Moviecom

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Moviecom
Razão social Movie Cinemas Ltda.
Tipo Sociedade limitada
Slogan Viva o cinema
Indústria Cinematográfica
Fundação 1998 (19 anos)
Fundador(es) Ronaldo Fagundes Passos
Sede Rua Prudente de Moraes, 862 - Centro, Botucatu,  São Paulo,  Brasil
Área(s) servida(s) Amapá, Bahia, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Pará, Rio Grande do Norte, São Paulo
Proprietário(s) Leonardo Farias, João Passos Neto e Beatriz Passos Pupo (sócios-proprietários)[1]
Pessoas-chave Gustavo W. Ballarin (diretor de marketing e operações)
Produtos Exibição de produções cinematográficas
Subsidiárias 22 complexos de cinemas, perfazendo 110 salas
Website oficial www.moviecom.com.br

A Moviecom é uma empresa brasileira do ramo de exibição cinematográfica, sediada na cidade de Botucatu e com escritório de operações na cidade de São Paulo. Está presente em 19 cidades de oito Unidades da Federação localizados em quase todas as regiões do país, à exceção da Região Sul e seu parque exibidor é composto por 22 complexos, perfazendo 110 salas, média de 5,0 salas por complexo. Suas 18 999 poltronas perfazem uma média de 172,72 assentos por sala [2].

História[editar | editar código-fonte]

Entrada do Moviecom Boa Vista, janeiro de 2016

As origens da empresa remontam ao ano de 1926, quando foi fundada a Cinematográfica Araújo Passos, na cidade de Botucatu, pelas mãos dos empresários Azor de Araújo e João José Passos, atuando inicialmente como distribuidora de filmes[3]. A cidade abrigava um importante entreposto ferroviário e por lá passavam duas estradas de ferro que atendiam a três estados, razão pela qual importantes empresas distribuidoras norte-americanas, como Warner e Paramount, abriram escritórios por lá[4]. Começou a atuar ramo de exibição em 1946, com a abertura de salas nas cidades de Tietê (no Estado de São Paulo), Apucarana, Cornélio Procópio e Maringá (todas no Estado do Paraná) e deixou o ramo da distribuição em 1970, quando já era administrada por João Gilberto de Araújo e Ronaldo Passos[4], membros da segunda geração das famílias.

Em 1996, houve uma divisão societária que originou as empresas Cinematográfica Araújo, mais conhecida como Cine Araújo, e a Cinematográfica Passos, conhecida pelo nome de Moviecom[5][6]. Começou de forma tímida, com pequenos complexos de duas salas nas cidades de Franca, Jundiaí e Presidente Prudente, sendo que em 1999 um novo sócio, Leonardo Frossard de Faria, passaria a fazer parte da empresa. Inicialmente a rede utilizou a marca Circuito Passos, sendo que seu endereço na web era "circuitopassos" ponto com, somente adotando a nova marca em 2003, como forma de se desvincular de um nome de família e adotar uma denominação considerada mais comercial.[4][7][8]

A empresa cresceu rapidamente, abrindo complexos em diversos cidades do país, como Aracaju, Belém, Juiz de Fora, Natal, Montes Claros e várias outras do interior de São Paulo, além de duas filiais na capital paulista (Moviecom Boa Vista, no bairro de Santo Amaro e Moviecom Penha, no bairro paulistano homônimo). Tornou-se o maior exibidor do Estado do Pará, tendo alcançado o 7º. lugar no ranking nacional por número de salas já em 2002[3].

Formatos de exibição e modernização[editar | editar código-fonte]

Fila da bilheteria do Moviecom Conquista Sul de Vitória da Conquista

A rede tem progressivamente abandonado a exibição dos filmes legendados, em virtude da mudança do gosto do público, que passou a preferir as cópias dubladas, conforme pesquisa do IBOPE[9][10][11]. De acordo com o portal especializado em cinema Filme B, exibições legendadas na Moviecom foram inferiores a 5% no ano de 2014[12]. Em contrapartida, tem realizado mostra de filmes de arte, como 39º Festival SESC Melhores Filmes, que ocorreu no Taubaté Shopping da cidade de Taubaté em abril de 2013[13], com ingressos gratuitos. Por seu turno, o complexo de Natal abrigou o Festival Varilux de Cinema Francês nas edições de 2014[14] e 2015[15].

