Tuta (futebolista)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Moacir Bastos)
Ir para: navegação, pesquisa
Tuta
Informações pessoais
Nome completo Moacir Bastos
Data de nasc. 20 de junho de 1974 (41 anos)
Local de nasc. Palmital (SP),  Brasil
Altura 1,87 m
Destro
Informações profissionais
Número 9
Posição Centroavante
Clubes de juventude
1992–1994 Brasil Araçatuba
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos (golos/gols)
1994
1995
1996
1996
1997–1998
1998
1999
1999
2000
2001
2002
2002
2002
2003–2004
2005–2007
2007
2008
2008–2009
2009
2010–2011
2011
2012
2013
2013
2013
2014–
Brasil Araçatuba
Brasil XV de Piracicaba
Brasil Araçatuba
Brasil Juventude
Brasil Portuguesa
Brasil Atlético Paranaense
Itália Venezia
Brasil Vitória
Brasil Flamengo
Brasil Palmeiras
Brasil Flamengo
Coreia do Sul Anyang LG Cheetahs
Brasil Coritiba
Coreia do Sul Suwon Samsung Bluewings
Brasil Fluminense
Brasil Grêmio
Brasil Figueirense
Brasil São Caetano
Brasil Náutico
Brasil Resende
Brasil Brasiliense
Brasil União Barbarense
Brasil Inter de Santa Maria
Brasil Juventus
Brasil Barra da Tijuca
Brasil Flamengo-PI
Brasil Francisco Beltrão Futebol Clube



0003 0000(0)
0022 0000(5)
0039 0000(15)
0018 0000(3)
0026 0000(10)
0024 0000(12)
0011 0000(7)
0006 0000(0)
0018 0000(9)
0041 0000(73)
0031 0000(14)
0112 0000(51)
0045 0000(18)
0005 0000(5)
0020 0000(10)
0005 0000(0)
0009 0000(1)
0006 0000(0)
0020 0000(2)

0007 0000(2)
0019 0000(9)
0012 0000(5)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 9 de abril de 2014.

Moacir Bastos, mais conhecido como Tuta (Palmital, 20 de junho de 1974), é um futebolista brasileiro que atua como centroavante, que jogou por diversos clubes brasileiros, tais como Portuguesa, Atlético Paranaense, Vitória, Flamengo, Palmeiras, Coritiba e Fluminense. Atualmente joga no Flamengo-PI.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Tuta iniciou sua carreira no Araçatuba, em 1994. Em seguida, ficou um ano no XV de Piracicaba e, então, retornou ao Araçatuba.

Em 1996, jogou no Juventude e, nos dois anos seguintes, defendeu a Portuguesa. Em 1999, após passar uma temporada no Atlético Paranaense, quando conseguiu conquistar seu primeiro título no Campeonato Paranaense de 1998, foi negociado com o pequeno Venezia, da Itália

Gol inusitado[editar | editar código-fonte]

Na Itália, ficou famoso por ter protagonizado um estranho episódio em um dos seus gols. Em uma partida entre Venezia e Bari, Tuta marcou o gol da vitória de seu time no último minuto do jogo. Entretanto, seus companheiros de equipe não comemoraram o gol, levantando suspeitas de que havia um acordo para que a partida terminasse empatada.[1]

Na volta ao Brasil, jogou no Vitória, ajudando o Rubro-Negro baiano a chegar às semifinais do Campeonato Brasileiro de 1999, e no Flamengo, onde participou das conquistas da Taça Rio e do Campeonato Carioca de 2000. Jogou também no Palmeiras, e mais uma vez no Flamengo, antes de deixar o Brasil novamente.

Referências

  1. LEITE, José Ricardo (8 de fevereiro de 2013). Tuta lembra de tapas e xingamentos por marcar gol que atrapalhou armação de resultado na Itália (em português) UOLEsportes. Visitado em 27 de julho de 2013.