Overcome (álbum de Alexandra Burke)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Overcome
Álbum de estúdio de Alexandra Burke
Lançamento 19 de Outubro de 2009
Gravação 2008-09
Género(s) Pop, R&B, electropop, Dance-pop
Duração 48:43
Formato(s) CD, download digital
Editora(s) Syco, Epic
Produção The Phantom Boyz, StarGate, RedOne, Ne-Yo, Louis Biancaniello, Samuel Watters, Jim Jonsin, Rico Love, ELEMENT, Wayne Wilkins, Steve Booker, Brian Kennedy
Cronologia de Alexandra Burke
Heartbreak on Hold
(2012)
Singles de Overcome
  1. "Hallelujah"
    Lançamento: 17 de Dezembro de 2008
  2. "Bad Boys"
    Lançamento: 12 de Outubro de 2009
  3. "Broken Heels"
    Lançamento: 11 de Janeiro de 2010
  4. "The Silence"
    Lançamento: 6 de Dezembro de 2010

Overcome é o nome do álbum de estreia da cantora e compositora britânica Alexandra Burke, lançado no Reino Unido em 19 de outubro de 2009, pela Syco Music.[1] O lançamento do álbum veio um ano depois de Burke ganhar o show de talentos britânico, The X Factor, com o processo de gravação a ter lugar entre 2008 e 2009. Críticos elogiaram o álbum mostrando o charme e caracterização de Burke, comparando seus vocais de R&B a cantora Whitney Houston e seu acabamento contemporâneo, utilizando uma variedade de produtores aclamados, incluindo Red One e Ne-Yo.[2]

Após o seu lançamento, Overcome estreou no número um no UK Albums Chart, vendendo 132.065 cópias em sua primeira semana, a quarta primeira semana de vendas para uma cantora em 2009.[3] O álbum se tornou um sucesso comercial na Europa a ser certificado multi-platina no Reino Unido e Irlanda, vendendo 850.000 cópias.[4] Além de reunião com críticas positivas, Overcome ganhou uma nomeação para Melhor Álbum de Música no Urban Awards.[5]

Antecedentes e desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

"Obrigado por fazerem o meu sonho se tornar realidade. Sou a pessoa mais feliz do mundo".

— As palavras de Burke após vencer o The X Factor.[6]

Em Dezembro de 2008, com 58% dos votos do público, Burke venceu a quinta temporada do The X Factor, um programa de televisão britânico no qual ela tinha concorrido para entrar em 2005, tendo ficado entre as sete últimas colocadas e não sendo selecionada para as apresentações ao vivo por ser muito nova.[6][7] O prémio de Burke foi um contrato de gravação no valor de £1 milhão na editora discográfica Syco Records, uma subsidiária da Sony BMG pertencente à Simon Cowell, que era membro do júri do The X Factor. Deste dinheiro, foram dados à cantora £150 mil e o restante foi gasto com a produção e divulgação do seu trabalho.[6]

O single de estreia de Burke, uma versão cover da canção "Hallelujah", originalmente gravada por Leonard Cohen, foi lançado logo após ela ter vencido o programa.

O álbum de Burke foi originalmente agendado para ser lançado em Março de 2009, a tempo do Dia das Mães.[8] No entanto, devido ao sucesso que Leona Lewis, uma cantora que também venceu o The X Factor, estava a ter com o seu segundo álbum de estúdio naquele momento, o álbum foi adiado para um lançamento no Outono. A 13 de Fevereiro de 2009 foi relatado que a artista tinha assinado um contrato de cinco álbuns no valor de £3.5 milhões na editora discográfica norte-americana Epic Records.[9] Após visitar Burke no estúdio de gravação, Beyoncé Knowles, que havia cantado no palco do The X Factor com Burke, falou de uma possibilidade de gravar um dueto com ela.[10]

Gravação e produção[editar | editar código-fonte]

O cantor Ne-Yo ajudou Burke na produção do álbum, tendo inclusive gravado uma música com ela.