No que se refere à digitalização (processo de substituição dos projetores de película 35mm por equipamentos digitais), a empresa atingiu 83,9% de suas salas em março de 2015, conforme informe de acompanhamento de mercado da Agência Nacional de Cinema - ANCINE.[16][17].

O diretor de marketing e operações da empresa, Gustavo W. Ballarin, recebeu a premiação de "Destaque Profissional de Marketing", referente ano de 2013, do Prêmio ED - Exibição e Distribuição, promovido pelas empresas Espaço Z e Tonks, especializadas em mercado exibidor[18]. A empresa encerrou o ano de 2015 no sétimo lugar entre as maiores redes de cinema do Brasil por número de salas (market share de 2,8%), perdendo apenas para as redes CinemarkCinépolisGrupo Severiano RibeiroCine Araújo, Cinesystem e UCI Cinemas, respectivamente.[19]

Público[editar | editar código-fonte]

Mascote da Moviecom situado no complexo Boa Vista

Abaixo a tabela de público e sua evolução de 2008 a 2015, considerando o somatório de todas as suas salas a cada ano. A variação mencionada se refere à comparação com os números do ano imediatamente anterior. No período avaliado, houve um crescimento de 180,95% no período avaliado.

Os dados foram extraídos do banco de dados Box Office do portal de cinema Filme B [20][21], à exceção dos números de 2014 à 2015, que têm como origem o Database Brasil.[22]

Ano Público

total

Ranking

no país

Market

Share

Variação
2008 3 323 161 3,88% ano-base
2009 4 427 307 3,92% Aumento33,23%
2010 5 166 170 3,83% Aumento16,69%
2011 5 216 295 3,68% Aumento0,97%
2012 5 575 650 3,74% Aumento6,89%
2013 5 209 398 10º 3,45% Baixa6,57%
2014 5 390 774 3,42% Aumento3,48%
2015 6 013 144 3,52% Aumento11,55%

Complexos[editar | editar código-fonte]

Amapá Amapá[editar | editar código-fonte]

Macapá

Moviecom Macapá Shopping

  • Inauguração: dezembro de 1997 no Macapá Shopping, com duas salas e exibidor independente
  • Moviecom assumiu a administração em 31 de janeiro de 2014
  • Reforma e ampliação para cinco salas em 7 de novembro de 2014.[23]
  • Capacidade: cinco salas totalizando 811 lugares, todas elas convencionais, com a seguinte lotação:
Sala 1: 134 Sala 2: 119 Sala 3: 134 Sala 4: 175
Sala 5: 200

Bahia Bahia[editar | editar código-fonte]

Frente do Moviecom Conquista Sul de Vitória da Conquista
Vitória da Conquista

Moviecom Shopping Conquista Sul

  • Inauguração: 7 de junho de 2006
  • Capacidade: três salas totalizando 687 lugares, todas elas convencionais, com a seguinte lotação:
Sala 1: 235 Sala 2: 217 Sala 3: 235

Goiás Goiás[editar | editar código-fonte]

Aparecida de Goiânia

Moviecom Buriti Shopping

  • Inauguração em data não conhecida no Buriti Shopping
  • Capacidade: seis salas totalizando 1 388 lugares, todas elas convencionais, com a seguinte lotação:
Sala 1: 222 Sala 2: 287 Sala 3: 177 Sala 4: 209
Sala 5: 200 Sala 6: 200

Maranhão Maranhão[editar | editar código-fonte]

São Luis

Moviecom Shopping Passeio

  • Inauguração: 27 de agosto de 2015[24] [25]
  • Capacidade: cinco salas totalizando 581 lugares, todas elas convencionais, com a seguinte lotação:
Sala 1: 103 Sala 2: 103 Sala 3: 157 Sala 4: 157
Sala 5: 61

Minas Gerais Minas Gerais[editar | editar código-fonte]

