do Sixaxis para animar a cabeça e o corpo do personagem. O jogador pode acessar o menu Pop it a qualquer momento.

Uma grande variedade de objetos pré-construídos estão presentes nos níveis que podem se interagir. Estes objetos são justamente os que foram construídos a partir de elementos mais básicos, incluindo materiais, que atuam de uma forma fisicamente semelhante às que eles representam. Exemplos como: pano macio, borracha e madeira. Objetos que são construídos com componentes mecânicos, tais como motores, pistões, jatos, arames e molas também agem do mesmo modo. Juntamente com esses objetos, os níveis pode conter perigos, que o jogador deve evitar e estes incluem objetos ou plataformas que forem estabelecidas no fogo, explosivas, podendo danificar o Sackboy deixando-o machucado e tendo mais dificuldades para passar os níveis. Do mesmo modo, estando machucado, se estes perigos nos níveis forem tocados, o Sackboy pode ainda ser esmagado se ficar preso em algum objeto pesado ou entre os itens. Se um jogador perder a vida desta forma, um sistema de verificação garante que o jogador pode começar novamente de onde salvou recentemente pelos checkpoints, embora exista um número limitado para fazer isso.

Cada nível contém um número de "bolhas pontuação", inicialmente conhecidas como "esponjas" no início das manifestações do jogo, que podem ser recolhidas de forma a aumentar a pontuação do jogador para bater os seus próprios recordes e de outros jogadores, chamados de high scores. Os usuários podem coletar, também, bolhas maiores conhecidas como "prêmios bolhas", que contém itens colecionáveis. Muitas destas bolhas estão escondidas ou são difíceis de alcançar nos lugares, e algumas delas inclui itens, tais como, novas vinhetas e decorações ou novos materiais e objetos que podem ser utilizados pelo usuário para criar seus próprio níveis. Alguns desses itens ocultos podem ser acessados usando o Menu Acima nas referidas etiquetas autocolantes colocando-os sobre o nível das peças especiais. O vestuário e os acessórios especiais para o controlador do Sackboy são obtidos através do preenchimento dos níveis sem perdas de vida. Além dos "prêmios bolhas", coletar as chaves encontradas nos níveis principais desbloqueiam novos mini-níveis, com objetivos únicos, tais como: saltar um pólo de fiação, saltar para agarrar as bolhas e prova de velocidade, tais como níveis de corrida.

Conteúdo de criação[editar | editar código-fonte]

Uma demonstração da customização do personagem disponível em LittleBigPlanet, é que o jogador pode personalizar seu personagem de variadas maneiras. Elas são capazes de selecionar uma base para a cor e a textura do Sackboy a partir de uma gama de materiais e desenhos, e podendo aplicá-las num qualquer número de vinhetas para o seu personagem, dando-lhe, juntamente, itens pré-fabricados, incluindo vestuário, máscaras, espadas e capas. O jogo também apresenta outros itens baseados nas franquias do PlayStation, como uma máscara dos Helghasts de Killzone 2 e de modelos baseados nos personagens Kratos, Medusa e Minotauro da série God Of War, Nariko de Heavenly Sword, Old Snake, Raiden, Meryl e Screaming Mantis de Metal Gear Solid 4, Sephiroth de Final Fantasy VII, uma Quimera de Resistance: Fall Of Man, bem como, Ryu, Guile, Chun Li e Zangief de Super Street Fighter II Turbo HD Remix.

Embora o aspecto Criar não inclua ajustes menores para os níveis atuais, enquanto eles estão sendo feitos, como, por exemplo, a colocação de autocolantes e decorações, o foco principal deste modo é o editor de níveis. O editor incorpora um grande número de instalações, feitos para serem criados a partir de um nível baixo para um alto grau de complexidade. O jogador pode criar novos objetos, iniciando uma série de formas básicas, tais como: círculos, estrelas, e pinturas usando um dos muitos materiais. Os objetos podem ser colados uns aos outros ou no próprio nível. Mais características mecânicas também estão disponíveis, como: a ligação em conjunto com alguns objetos como corda, utilizar parafusos para girar objetos ou usar vários tipos de disparos. Foguetes podem ser associados aos objetos para propulsionar-los para um nível. Depois de criar objetos personalizados, o jogador pode salvar a sua criação em uma biblioteca para uso posterior, e ainda, compartilhar seus objetos colocando-os dentro de uma bolha prêmio em seu nível, para que outros jogadores possam recolher-los utilizá-los em seus próprios níveis.