De acordo com um comunicado de imprensa publicado pela MTV, os produtores Pharrell Williams e Akon foram convidados para produzir o álbum.[11] Entretanto, o tabloide britânico The Daily Mail informou que Burke tinha trabalhado com os produtores StarGate, o cantor Ne-Yo e RedOne.[12] Uma notícia publicada na página online da cantora confirmou que RedOne produziu uma selecção de canções para Burke trabalhar, incluindo uma intitulada "Broken Heels", que foi a primeira gravada para Overcome. Ela também trabalhou com Louis Biancaniello, Sam Watters, Jim Jonsin, Rico Love e Roc Nation.[13] A equipa de produção ELEMENT anunciou na sua página online que eles tinham produzido duas músicas para Burke, incluindo uma que passou para a edição final do alinhamento das faixas de Overcome, intitulada "Bury Me (6 Feet Under)". Outra canção, "Dangerous", foi lançada como lado-B do single "Bad Boys".[14]

O álbum é muito "eu". É muito a minha personalidade. É profundo. Quando eu entrava no estúdio todos os dias, eu trazia o meu diário... - Eu tenho-o desde que tinha nove anos [...] Qualquer coisa que eu fiz há seis meses ou talvez o que passei no dia anterior, eu lia e escrevia lá. Então, as músicas são muito profundas e verdadeiras para mim e no que eu acredito. Eu somente canto músicas nas quais eu acredito. É uma mistura entre ritmos acelerados e baladas. Quando eu cantava as baladas, eu chorava a gravá-las. As músicas são muito emocionais para mim e eu estou à espera que as pessoas possam relacionar-se com elas."[15]
 
Burke ao falar sobre o processo de gravação das canções..

Além de trabalhar com produtores norte-americanos, Burke também colaborou com o cantor e compositor britânico Taio Cruz e Steve Booker. Booker produziu a faixa "You Broke My Heart", que co-escreveu com Niara Scarlett e a cantora Pixie Lott.[16][17] De acordo com Booker a música originalmente teve um nome diferente e foi Simon Cowell quem solicitou a mudança de nome. Burke também gravou faixas com o duo dançante britânico Freemasons.[18]

Segundo o Daily Mail'', Burke disse que decidiu escolher a música pop para o disco porque "todos esperavam que ela fizesse o contrário." Ela disse sobre a decisão: "A minha voz vai lhe dar alma [ao álbum], mas a música é pop."[19]

Eu disse ao meu empresário que quero que a minha música seja divertida, edificante e ousada. Quero que reflicta a minha personalidade. Eu quero que ela fique no seu ouvido, quero que seja uma besta. Eu quero ser enérgica e divertida. Quando eu gravo as baladas eu quero chorar. E se eu passar por uma montanha-russa emocional durante a gravação deste álbum, quero que o ouvinte passe por uma montanha-russa quando a ouvir.
 
A artista ao falar da sua inspiração na gravação de Overcome.[20].

[21]

RedOne também estará produzindo músicas para o re-lançamento.[22]

Roubo de demos da produção[editar | editar código-fonte]

A 11 e 12 de Julho de 2009, duas canções inéditas, "Overcome" e "Perfect", supostamente produzidas por The Stereotypes e The Runaways, foram postas para download na internet. Cowell confirmou que as músicas eram demos roubadas por hackers. Uma investigação criminal foi lançada sobre o incidente, com o apoio da Federação Internacional da Indústria Fonográfica.[23] No final de Março de 2010, foi relatado que a distribuidora fonográfica Syco Music, na qual Burke estava assinada no momento, tinha sido atacado uma vez por hackers, que conseguiram obter 14 das anteriormente inéditas gravações de estúdio de Burke, bem como 26 da sua colega Leona Lewis.[24] Após o segundo incidente de vazamento, Cowell entrou em contacto o Federal Bureau of Investigation (FBI) para rastrear os responsáveis. Dentre as canções que foram vazadas, estava a nova versão de "All Night Long", com a participação do rapper norte-americano Pitbull, que havia sido escolhido para ser o artista convidado do terceiro single do álbum em Março de 2010.[25] Segundo Burke, as músicas vazaram por "Dois meninos pequenos na Alemanha na experiência do trabalho", a trabalharem para a Syco.[26]

Crítica profissional[editar | editar código-fonte]

O álbum recebeu críticas positivas e favoráveis ao todo, sendo considerado "muito bom" e "divertido", sendo a voz da cantora o ponto destaque do álbum.[27]

