Partido Comunista dos Estados Unidos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Partido Comunista
dos Estados Unidos

Communist Party of the
United States of America
"Ideias radicais são a verdadeira política."
Líder John Bachtell
Fundação 1919
Sede 235 W. 23rd Street
New York 10011
Ideologia Comunismo
Marxismo-leninismo
Espectro político Extrema-esquerda
Publicação People's World
Membros est. 2 000[1]
Afiliação internacional Encontro Internacional de Partidos Comunistas e dos Trabalhadores
Cores       Vermelho
www.cpusa.org

Política dos Estados Unidos
Partidos políticos
Eleições

O Partido Comunista dos Estados Unidos (Communist Party USA em inglês, ou CPUSA) é um partido político marxista-leninista dos Estados Unidos. Na primeira metade do século XX, foi o maior e mais influente partido comunista do país, e seus membros desempenharam um papel essencial no movimento trabalhista estadunidense, da década de 1920 aos anos 1940. Teve importante participação na organização dos sindicatos industriais e defendeu os direitos civis dos afro-americanos durante este período, tendo sobrevivido às perseguições políticas da época do macartismo e a várias tentativas de supressão por parte do governo dos Estados Unidos, na primeira parte de sua existência.

Com a dissolução da União Soviética em 1991, o partido passa a viver no ostracismo sem conseguir eleger sequer um vereador em qualquer cidade americana, porém com a chegada do século XXI e suas crises o partido começa a ter uma nova onda de crescimento, ainda que pequena, mas significativa relativa ao seu próprio tamanho. Em 2019, o partido conseguiu um assento no conselho de cidade de Ashland, Wisconsin.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Berger, Joseph (22 de maio de 2011). «Workers of the World, Please See Our Web Site». The New York Times 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre comunismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.