A fim de facilitar o processo de criação e para acomodar eventuais erros cometidos, o editor dispõe de um sistema manipulador de tempo, onde o jogador pode "retroceder" o editor, que atua como um recurso para desfazer ou pausar o editor, o que impede temporariamente os objetos de serem executados no abrigo do mecanismo de física, por exemplo: a gravidade que age sobre a queda ou rolamento de objetos.

Comunidade online[editar | editar código-fonte]

Uma grande parte da comunidade global de LittleBigPlanet usa suas funcionalidades através da PlayStation Network para o jogador poder interagir e compartilhar seus "patches", níveis e outras modificações e também jogar online. Em abril de 2009, a Sony Computer Entertainment anunciou que tinham sido publicados 275.000 mil níveis e cerca de 4 milhões de comentários haviam sido colocados no nível da comunidade. O principal enfoque do Componente de Compartilhamento é a capacidade, para que os níveis criados pelos jogadores fossem publicados, ou seja, os níveis e objetos pudessem ser jogados por outras pessoas na comunidade online. Quando um nível é personalizado e reproduzido, o jogador é capaz de marcar o nível, com uma lista predefinida de palavras, podendo-se percorrer na escolha das palavras para encontrar aquela que seja mais adequada. Isto permite que outros jogadores possam encontrar rapidamente o seu nível de escolha. O jogador pode, ainda, procurar por uma etiqueta específica, intitulada "Beautiful". O jogador possui um "coração": um recurso à sua disposição, que lhe permite especificar quais níveis, autocolantes e decorações prefere. Desta forma, as pessoas podem usar esse coração para mostrar seu apreço pelas criações de outros jogadores, sua visita online ao amigo marcado pelo coração e a visualização dos itens.

Existe uma comunidade especializada no jogo num site chamado "LittleBigWorkshop" que complementa e compartilha os recursos do jogo. Registrando-se com as suas identificações da PlayStation Network, os usuários são capazes de criar projetos para o nível de desenhos, visualizações em profundidade, tutoriais e podem participar de desafios. Esse também é o lar dos fóruns oficiais. Entre suas outras características, o site permite que os usuários façam upload de vídeos e de fotos tiradas do jogo.

LittleBigPlanet apresenta uma gama de opções multiplayer. Os níveis podem ser jogados online com até quatro jogadores, localmente com a mesma quantidade, ou numa mistura de quatro jogadores, online e local. É permitido apenas quatro usuários locais jogarem juntos no modo Criar, enquanto que a capacidade de criar níveis com quatro jogadores online será adicionada em uma atualização, em algum momento no futuro. A forma como os utilizadores comprometem o nível, depende da concepção do plano e da forma como os usuários escolhem o desempenho, permitindo que os jogadores possam escolher se jogam cooperativamente ou batalham entre si, vendo quem chega até à linha de chegada primeiro, ou quem recolhe mais bolhas.

Portal API[editar | editar código-fonte]

Em maio de 2009, Alex Evans revelou que um novo site da comunidade estava em desenvolvimento, e ele serviria como um portal baseado na Web para ajudar os usuários a promover os seus níveis. Cada nível criado por um usuário terá a sua própria página no site, onde os outros poderão ver as informações, fotos, líderes e fazer comentários sobre o nível e adicioná-lo a um "download". Uma vez adicionado à fila do usuário, o nível automaticamente fica acessível a partir de um menu, ajudando os usuários a encontrar mais facilmente os níveis específicos.

Interface[editar | editar código-fonte]

A interface de LittleBigPlanet mostra seu Sackboy usando o pod no computador, navegando no nível comunitário sobre um pequeno planeta. O foco principal da interface é baseada em torno do jogador com o "pod" e três planetas, cada um concentrado nas três áreas do jogo, Jogar, Criar e Compartilhar. Estes são acessados através do "pod" no computador. O planeta principal de "LittleBigPlanet" é o Play. É onde os usuários acessam a história principal, e lá, também serve como a principal porta de entrada para a criação de níveis pelo usuário. LittleBigPlanet traz a funcionalidade de uma interface para a PlayStation Store, onde os utilizadores podem aceder e descarregar conteúdos para compra. No planeta do modo Criar, chamado de "My Moon", os jogadores têm acesso aos níveis criados ou copiados. Cada cratera na lua contém um nível. No planeta do modo Compartilhar, chamado de "Info Lua", os jogadores podem acessar a sua lista de amigos, níveis de jogabilidade, estatísticas e os seus corações e criadores. O usuário, ainda, pode selecionar uma pessoa na sua lista de amigos para ver os seus níveis publicados.