Atribuindo ao álbum quatro estrelas a partir de uma escala de cinco, Alex Hardy, do The Times declarou que "no ano passado a vencedora do The X Factor lançou algumas baladas impecavelmente dubladas."[28] Alexis Petridis do The Guardian disse que "Hallelujah" é um "produto espectacular." Ele também elogiou o álbum de baladas dizendo que "suas baladas raramente são o destaque de qualquer álbum de soul-pop, mas pelo menos aqui eles vêm equipados com o "boom" pós-Umbrella para distraí-lo a partir do rio de besteiras na letra - you lift me up, been hurt so many times before, some things are worth fighting for, and so on."[29] Petridis deu ao álbum três de cinco estrelas, observando que "Bury Me" e "You Broke My Heart" são pastiches da Motown que parecem um pouco covardes, e óbvios em sua busca do mercado da Duffy."[29] Outro crítico do The Guardian fez comparações com a cantora de Barbados, Rihanna, apesar de chamar o álbum de "edifício de ferro-fundido" e dizer que tem "uma equipa de produtores."[30] Al Fox da BBC disse que o álbum "é relevante, é contemporâneo, é ousado o suficiente para os fãs mais jovens, mas bastante acessível para um público mais amplo", chamando-lhe "envolta em personalidade."[31]

Desempenho nas paradas[editar | editar código-fonte]

Overcome estreou no número um no UK Albums Chart, vendendo 132.065 em sua primeira semana de acordo com a British Phonographic Industry.[3] Os primeiros números eram a quarta grande semana de vendas na primeira semana por uma artista feminina em 2009, atrás de lançamentos por Susan Boyle, Lily Allen e Leona Lewis, e foi o segundo álbum mais vendido de 2009. O álbum ficou 56 semanas no UK Albums Chart e foi certificado dupla platina pela British Recorded Music Industry para as vendas de mais de 600.000 cópias.[32] Até ao momento o álbum já vendeu mais de 800.000 cópias no Reino Unido.[32][33]

Na Irlanda, onde o álbum fez a sua primeira aparição na parada, estreou no número dois atrás do quarto álbum de Michael Bublé, Crazy Love, e acabou sendo certificada dupla-platina por mais de 30.000 vendas.[34] Ainda na Europa, Overcome recebeu uma recepção moderada, estreando dentro do top 40 da Grécia[35] e Austrália[36] e no top 100 na Suíça,[37] Alemanha[35] e Polónia.[33][38] Até à data, o álbum já vendeu mais de 2 milhões de cópias em todo o mundo.[39][40]

Singles[editar | editar código-fonte]

  • "The Silence": O quinto single de Overcome. Burke a apresentou no The X Factor.[69] O single foi lançado em 6 de Dezembro de 2010. O dia que a versão deluxe de Overcome foi lançada. O vídeo musical estreou na conta oficial do YouTube de Burke, em 21 de Outubro de 2010.

Promoção[editar | editar código-fonte]

Reino Unido e Irlanda[editar | editar código-fonte]

"Bad Boys", o primeiro single oficial de Overcome, estreou na BBC Radio 1 em 25 de Agosto de 2009.[70] Burke fez várias aparições na TV para promover o single. Ela cantou a música ao vivo na primeira Gala da sexta série do The X Factor, em 11 de Outubro de 2009. Burke também cantou "Bad Boys" no GMTV em 13 de Outubro e na MTV Londres em 15 de Outubro.[71] Burke ajudou a lançar o canal de música do Reino Unido, Viva, realizando "Bad Boys", "They Don't Know" e "Hallelujah" ao vivo para a transmissão.[72] Burke também desempenhou um pequeno conjunto incluindo "Bad Boys" e "Hallelujah" no BBC Switch Live ao lado do grupo americano Black Eyed Peas.[73]

Europa, Austrália e Ásia[editar | editar código-fonte]

Burke começou sua Tour Promocional Europeia em Bruxelas em 18 de Janeiro, visitando também Amesterdão, Copenhaga, Estocolmo, Berlim, Viena, Zurique, Milão e Paris, onde ela promoveu "Bad Boys" e seu álbum de estréia, visitando muitas estações de rádio e realização fazendo várias aparições na TV.[74] Ela cantou "Bad Boys" ao vivo no 20th Concert na Polónia, em Queensday nos Países Baixos, na Rádio 538 Museumplein e no The X Factor Holandês.[75][76]

Faixas[editar | editar código-fonte]

