Pé de mosca

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Sinais gráficos

apóstrofo ()
parênteses (())
colchetes ou parênteses retos ([])
chaves ou chavetas ({})
dois pontos (:)
vírgula (,)
travessão ()
meia-risca ()
hífen ()
reticências ()
ponto final (.)
ponto de exclamação (!)
ponto de interrogação (?)
pontos de interrogação e de exclamação invertidos (¿) (¡)
til (~)
ponto e vírgula (;)
barra (/)
espaço ( )
ponto mediano (·)

Símbolos matemáticos

sinal de mais (+)
sinal de menos ()
sinal de multiplicação (×)
sinal de divisão (÷)
sinal de igual (=)
sinal de mais ou menos (±)

Símbolos monetários

Moeda (¤)
Dólar ($)
Cêntimo (¢)
Libra esterlina (£)
Iene (¥)
Euro ()

Outros sinais tipográficos

"E" comercial ou ampersand (&)
asterisco (*)
símbolo de direitos autorais (©)
símbolo de marca registrada comercial (®)
arroba (@)
aspas (“”)
barra inversa ou contrabarra (\)
chevron (<>)
ponto lista ()
obelisco () ()
grau (°)
indicador ordinal () ()
cerquilha ou cardinal (#)
plica ()
parágrafo (§)
pé de mosca ()
porcentagem (%)
traço inferior, underscore ou underline (_)
barra vertical ou pipe (|)
sinal de conclusão (.·.)
sinal de idem ()
dois pontos triangulares (ː)
ápice (')

sinais diacríticos · editar 

Em tipografia, pé de mosca (pré-AO 1990: pé-de-mosca) () é uma designação antiga para letras de corpo de 4 pt.[1]Atualmente, o software de edição de texto utiliza o pé-de-mosca como forma de indicar o fim de um parágrafo e o início do próximo.

Muito útil para demonstrar duplo espaço entre palavras.

O pilcrow pode ser usado como um recuo para parágrafos separado ou para designar um novo parágrafo em uma longa cópia, como Eric Gill fez em seu livro de 1930 "An Essay on Typography". O pilcrow era um tipo de rubrication usado na Idade Média para marcar uma nova linha de pensamento, antes que a convenção de parágrafos visualmente discretos fosse comum.[2]

Ícone de esboço Este artigo sobre tipografia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  1. «Notes, references and bibliographies: Notes». Style manual 3 ed. Canberra: Australian government publishing service. 1978 
  2. Stamp, Jimmy (10 de julho de 2013). «The Origin of the Pilcrow, aka the Strange Paragraph Symbol». Design Decoded (a Smithsonian blog)