Partido Libertário (Estados Unidos)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Partido Libertário
Libertarian Party
Líder Nicholas Sarwark
Fundação 11 de dezembro de 1971
Sede 2600 Virginia Avenue NW, Suite 200
Washington, D.C. 20037
Ideologia Libertarismo
Conservadorismo fiscal
Laissez-faire
Liberalismo económico
Liberalismo clássico
Social liberalismo
Não-Intervencionismo
Membros c. 368 561[1]
Afiliação internacional Interlibertarians[2]
Cores       Azul

      Dourado
Site
www.lp.org

Política dos Estados Unidos
Partidos políticos
Eleições

O Partido Libertário (em inglês Libertarian Party) é um partido político de cunho liberalismo dos Estados Unidos da América. Foi fundado em 1971 e desde então é um dos chamados terceiros partidos do sistema político praticamente bipartidário dos Estados Unidos. Segundo a página de adesão no seu site, o partido apenas certifica como membros os que assinam um termo afirmando não apoiar ou recomendar que a agressão seja iniciada por motivos políticos ou sociais.[3]

Plataforma[editar | editar código-fonte]

A sua plataforma eleitoral é baseada em elementos da filosofia libertária como a defesa de uma economia de livre mercado (laissez-faire), dos direitos individuais, como a liberdade de associação e orientação sexual, e a propriedade privada.

Anteriormente uma questão não consensual, a partir de 2014, seu programa passou a pedir a não-interferência do governo (a favor ou contra) nas questões relacionadas à gravidez.[4] O partido é genericamente a favor do porte de armas para defesa pessoal e segundo interpretam a 2ª Emenda da Constituição, e da abolição das leis que proíbem a prostituição e a posse e consumo de drogas para uso pessoal. É ainda contra o serviço militar obrigatório.

Este partido foi fundado em parte como alternativa ao governo republicano da época, quando o então-presidente Nixon decretou congelamento de preços e salários. O seu termo de adesão, o Princípio da Não Agressão (em inglês o Non-Aggression Principle ou NAP) é semelhante ao princípio moral formulado pela escritora imigrante Ayn Rand em abril de 1947 e reproduzido em "The Letters of Ayn Rand"[5]

Resultados eleitorais[editar | editar código-fonte]

Eleições presidenciais[editar | editar código-fonte]

Data Candidato Votos % +/- Colégio Eleitoral +/- Status
1972 John Hospers 3 674 0,0 (10.º)
1 / 538
Não Eleito
1976 Roger MacBride 172 557 0,2 (4.º) Aumento0,2
0 / 538
Baixa1 Não Eleito
1980 Ed Clark 921 128 1,1 (4.º) Aumento0,9
0 / 538
Estável Não Eleito
1984 David Bergland 228 111 0,3 (3.º) Baixa0,8
0 / 538
Estável Não Eleito
1988 Ron Paul 431 750 0,5 (3.º) Aumento0,2
0 / 538
Estável Não Eleito
1992 Andre Marrou 290 087 0,3 (4.º) Baixa0,2
0 / 538
Estável Não Eleito
1996 Harry Browne 485 759 0,5 (5.º) Aumento0,2
0 / 538
Estável Não Eleito
2000 Harry Browne 384 431 0,4 (5.º) Baixa0,1
0 / 538
Estável Não Eleito
2004 Michael Badnarik 397 265 0,3 (4.º) Baixa0,1
0 / 538
Estável Não Eleito
2008 Robert Laurence Barr 523 715 0,4 (4.º) Aumento0,1
0 / 538
Estável Não Eleito
2012 Gary E. Johnson 1 275 971 1,0 (3.º) Aumento0,6
0 / 538
Estável Não Eleito
2016 Gary E. Johnson 4 058 500 3,2 (3.º) Aumento2,1
0 / 538
Estável Não Eleito

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]



Ícone de esboço Este artigo sobre política ou um cientista político é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.