  • Informação tirada das linhas interiores de Overcome.[77]
Edição Standard
N.º TítuloCompositor(es)Produtor(es) Duração
1. "Bad Boys" (com Flo Rida)Melvin K. Watson Jr., Larry Summerville Jr., Busbee, Lauren Evans, Alexander James, Tramar DillardThe Phantom Boyz 3:26
2. "Good Night Good Morning" (com Ne-Yo)Shaffer Smith, Mikkel S. Eriksen, Tor Erik HermansenStarGate, Ne-Yo[nota 1] 3:37
3. "The Silence"  Nadir Khayat, Bilal Hajji, Savan KotechaRedOne 4:01
4. "All Night Long"  Richard Butler Jr., James Scheffer, Sam Watters, Louis BiancanielloLouis Biancaniello, Sam Watters, Jim Jonsin, Rico Love 4:23
5. "Bury Me (6 Feet Under)"  Hitesh Ceon, Kim Ofstad, Andrea Martin, Tor Erik HermansenELEMENT 3:33
6. "Broken Heels"  Khayat, Hajji, KotechaRedOne 4:09
7. "Dumb"  Khyatt, Hajji, Kotecha, Martin KierszenbaumRedOne 3:22
8. "Overcome"  Samuell Watters, Louis Biancaniello, Andre MerrittLouis Biancaniello, Sam Watters 3:53
9. "Gotta Go"  Aeon Manahan, Herbie Crichlow, Kotecha, Wayne WilkinsWayne Wilkins, Step[nota 1] 4:00
10. "You Broke My Heart"  Steve Booker, Niara Scarlett, Victoria LottSteve Booker 3:37
11. "Nothing But the Girl"  Smith, Eriksen, Tor Erik Hermansen, Will Kennard, Saul MiltonStarGate, Ne-Yo,[nota 1] Chase & Status[nota 1] 3:37
12. "They Don't Know"  Brian Kennedy Seals, James Fauntleroy IIBrian Kennedy 3:13
Duração total:
48:43

Overcome: Deluxe Edition[editar | editar código-fonte]

Overcome: Deluxe Edition
Álbum de estúdio (edição deluxe) de Alexandra Burke
Lançamento 6 de Dezembro de 2010
Gravação 2008-2010
Gênero(s) Pop
R&B
Electropop
Dance-pop
Formato(s) CD
Download Digital
Gravadora(s) Syco
Epic
Produção The Phantom Boyz, StarGate, RedOne, Ne-Yo, Louis Biancaniello, Samuel Watters, Jim Jonsin, Rico Love, ELEMENT, [Wayne Wilkins, Steve Booker, Brian Kennedy, The Smeezingtons, Step, Quiz & Larossi, Brian Kennedy
Singles de Overcome: Deluxe Edition
  1. "All Night Long"
    Lançamento: 3 de Maio de 2010
  2. "Start Without You"
    Lançamento: 31 de Agosto de 2010
  3. "The Silence (single-mix)"
    Lançamento: 6 de Dezembro de 2010

Faixas[editar | editar código-fonte]