O menu Pop it é uma bolha que permite o acesso aos trajes, decorações, autocolantes, materiais, ferramentas e ao editor de mensagens. Ele é contextual e exibe algumas séries de opções, dependendo se o usuário está jogando um nível de edição ou está no seu casulo. As etiquetas podem ser aplicadas sobre qualquer superfície no mundo do jogo e elas podem ser criadas a partir de fotos tiradas pelo PlayStation Eye.

Recepção[editar | editar código-fonte]

 Recepção
Resenha crítica
Publicação Nota
1UP.com A+
Edge 10/10
Eurogamer 9/10
Famitsu 38/40
GamePro 5/5
Game Informer 9.5/10
GameSpot 9/10
GameTrailers 9.4/10
Official PlayStation Magazine (UK) 10/10
X-Play 5/5
IGN (UK) 9,7/10
IGN (US) 9,5/10
IGN (AUS) 9,2/10
Giant Bomb 5/5
Pontuação global
Publicação Nota média
Metacritic 95%
Game Rankings 94%

A apresentação de LittleBigPlanet na GDC 2007 gerou numerosas reações positivas. Em seu blog na BBC News, o editor de tecnologia, Darren Waters escreveu: "LittleBigPlanet é talvez uma das mais deslumbrantes demos que eu já tinha visto nesses últimos 10 anos". A IGN descreveu o jogo como "belo" e afirmou que "mesmo com a revelação da PlayStation Home (uma nova comunidade da Sony feita através de softwares), quem roubou a cena foi LittleBigPlanet, apresentado por Phil Harrison, e isso foi uma das coisas mais comentadas na conferência". A 1UP escreveu que "existem muitas questões remanescentes sobre LittleBigPlanet, porém, é evidente que vendo a reação das pessoas, o jogo já havia conquistado muitos fãs e que isso poderia ser algo muito especial". Reggie Fils-Aime, presidente da Nintendo Of America, elogiou o produto: "Não tenho certeza sobre o quão bem ele se sairá em uma plataforma da Sony, para ser sincero, porém, acho que o produto que eles mostraram é fantástico.

Recepção da crítica[editar | editar código-fonte]

LittleBigPlanet recebeu uma ampla aclamação crítica pelos revisores. A primeira grande publicação para a revisão de LittleBigPlanet foi a edição da revista Oficial PlayStation Magazine no Reino Unido. Na sua edição de novembro, deram ao jogo uma pontuação de 10/10 chamando-lhe de "uma ferramenta bonita, elegante, poderosa e criativa que coloca um potencial ilimitado na palma da sua mão". A Eurogamer deu ao jogo a nota 9/10. O revisor galês Oli comentou especificamente sobre o jogo, tendo um "visual inesquecível" e que a iluminação era "como uma realização total de alta definição, como você nunca viu ou verá em qualquer lugar nos jogos deste ano". Ele elogiou a similaridade do jogo multiplayer como: "uma incrível estrutura onde o principal termo é a colaboração pura, uma função alegre ao seu redor". Falando da criação do jogo numa escala global e da comunidade em contraste com os seus instrumentos clássicos de jogabilidade e plataforma, ele, ainda, chama o jogo de "o futuro e o passado dos videogames, enrolados em um só". A IGN pontuou o jogo com a nota 9.5/10, dizendo que o jogo era um "instant classic". O revisor Chris Rooper, também sugeriu que o jogo pode ser um dos motivos para se comprar um PlayStation 3: "Se você possui um PlayStation 3, não pode perder essa. Se você não tiver um Playstation 3, no entanto, este é o motivo para comprar um". A GamePro deu ao jogo a nota 5/5 e afirmou que a força real do jogo "é a tremenda sensação de liberdade e criatividade que está em você". A revista Edge lhe deu uma 10/10 dizendo: "É um multiplayer incrível, um marco visual, uma façanha de engenharia e um dos mais charmosos jogos já feito.

Prêmios[editar | editar código-fonte]