Ciriaco de Mita

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.


Ciriaco De Mita
Ciriaco De Mita
Primeiro-ministro da Itália
Período 13 de abril de 1988
até 22 de julho de 1989
Antecessor(a) Giovanni Goria
Sucessor(a) Giulio Andreotti
Dados pessoais
Nascimento 2 de fevereiro de 1928
Nusco, Campânia
Morte 26 de maio de 2022 (94 anos)
Avelino, Campânia
Partido Partido Democrata Cristão Italiano
Profissão Político, advogado

Ciriaco De Mita (Nusco, 2 de fevereiro de 1928Avelino, 26 de maio de 2022) foi um político italiano.[1] Ocupou o cargo de primeiro-ministro da Itália.[1][2]

Primeiro Ministro da Itália[editar | editar código-fonte]

Após as eleições de 1987, De Mita esperou um ano para se tornar primeiro-ministro e depois serviu por um ano, mantendo a presidência do partido. No início desse serviço, em 16 de abril de 1988, em Forlì, as Brigadas Vermelhas mataram o senador Roberto Ruffilli, conselheiro de De Mita. Na política social, o mandato de De Mita assistiu à aprovação de uma lei em maio de 1988 que introduziu um novo benefício para os trabalhadores assalariados denominado "benefício para o núcleo familiar" ("assegno per il nucleo familiare"), cujo valor variava de acordo com o número de membros da família e a renda familiar do ano anterior.[3]

Funções políticas posteriores[editar | editar código-fonte]

De Mita voltou ao Parlamento, após dois anos, em 1996 (e depois reeleito em 2001 e 2006). Ele então se juntou ao Partido Popular Italiano e depois Democracia é Liberdade - A Margarida, o partido do qual ele foi o coordenador regional da Campânia . Encabeçou a lista da Oliveira na sua região em 2006 e participou na transformação dessa coligação num partido único (o Partido Democrata). Ingressou no Sindicato do Centro. Após as eleições de 2008, De Mita não foi eleito para o Senado italiano, mas foi nomeado coordenador do partido na Campânia. De Mita ganhou um assento no Parlamento Europeu nas eleições europeias de Junho de 2009 . Em 25 de maio de 2014, De Mita foi eleito prefeito de Nusco, sua cidade natal. E serviu apenas 8 anos quando morreu.[4]

Morte[editar | editar código-fonte]

Mita morreu em 26 de maio de 2022, aos 94 anos de idade, em Avelino.[5]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Stille, Alexander (2007). The Sack of Rome: Media + Money + Celebrity = Power = Silvio Berlusconi (em inglês). Londres: Penguin. pp. 131–132 
  2. Business International (em inglês). Nova Iorque: Business International Corporation. 1988. p. 119 
  3. European Observatory on Family Policies: National Family Policies in EC-Countries in 1990 by Wilfred Dumon in collaboration with Françoise Bartiaux, Tanja Nuelant, and experts from each of the member states
  4. «Ciriaco De Mita è morto, ex premier e segretario della Dc, fu un simbolo della Prima Repubblica». la Repubblica (em italiano). 26 de maio de 2022. Consultado em 27 de maio de 2022 
  5. «Ciriaco De Mita è morto, ex premier e segretario della Dc, fu un simbolo della Prima Repubblica». La Repubblica (em italiano). 26 de maio de 2022. Consultado em 26 de maio de 2022 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um político italiano é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Precedido por
Giovanni Goria
Primeiro-ministro da Itália
1988 - 1989
Sucedido por
Giulio Andreotti
Precedido por
Giuseppe De Mita
Prefeito de Nusco
26 de maio de 2014 - 26 de maio de 2022
Sucedido por
-