Disco 1 (CD)[79]
N.º TítuloCompositor(es)Produtor(es) Duração
1. "Start Without You" (com Laza Morgan)Khayat, Kotecha, Julian Bunetta, Kristian LundinRedOne 3:33
2. "The Silence" (Single Mix)Khayat, Hajji, KotechaRedOne 3:36
3. "Bad Boys" (com Flo Rida)Watson Jr., Summerville Jr., Busbee, Evans, James, DillardThe Phantom Boyz 3:26
4. "All Night Long" (com Pitbull)Richard Butler Jr., Scheffer, Samuell Watters, Louis BiancanielloLouis Biancaniello, Sam Watters, Jim Jonsin, Rico Love 3:48
5. "Perfect"  James Fauntleroy II, Peter Hernandez, Philip Lawrence, Ari LevineThe Smeezingtons 3:17
6. "What Happens on the Dancefloor" (com Cobra Starship)AJ Junior, Hajji, Gabe Saporta, Khayat, KotechaRedOne 3:07
7. "Before the Rain"  Steve McCutchen, Ina WroldsenSteve Mac 3:33
8. "Broken Heels" (com Ne-Yo)Smith, Eriksen, Tor Erik Hermansen3:37 StarGate, Ne-Yo[nota 1]
9. "Good Night Good Morning" (com Ne-Yo)James Smith, Eriksen, Tor Erik HermansenStarGate, Ne-Yo[nota 1] 3:37
10. "Bury Me (6 Feet Under)"  Ceon, Ofstad, Martin, HermansenELEMENT 3:33
11. "Dumb"  Khayat, Hajji, Kotecha, KierszenbaumRedOne 3:22
12. "Overcome"  Sameull Watters, Louis Biancaniello, MerrittLouis Biancaniello, Sam Watters 3:53
13. "Gotta Go"  Manahan, Crichlow, Kotecha, WilkinsWayne Wilkins, Step[nota 1] 4:00
14. "You Broke My Heart"  Steve Booker, Scarlett, LottSteve Booker 3:37
15. "Nothing But the Girl"  Smith, Eriksen, Tor Erik Hermansen, Kennard, MiltonStarGate, Ne-Yo,[nota 1] Chase & Status*[nota 1] 3:41
16. "They Don't Know"  Brian Kennedy Seals, Fauntleroy IIBrian Kennedy 3:13
17. "Hallelujah"  Leonard CohenQuiz & Larossi 3:37
Disco 2 (DVD)[79]
N.º TítuloDetalhe(s) Duração
1. "Hallelujah"  Vídeo Musical  
2. "Bad Boys" (com Flo Rida)Vídeo Musical  
3. "Broken Heels"  Vídeo Musical  
4. "All Night Long" (com Pitbull)Vídeo Musical  
5. "Start Without You" (com Laza Morgan)Vídeo Musical  
6. "The Silence"  Vídeo Musical  

Histórico de Lançamento[editar | editar código-fonte]

País Data Gravadora ref
 Alemanha 3 de Dezembro de 2010 Sony Music Entertainment [80]
 Polónia 6 de Dezembro de 2010 [81]

All Night Long Tour[editar | editar código-fonte]

Alexandra lançou a All Night Long Tour em 17 de Janeiro de 2011, em apoio do seu álbum de estreia.[82] Ela também pode marcar algumas datas na Europa, embora nada tenha sido confirmado. As datas de seus shows foram reveladas oficialmente no Daybreak da ITV em 7 de Setembro de 2010.[83]

Desempenho nas Paradas[editar | editar código-fonte]

Certificações[editar | editar código-fonte]

País Certificador Certificações ref
 Irlanda IRMA 2× Platina [92]
 Reino Unido BPI [32]

Gráficos de Sucessão[editar | editar código-fonte]

Precedido por:
{{{antes}}}
{{{titulo}}} Sucedido por:
{{{depois}}}
Precedido por:
{{{antes}}}
{{{titulo}}}

Histórico de Lançamento[editar | editar código-fonte]

País Data Gravadora ref
 Irlanda 16 de Outubro de 2009 Syco Music
 Reino Unido 19 de Outubro de 2009 [56]
 Canadá 2 de Novembro de 2009 Sony Music Entertainment [93]
Suíça 15 de Fevereiro de 2010 [94]
 Áustria 19 de Fevereiro de 2010 [95]
 Alemanha [80]
 Países Baixos [96]
 Itália 26 de Fevereiro de 2010 [97]
 Japão 26 de Maio de 2010 [98]
 Austrália 4 de Junho de 2010 [99]

Referências[editar | editar código-fonte]

