Mario Scelba

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Mario Scelba
Primeiro-ministro da Itália
Período 10 de Fevereiro de 1954
até 2 de Julho de 1955
Antecessor(a) Amintore Fanfani
Sucessor(a) Antonio Segni
Dados pessoais
Nascimento 5 de setembro de 1901
Caltagirone
Morte 29 de outubro de 1991 (90 anos)
Roma
Partido Democracia Cristã

Mario Scelba (Caltagirone, 5 de setembro de 1901Roma, 29 de outubro de 1991) foi um político italiano, do partido da Democracia Cristã.[1] Ocupou o cargo de primeiro-ministro da Itália entre 10 de fevereiro de 1954 até 2 de julho de 1955.[1]

Foi presidente do Parlamento Europeu[2] de 1969 a 1971.[1]

Referências

  1. a b c Saxon, Wolfgang (31 de outubro de 1991). «Mario Scelba Dies at 90 in Rome; A Prime Minister in Postwar Italy». The New York Times (em inglês). ISSN 0362-4331. Consultado em 9 de julho de 2021 
  2. Official Journal of the European Communities: Debates of the European Parliament (em inglês). Luxemburgo: Office for Official Publications of the European Communities. 1991. p. 2 

Precedido por
Amintore Fanfani
Primeiro-ministro da Itália
1954 - 1955
Sucedido por
Antonio Segni
Precedido por
Alain Poher
Presidente do Parlamento Europeu
1969 - 1971
Sucedido por
Walter Behrendt
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço relacionado ao Projeto Biografias. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.