Ipatinga
Entrada para as salas Moviecom no Shopping Vale do Aço, em Ipatinga, Minas Gerais

Moviecom Shopping do Vale do Aço

  • Inauguração em data não disponível com três salas
  • Reformado e ampliado em 18 de dezembro de 2014[26]
  • Capacidade: quatro salas totalizando 749 lugares, todas elas convencionais, com a seguinte lotação:
Sala 1: 150 Sala 2: 216 Sala 3: 216 Sala 4: 167

Pará Pará[editar | editar código-fonte]

Belém

Moviecom Shopping Castanheira

  • Inauguração em data não disponível
  • Capacidade: sete salas totalizando 1 431 lugares, todas elas convencionais, com a seguinte lotação:
Sala 1: 152 Sala 2: 212 Sala 3: 212 Sala 4: 156
Sala 5: 196 Sala 6: 244 Sala 7: 259

Moviecom Shopping Pátio Belém

  • Inauguração: 13 de junho de 2008
  • Capacidade: seis salas totalizando 884 lugares, todas elas convencionais, com a seguinte lotação:
Sala 1: 141 Sala 2: 190 Sala 3: 98 Sala 4: 176
Sala 5: 151 Sala 6: 128
Castanhal

Moviecom Shopping Plaza Castanhal

  • Inauguração: 30 de novembro de 2008
  • Capacidade: três salas totalizando 661 lugares, todas elas convencionais, com a seguinte lotação:
Sala 1: 201 Sala 2: 203 Sala 3: 257
Marabá

Moviecom Shopping Pátio Marabá

  • Inauguração: 8 de novembro de 2013[27]
  • Capacidade: cinco salas totalizando 761 lugares, todas elas convencionais, com a seguinte lotação:
Sala 1: 89 Sala 2: 89 Sala 3: 179 Sala 4: 240
Sala 5: 164

Rio Grande do Norte Rio Grande do Norte[editar | editar código-fonte]

Natal

Moviecom Praia Shopping

  • Inauguração: 1º de agosto de 2003
  • Capacidade: sete salas totalizando 1 032 lugares, todas elas convencionais, com a seguinte lotação:
Sala 1: 140 Sala 2: 90 Sala 3: 130 Sala 4: 176
Sala 5: 131 Sala 6: 212 Sala 7: 153

São Paulo São Paulo[editar | editar código-fonte]

Araraquara

Moviecom Shopping Jaraguá Araraquara

  • Inauguração em data não conhecida com quatro salas
  • Atividades suspensas para reforma em 4 de setembro de 2014
  • Reabertura em 7 de fevereiro de 2015, ampliado para mais uma sala
  • Capacidade: cinco salas totalizando 853 lugares, todas elas convencionais, com a seguinte lotação:
Sala 1: 116 Sala 2: 116 Sala 3: 187 Sala 4: 233
Sala 5: 201
Campinas

Moviecom Shopping Unimart Campinas

  • Inauguração: 27 de janeiro de 2006
  • Capacidade: sete salas totalizando 734 lugares, todas elas convencionais, com a seguinte lotação:
Sala 1: 217 Sala 2: 61 Sala 3: 103 Sala 4: 103
Sala 5: 61 Sala 6: 189
Franca

Moviecom Franca

  • Inauguração: março de 1997, com três salas
  • Ampliação: ganha mais uma salas em 25 de junho de 2010
  • Capacidade: quatro salas totalizando 692 lugares, todas elas convencionais, com a seguinte lotação:
Sala 1: 213 Sala 2: 213 Sala 3: 133 Sala 4: 133
Guarulhos

Moviecom Pátio Guarulhos

  • Inauguração: 20 de dezembro de 2013
  • Funcionando de forma independente como Cine XMovies
  • Absorvido pela Moviecom em 18 de abril de 2016[28]
  • Capacidade: quatro salas totalizando 592 lugares, todas elas convencionais, com a seguinte lotação:
Sala 1: 217 Sala 2: 130 Sala 3: 130 Sala 4: 115
Itaquaquecetuba