Notas
  1. a b c d e f g h i Co-produtor
Citações
  1. http://www.allmusic.com/cg/amg.dll?p=amg&sql=11:09fixzlgldae~T1
  2. http://allmusic.com/album/overcome-r1683023/review
  3. a b http://www.alexandraburkeofficial.com/gb/newsdiary/post/alexandra_burkes_debut_album_enters_charts_at_no.1/
  4. http://www.digitalspy.co.uk/music/news/a276673/alexandra-burke-confirms-lp-re-release.html
  5. http://www.urbanmusicawards.ne//uk_news.php?id=121&start=0&limit=10 Urban Music Awards 2010 Nominees
  6. a b c d Henry, Robin (14 de dezembro de 2008). «Three years after failure, Alexandra Burke wins X Factor». The Times. London: Times Newspapers Ltd. Consultado em 24 de outubro de 2009. 
  7. a b O'Brien, Jon. «Alexandra Burke > Biography». Allmusic. Macrovision. Consultado em 6 de outubro de 2009. 
  8. «Alexandra Burke album delayed». Metro. Associated Newspapers. 16 de janeiro de 2009. Consultado em 24 de outubro de 2009. 
  9. Moore, Matthew (13 de fevereiro de 2009). «Alexandra Burke signs £3m US record deal». The Telegraph. London: Telegraph Media Group Limited. Consultado em 6 de outubro de 2009. 
  10. Martin, Lara (13 de abril de 2009). «Burke, Beyoncé planning to collaborate?». Digital Spy. Consultado em 6 de outubro de 2009. 
  11. «Akon To Produce Alexandra». MTV. 17 de março de 2009. Consultado em 16 de setembro de 2009. 
  12. "The Daily Mail Reporter" (15 de setembro de 2009). «She's got the Sex Factor! Alexandra Burke turns heads at the GQ Awards in a daring sheer dress». The Daily Mail. Associated Newspapers. Consultado em 6 de outubro de 2009. 
  13. «Biography». AlexandraBurkeOfficial.com. Consultado em 6 de outubro de 2009. 
  14. {{Cite web| url=http://www.elementmusicworld.com%7C title=ELEMENT| publisher=ElementMusicWorld.com| accessdate=2009-10-06}}
  15. Dingwall, John (5 de outubro de 2009). «X Factor winner Alexandra Burke: I used my diary to inspire songs for first album». Scottish Daily Record. Consultado em 6 de outubro de 2009. 
  16. «Interview With Steve Booker». HitQuarters. 8 de março de 2010. Consultado em 23 de março de 2010. 
  17. Martin, Gavin (11 de setembro de 2009). «Teen superstar Pixie Lott prepares to release her debut album». The Daily Mirror. Consultado em 6 de outubro de 2009. 
  18. «Videos». AlexandraBurkeOfficial.com. 9 de janeiro de 2009. Consultado em 16 de setembro de 2009. 
  19. Wilson, Benji (9 de outubro de 2009). «'I call myself The Beast': Alexandra Burke prepares to unleash her wild side with her debut album». Daily Mail. Associated Newspapers. Consultado em 10 de outubro de 2009. 
  20. «Music - Overcome». AlexandraBurkeOfficial.com. Consultado em 18 de outubro de 2009. [ligação inativa] 
  21. http://www.digitalspy.co.uk/music/news/a192010/burke-to-change-album-for-us-release.html
  22. http://www.digitalspy.co.uk/music/interviews/a196983/alexandra-burke.html
  23. Nissim, Mayer (14 de julho de 2009). «Music - News - Label 'upset by Burke demo leaks'». Digital Spy. Consultado em 16 de setembro de 2009. 
  24. Catriona, Whiteman (27 de março de 2010). «40 more lewis and burke tracks leak online». Digital Spy. Consultado em 28 de março de 2010. 
  25. Lu, Anne (22 de março de 2010). «Simon Cowell Asks FBI's Help In Tracking Down Music Hackers». All Headline News. Consultado em 28 de março de 2010. 
  26. {{Cite web|url=http://www.digitalspy.co.uk/music/news/a227684/alexandra-burke-reveals-leak-source.html%7Ctitle=Alexandra Burke reveals leak source|last=Love|first=Ryan|date=15 June 2010|publisher=Digital Spy|accessdate=15 June 2010|location=London}}
  27. Recepção do álbum pelos críticos
  28. Hardy, Alex (17 de outubro de 2009). «Alexandra Burke: Overcome». The Times. London: Times Newspapers Ltd. Consultado em 19 de outubro de 2009. 
