Massimo d'Alema

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Massimo d'Alema
Massimo d'Alema
Primeiro-ministro da Itália
Período 21 de outubro de 1998
até 25 de abril de 2000
Antecessor Romano Prodi
Sucessor Giuliano Amato
Dados pessoais
Nascimento 20 de abril de 1949 (71 anos)
Roma
Partido Partito Democratico - PD
Profissão Jornalista

Massimo d'Alema (Roma, 20 de abril de 1949) é jornalista e político italiano. Foi primeiro-ministro da Itália de 1998 até 2000.

Foi militante do PCI desde sua juventude e acompanhou o partido em sua metamorfose social-democrata e neoliberal. Como primeiro-ministro da Itália, participou do ataque militar orquestrado pelo governo norte-americano à ex-República Federal da Jugoslávia. Foi também ministro dos Negócios Estrangeiros do governo de Romano Prodi, entre 17 de maio de 2006 e 8 de maio de 2008. Desde 14 de outubro 2007 é um dos expoentes do Partido Democrático.[1]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Massimo d'Alema». Encyclopædia Britannica Online (em inglês). Consultado em 4 de outubro de 2020 

Precedido por
Romano Prodi
Primeiro-ministro da Itália
1998 - 1999
Sucedido por
Massimo d'Alema
Precedido por
Massimo d'Alema
Primeiro-ministro da Itália
1999 - 2000
Sucedido por
Giuliano Amato


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço relacionado ao Projeto Biografias. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre um político é um esboço relacionado ao Projeto Biografias de Políticos. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.