Moviecom Shopping Páteo Itaquá

  • Inauguração: 2 de julho de 2015[29]
  • Capacidade: cinco salas totalizando 911 lugares, todas elas convencionais, com a seguinte lotação:
Sala 1: 83 Sala 2: 72 Sala 3: 145 Sala 4: 275
Sala 5: 336
Jaú

Moviecom Jaú

  • Inauguração em data desconhecida
  • Menor complexo da Moviecom
  • Capacidade: duas salas totalizando 398 lugares, todas elas convencionais, com a seguinte lotação:
Sala 1: 199 Sala 2: 199
Jundiaí

Moviecom Maxi

  • Inauguração: 5 de junho de 2003
  • Maior complexo da rede por número de assentos
  • Capacidade: sete salas totalizando 1 579 lugares, todas elas convencionais, com a seguinte lotação:
Sala 1: 240 Sala 2: 400 Sala 3: 319 Sala 4: 170
Sala 5: 155 Sala 6: 167 Sala 7: 128
Presidente Prudente

Moviecom Prudenshopping

  • Inauguração: ano de 1997
  • Capacidade: quatro salas totalizando 577 lugares, todas elas convencionais, com a seguinte lotação:
Sala 1: 187 Sala 2: 168 Sala 3: 114 Sala 4: 108
Santa Bárbara d'Oeste

Moviecom Tivoli

  • Inauguração: fevereiro de 1999
  • Capacidade: quatro salas totalizando 772 lugares, todas elas convencionais, com a seguinte lotação:
Sala 1: 198 Sala 2: 198 Sala 3: 198 Sala 4: 178
São Paulo

Moviecom Boa Vista

Bombonére do Moviecom Boa Vista bilheteria
  • Inauguração: 13 de maio de 2005, no Shopping Boa Vista, bairro de Santo Amaro[30]
  • Capacidade: cinco salas totalizando 742 lugares, todas elas convencionais, com a seguinte lotação:
Sala 1: 170 Sala 2: 301 Sala 3: 103 Sala 4: 84
Sala 5: 84

Moviecom Shopping Center Penha

  • Inauguração: Aberto com oito salas e 1 784 lugares em 8 de outubro de 2004
  • Primeiros filmes exibidos: Chamas da Vingança às 10h30min, O Espanta Tubarões às 11h, Kill Billl Vol. 2 às 11h30min
  • Redução para seis salas em 31 de janeiro de 2010
  • Capacidade: seis salas totalizando 1 142 lugares, todas elas convencionais, com a seguinte lotação:
Sala 1: 120 Sala 2: 92 Sala 3: 166 Sala 4: 172
Sala 5: 260 Sala 6: 332
Taubaté

Moviecom Taubaté Shopping

  • Inauguração em data desconhecida com duas salas
  • Anpliação para quatro quatro salas em julho de 2014[31];
  • Ampliação para cinco salas em 18 de setembro de 2014[32]
  • Capacidade: cinco salas totalizando 1 164 lugares, todas elas convencionais, com a seguinte lotação:
Sala 1: 211 Sala 2: 211 Sala 3: 243 Sala 4: 265
Sala 5: 234

Antigos Complexos[editar | editar código-fonte]

Paraná Mato Grosso[editar | editar código-fonte]

Rondonópolis

Moviecom Rondonóplis

  • Inauguração em data não disponível
  • Instalado no Rondon Plaza Shopping, deixou a rede em 18 de setembro de 2008[33]
  • Funcionando desde então de forma independente como Cinevip.com[34]
  • Capacidade: três salas totalizando 993 lugares, todas elas convencionais, com a seguinte lotação:
Sala 1: 294 Sala 2: 294 Sala 3: 405

Minas Gerais Minas Gerais[editar | editar código-fonte]

Juiz de Fora

Moviecom Alameda

  • Inauguração: março de 2004
  • Atividades encerradas em 31 de agosto de 2008;[35]
  • Reabertura pelo Cinespaço em 6 de fevereiro de 2009
  • Administrado pela Cinemais desde janeiro de 2013
  • Capacidade: cinco salas totalizando 909 lugares, todas elas convencionais, com a seguinte lotação:
Sala 1: 177 Sala 2: 115 Sala 3: 86 Sala 4: 246
Sala 5: 285
Montes Claros