  29. a b Petridis, Alexis (15 de outubro de 2009). «Alexandra Burke: Overcome». The Guardian. London: Guardian News and Media Limited. Consultado em 19 de outubro de 2009. 
  30. Montgomery, Hugh (23 de outubro de 2009). «Alexandra Burke: Overcome». The Guardian. London: Guardian News and Media Limited. Consultado em 25 de outubro de 2009. 
  31. Fox, Al (2 de novembro de 2009). «Alexandra Burke Overcome Review». British Broadcasting Corporation. Consultado em 2 de novembro de 2009. 
  32. a b c http://www.mtv.co.uk/artists/alexandra-burke
  33. a b http://sonymusic.ie/news/alexandra-burke5/alexandra-burke-releases-overcome-deluxe-edition-in-december
  34. http://www.irishcharts.ie/awards/multi_platinum09.htm
  35. a b c http://musicline.de/de/chartverfolgung_summary/title/Burke%2CAlexandra/Overcome/longplay
  36. a b http://ariacharts.com.au/pages/charts_display_urban.asp?chart=1Q40RB&chart2=1R40RB
  37. a b http://hitparade.ch/weekchart.asp?cat=a
  38. a b http://www.zpav.pl/rankingi/listy/top100/index.php?lang=2
  39. http://www.digitalspy.co.uk/music/news/a183576/burke-beats-buble-houston-to-albums-no1.html
  40. http://www.bpi.co.uk/certifiedawards/search.aspx
  41. a b c Sexton, Paul (22 de dezembro de 2008). «Alexandra Burke Is 'X Factor' On U.K. Charts». Billboard. Nielsen Business Media, Inc. Consultado em 6 de outubro de 2009. 
  42. Holmwood, Leigh (15 de dezembro de 2008). «Alexandra Burke's X Factor single Hallelujah is fastest-selling download». The Guardian. London: Guardian News and Media Limited. Consultado em 6 de outubro de 2009. 
  43. «Certified Awards Search». British Phonographic Industry. Consultado em 3 de outubro de 2009. 
  44. «Alexandra Burke's 'Hallelujah' joins 'million-selling' singles list». NME. IPC Media. 9 de janeiro de 2009. Consultado em 6 de outubro de 2009. 
  45. Levine, Nick (29 de dezembro de 2008). «Burke's 'Hallelujah' is top single of 2008». Digital Spy. Consultado em 6 de outubro de 2009. 
  46. Leitch, Luke (18 de dezembro de 2008). «The fight for a Hallelujah Christmas victory». The Times. London: Times Newspapers Ltd. Consultado em 6 de outubro de 2009. 
  47. Paine, Andre (7 de setembro de 2009). «Lady Gaga Tops U.K. All-Time Downloads Chart». Billboard. Nielsen Business Media, Inc. Consultado em 29 de outubro de 2009. 
  48. «Bloody Hell the Alexandra Burke Single is Phenomenal». Popjustice. 24 de agosto de 2009. Consultado em 24 de agosto de 2009. 
  49. Lamb, Bill (25 de agosto de 2009). «Alexandra Burke Aims for International Success on "Bad Boys"». About.com. The New York Times Company. Consultado em 6 de outubro de 2009. 
  50. Griffiths, Peter; Fullerton, Elizabeth (18 de outubro de 2009). «Alexandra Burke beats Robbie Williams to top charts». Reuters (Thompson Reuters). Consultado em 18 de outubro de 2009. 
  51. «Burke beats Williams to top chart». BBC News. 18 de outubro de 2009. Consultado em 18 de outubro de 2009. 
  52. Sexton, Paul (19 de outubro de 2009). «Editors, Alexandra Burke Top U.K. Charts». Billboard. Nielsen Business Media, Inc. Consultado em 19 de outubro de 2009.  line feed character character in |obra= at position 12 (ajuda)
  53. http://www.alexandraburkeofficial.com/newsdiary/post/diary blog - 17th november 2009/
  54. Balls, David (25 de novembro de 2009). «Burke announces new single details». Digital Spy. Consultado em 5 de dezembro de 2009. 
  55. «Broken Heels - Single by Alexandra Burke on iTunes (United Kingdom)». iTunes. Consultado em 13 de junho de 2010. 
  56. a b c «Alexandra Burke – Overcome». HMV. Consultado em 2009-10-.  Texto "06" ignorado (ajuda); Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  57. «Broken Heels - Single by Alexandra Burke on iTunes (Ireland)». iTunes. Consultado em 13 de junho de 2010. 
  58. "Daily Mail Reporter" (8 de dezembro de 2009). «Alexandra Burke ditches the bad boy dancers for a sexy all-girl American football team in her new video». Daily Mail. London: Associated Newspapers. Consultado em 9 de dezembro de 2009. 
