Neuto de Conto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Neuto de Conto
Senador por Santa Catarina
Período 3 de janeiro de 2007
até 31 de janeiro de 2011
Deputado federal por Santa Catarina
Período 1º de fevereiro de 1991
até 31 de janeiro de 1999
Deputado estadual de Santa Catarina
Período 1984 a 1987
Dados pessoais
Nascimento 8 de setembro de 1938 (81 anos)
Encantado, Rio Grande do Sul
Esposa Neide Lucca de Conto
Partido PMDB
Profissão Empresário

Neuto Fausto de Conto (Encantado, 8 de setembro de 1938) é um empresário e político brasileiro.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Empresário, Neuto de Conto foi filiado ao PTB de 1962 até 1965, com a imposição do bipartidarismo quando filiou-se ao MDB. Em 1980 com o retorno do pluripartidarismo, permaneceu no PMDB onde se encontra até o presente. Vereador eleito de São Miguel do Oeste por duas vezes seguidas na década de 1970, exerceu o mandato de deputado estadual entre 1984 a 1987. Nas eleições de 1986 candidatou-se a deputado federal, alcançando a suplência, exercendo o mandato eventualmente. Foi Secretário de Agricultura de Santa Catarina entre 1987 e 1989.

Em 1990 elegeria-se efetivamente deputado federal, sendo reeleito em 1994 para a 50ª legislatura (1995 — 1999). Foi Secretário de Fazenda entre 1995 e 1996. Neste ano também foi chefe da Casa Civil do Estado.

Tentou reeleger-se em 1998 mas não obteve êxito. Em 2002 foi primeiro suplente do senador eleito Leonel Pavan. Quando este foi eleito vice-governador em 2006, Neuto de Conto assumiu o mandato em 3 de janeiro de 2007.

Em 5 de agosto de 2010 se afasta temporariamente do senado para assumir a Secretaria de Articulação do Estado de Santa Catarina. Em seu lugar, assumiu a segunda suplente Selma Elias Westphal.

Seu irmão, Paulo Antônio de Conto, é bispo da Igreja Católica.[1]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre políticos ou política de Santa Catarina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.