Moviecom Montes Claros

  • Instalado no Shopping Montes Claros com três salas, em data desconhecida
  • Atividades encerradas em agosto de 2011
  • Reaberto pela Cinemais com cinco salas em 30 de março 2012.
  • Capacidade: três salas totalizando 622 lugares, todas elas convencionais, com a seguinte lotação:
Sala 1: 210 Sala 2: 178 Sala 3: 234

Pará Pará[editar | editar código-fonte]

Tucuruí

Moviecom Tucuruí - 3 salas

  • Instalado no Shopping Tucuruí, deixou a rede em 27 de março de 2008[36]
  • Funcionou de forma independente até 3 de maio de 2015, tendo a Moviecom como programadora, quando encerrou as atividades[37]
  • Reabertura pelo Grupo Mobi Cine em 16 de dezembro de 2015[38][39]

Paraná Paraná[editar | editar código-fonte]

Apucarana

Moviecom Centro Norte - 2 salas

  • Inauguração em data desconhecida
  • Funcionando no Shopping Centro Norte, deixou a rede em fevereiro de 2006[40]
  • Foi administrado pelo Cine G7, atualmente explorado pela rede Cine XV[41]

Sergipe Sergipe[editar | editar código-fonte]

Aracaju

RioMar Shopping Aracaju - 5 salas

  • Inauguração: 14 de março de 2003
  • Atividades encerradas em 13 de março de 2008[42]
  • Reabertura: 13 de março de 2009, pela Cinemark[43]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Moviecom