  59. vídeo musical de Broken Heels irá ser lançado em breve
  60. a b «Chart Stats - Alexandra Burke». Chart Stats. Consultado em 29 de outubro de 2009.. Cópia arquivada em 8 de dezembro de 2012 
  61. http://repertoire.bmi.com/title.asp?blnWriter=True&blnPublisher=True&blnArtist=True&keyID=10954257&ShowNbr=0&ShowSeqNbr=0&querytype=WorkID
  62. http://twitter.com/alexandramusic
  63. http://www.alexandraburkeofficial.com/gb/newsdiary/post/want_to_appear_in_alexandras_new_video/
  64. http://theofficialcharts.com/top40_singles.php
  65. http://www.radio538.nl/web/show/id=875994
  66. «Alexandra Burke - Start Without You». Chart Stats. 18 de setembro de 2010. Consultado em 17 de setembro de 2010. 
  67. "September 2010 Archive Chart" UK Singles Chart. The Official Charts Company.
  68. "Chart Track". Irish Singles Chart. GfK.
  69. Niriden (3 de novembro de 2009). «Live Performance: Alexandra Burke Performs "The Silence" Live on Paul O'Grady». Zimbio. Consultado em 27 de outubro de 2010. 
  70. Lyons, Beverly (26 de agosto de 2009). «Alexandra Burke: Beyonce has proved a big inspiration to me». Scottish Daily Record. Consultado em 24 de outubro de 2009. 
  71. «X Factor Performance and Interview!». AlexandraBurkeOfficial.com. Consultado em 6 de outubro de 2009. [ligação inativa] 
  72. «Viva Set To Launch». MTV. Consultado em 30 de outubro de 2009. 
  73. «Peas headline BBC underage gig». BBC News.British Broadcasting Corporation. 9 de novembro de 2009. Consultado em 9 de novembro de 2009. 
  74. AlexandraBurkeOfficial.com: European Tour
  75. http://twitter.com/alexandramusic/status/13474481620
  76. http://twitter.com/alexandramusic/status/13474887158
  77. Créditos do álbum {{{título}}}.
  78. «Overcome». Play.com. Consultado em 6 de outubro de 2009. 
  79. a b http://www.digitalspy.co.uk/music/news/a285311/burke-unveils-deluxe-lp-tracklisting.html
  80. a b Amazon.de: Alexandra Burke Overcome
  81. Alexandra's Overcome in Poland
  82. http://www.digitalspy.co.uk/music/news/a266622/alexandra-burke-to-announce-tour-dates.html
  83. Love, Ryan (7 de setembro de 2010). «Alexandra Burke announces UK tour». Digital Spy. Hachette Filipacchi UK. Consultado em 5 de dezembro de 2010. 
  84. Ormsby, Avril; Pomeroy, Robin (25 de outubro de 2009). «Girls Aloud's Cheryl Cole is a knockout in singles charts». Reuters (Thompson Reuters). Consultado em 25 de outubro de 2009. 
  85. Sexton Paul (29 de outubro de 2009). «Rammstein Rocks To European Chart Peak». Billboard. Nielsen Business Media, Inc. Consultado em 29 de outubro de 2009. 
  86. Kilkelly, Daniel (23 de outubro de 2009). «Bublé beats Burke on Irish albums chart». Digital Spy. Consultado em 23 de outubro de 2009. 
  87. «Archive Chart». Scottish Albums Chart. The Official Charts Company. Consultado em 31 de outubro de 2009. 
  88. http://austriancharts.at/showitem.asp?interpret=Alexandra+Burke&titel=Overcome&cat=a
  89. http://swedishcharts.com/showitem.asp?interpret=Alexandra+Burke&titel=Overcome&cat=a}}
  90. «dutch charts» 
  91. http://greekcharts.com/weekchart.asp?cat=a&year=2010&date=201009
  92. http://irishcharts.ie/awards/multi_platinum09.htm
  93. «Alexandra Burke - Overcome». HMV 
  94. http://itunes.apple.com/ch/artist/alexandra-burke/id300109943?affId=1278719&ign-mpt=uo%3D6
  95. Alexandra Burke's release dates
  96. http://www.amazon.de/gp/product/B001NIIUS2/ref=s9_simh_gw_p15_i1?pf_rd_m=A3JWKAKR8XB7XF&pf_rd_s=center-1&pf_rd_r=1EAJ4ZKVFMAYBJD0674B&pf_rd_t=101&pf_rd_p=463375193&pf_rd_i=301128
  97. http://www.alexandraburkeofficial.com/it/music/release/overcome3/
  98. Alexandra Burke - Overcome (Japanese release date)
  99. Alexandra's Overcome in Australia

Ligações externas[editar | editar código-fonte]