Referências

  1. Filme B - Revista (Setembro de 2014). Visitado em 08/11/2015.
  2. «Consulta - Salas de Exibição Cadastradas (para uso no Sadis Detalhado)». ANCINE - Agência Nacional do Cinema. 9 de junho de 2017. Consultado em 10 de junho de 2017 
  3. a b «Ronaldo Fagundes Passos | Filme B - o maior portal sobre o mercado de cinema no Brasil». www.filmeb.com.br. Consultado em 8 de novembro de 2015 
  4. a b c Thiago Stivaletti (Novembro de 2015). «Príncipe do interior» (PDF). Revista Filme B. Consultado em 12 de janeiro de 2016 
  5. «Corporativo | Moviecom: viva o cinema». www.moviecom.com.br. Consultado em 26 de julho de 2015 
  6. «Cinema do Pátio Roraima Shopping inaugura nesta quinta-feira». www.bvnews.com.br. Consultado em 29 de julho de 2015 
  7. «:: Circuito Passos ::». 26 de maio de 2002. Consultado em 8 de novembro de 2015 
  8. «Circuito Passos». 30 de janeiro de 2003. Consultado em 8 de novembro de 2015 
  9. «Pequisa revela que 6 em 10 brasileiros preferem filmes dublados - 09/08/2015 - Ilustrada - Folha de S.Paulo». www1.folha.uol.com.br. Consultado em 8 de novembro de 2015 
  10. «Público prefere filmes dublados aos legendados». Guia da Semana. Consultado em 8 de novembro de 2015 
  11. «Especialistas avaliam preferência do público pelos filmes dublados como tendência cultural e mercadológica». Jornal de Santa Catarina. Consultado em 8 de novembro de 2015 
  12. «Filme B - Revista». Maio de 2015. Consultado em 8 de novembro de 2015 
  13. «Circuito gratuito de filmes acontece no Moviecom Cinemas em Taubaté». Sincovat. Consultado em 8 de novembro de 2015 
  14. «Natal – RN | Festival Varilux de Cinema Francês». variluxcinefrances.com. Consultado em 8 de novembro de 2015 
  15. «Natal - RN - Festival Varilux de Cinema Francês 2015». Festival Varilux de Cinema Francês 2015. Consultado em 8 de novembro de 2015 
  16. Thiago Stivaletti (7 de maio de 2015). «Filme B - Notícias». Consultado em 7 de agosto de 2015 
  17. Luciana Buchala e Luana Maíra R. A. da Silva (Maio de 2015). «ANCINE - INFORME DE ACOMPANHAMENTO DO MERCADO» (PDF). Consultado em 7 de agosto de 2015 
  18. «Prêmio ED 2013». www.premioed.com.br. Consultado em 26 de setembro de 2016 
  19. «Ranking das Empresas Exibidoras - 2015» (PDF). Observatório Brasileiro do Cinema e do Audiovisual – OCA. ANCINE. Janeiro de 2016. Consultado em 26 de setembro de 2016 
  20. «Filme B - o maior portal sobre o mercado de cinema no Brasil». www.filmeb.com.br. Consultado em 19 de setembro de 2015 
  21. «Identificação - Box Office Brasil». www.filmebboxofficebrasil.com. Consultado em 17 de outubro de 2015 
  22. «Ranking exibidores de 2014 (público) - top 50». Data base Brasil 2014. Filme B. Janeiro de 2015. Consultado em 16 de outubro de 2016 
  23. «Conheça o Novo Macapá Shopping». www.macapashoppingcenter.com.br. Consultado em 8 de novembro de 2015 
  24. «Shopping Passeio». www.shoppingpasseioma.com.br. Consultado em 8 de novembro de 2015 
  25. madnezz.com.br, Madnezz -. «Shopping Passeio». www.shoppingpasseioma.com.br. Consultado em 30 de julho de 2015 
  26. «Ipatinga ganha quatro salas de cinema com recursos do BNDES » Negócios » Diário do Comércio». www.jornaldecasa.com.br. Consultado em 26 de setembro de 2016 
  27. «Portal Exibidor - Moviecom inaugura 19º complexo no Pará». Exibidor. Consultado em 26 de setembro de 2016 
  28. «Portal Exibidor - Moviecom assume as salas de cinema do Shopping Pátio Guarulhos». Exibidor. Consultado em 27 de novembro de 2016 
  29. Redação (1 de julho de 2015). «Saiba tudo sobre a inauguração do Cinema em Itaquá - Itaquá News». Itaquá News. Consultado em 18 de junho de 2017 
  30. «Folha de S.Paulo - Mônica Bergamo - 13/05/2005». www1.folha.uol.com.br. Consultado em 26 de setembro de 2016 
  31. «Cinema em Reforma». 30 de julho de 2014. Consultado em 26 de setembro de 2016 
  32. «Portal Exibidor - Novo complexo da Moviecom em Taubaté». Exibidor. Consultado em 26 de setembro de 2016 
  33. «MOVIECOM Cinemas». 13 de setembro de 2008. Consultado em 8 de novembro de 2015 
  34. «::CineVip.com». www.meucinevip.com.br. Consultado em 8 de novembro de 2015 
  35. «Moviecom vai deixar de operar em Juiz de Fora. | ACESSA.com - Cultura». www.acessa.com. Consultado em 8 de novembro de 2015 
  36. «MOVIECOM Cinemas». 27 de março de 2008. Consultado em 8 de novembro de 2015 
  37. «Tucuruí: CINEMA FECHA E DEIXA SAUDADES AOS FÃS DE FILMES - REGIONAL AGORA». www.regionalagora.com. Consultado em 8 de novembro de 2015 
  38. «Mobi Cine Tucuruí». Consultado em 26 de setembro de 2016 
  39. «A volta do cinema em Tucuruí lota salas nas primeiras seções». Consultado em 26 de setembro de 2016 
  40. «MOVIECOM Cinemas». 25 de dezembro de 2005. Consultado em 8 de novembro de 2015 
  41. «Cine XV». www.cinexv.com.br. Consultado em 8 de novembro de 2015 
  42. VALENÇA, Ivan (13 de março de 2008). «Moviecom fecha as portas em Aracaju». Moviecom fecha as portas em Aracaju – Ivan Valença. INFONET. Consultado em 15 de novembro de 2016 
  43. «Cinemark abre as portas nesta sexta-feira». CULTURA. INFONET. 12 de março de 2009. Consultado em 15 de novembro de 2016