Penude

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Portugal Portugal Penude 
  Freguesia  
Gentílico Penudense
Localização
Localização no município de Lamego
Localização no município de Lamego
Penude está localizado em: Portugal Continental
Penude
Localização de Penude em Portugal
Coordenadas 41° 04' 40" N 7° 50' 55" O
Município LMG.png Lamego
Administração
Tipo Junta de freguesia
Presidente Paulo Sequeira Santos
Características geográficas
Área total [1] 12,82 km²
População total (2011) [2] 1 666 hab.
Densidade 130 hab./km²
Código postal 5100
Outras informações
Orago São Pedro
Sítio https://www.facebook.com/Freguesia-De-Penude-1380858192178157/

Penude é uma freguesia portuguesa do concelho de Lamego[3], com 12,82 km² de área e 1 666 habitantes (2011). A sua densidade populacional é 130 hab/km².

História[editar | editar código-fonte]

Penude é freguesia antiga. S. Pedro de Penude foi do padroado real e, mais tarde, do Marquês de Marialva. D. Sancho I deu o direito de apresentação ao arcediago e seus parentes.[4]

No século XVI, Penude era simples termo de Lamego. Distinguiam-se então a aldeia de Penude e a aldeia de S. Pedro, a aldeia de Cucares e a quintã de Quintela, no tempo em que existia o concelho de Magueija, que, além do lugar do mesmo nome, contava, entre outros, as Quintãs de Bairral e de Matancinha e o lugar de Matança.[5]

O abade de Penude, em 1949, respondendo ao "Inquérito" diocesano, anotava os seguintes lugares na freguesia: "Matancinha, Outeiro e Bairral, Sucres, Purgaçal e outros, Quintela, Ordem, Penude de Baixo e outros".[4]

Localização[editar | editar código-fonte]

Penude estende-se ao longo do Rio Balsemão, que nasce em Rossão, na Serra de Montemuro e deságua na margem esquerda do Rio Varosa, por uma extensão de 12 quilômetros, distando em 5 quilômetros da sede de Concelho, tantos quantos os que dista do Rio Douro, a Norte. As povoações com maior densidade populacional da Freguesia são: Bairral, Estremadouro, Grandal, Matancinha, Ordens, Outeiro, Penude de Baixo, Purgaçal, Quintã, Quintaes de Baixo, Quintela, Sucres e Telhado. É limitado a Nordeste pela Freguesia de Almacave, a Norte pela Freguesia de Avões, a Este pela Freguesia de Vila Nova de Souto d'El Rei (Arneirós), a Sudoeste pela Freguesia de Magueija, todas do Concelho de Lamego, e a Oeste pelas Freguesias de São Martinho de Mouros e Paus, do Concelho de Resende.

Apresentando um formato longitudinal, que ocorre no sentido Nordeste/Sudoeste, facto que é imposto pelos dois grandes limites naturais da freguesia: por um lado a Serra das Meadas, a Oeste, por outro o Rio Balsemão, a Este. Curioso é também o facto de todos os maiores núcleos populacionais se encontrarem na margem esquerda do Balsemão, a meia-encosta, sempre a uma cota superior à da EN2, que atravessa a Freguesia, à excepção de Quintela, que se encontra na margem direita.

População[editar | editar código-fonte]

Evolução da População 1864 / 2011
População da freguesia de Penude [6]
1864 1878 1890 1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
1 459 1 640 1 855 2 000 2 079 2 220 2 481 2 665 2 633 2 488 2 031 2 194 1 984 1 807 1 666
Evolução da População 1864 / 2011
Distribuição da População por Grupos Etários
Ano 0-14 Anos 15-24 Anos 25-64 Anos > 65 Anos 0-14 Anos 15-24 Anos 25-64 Anos > 65 Anos
2001 324 302 873 308 17,9% 16,7% 48,3% 17,0%
2011 245 223 904 294 14,7% 13,4% 54,3% 17,6%

Média do País no censo de 2001: 0/14 Anos-16,0%; 15/24 Anos-14,3%; 25/64 Anos-53,4%; 65 e mais Anos-16,4%

Média do País no censo de 2011: 0/14 Anos-14,9%; 15/24 Anos-10,9%; 25/64 Anos-55,2%; 65 e mais Anos-19,0%

Património[editar | editar código-fonte]

Autarquia[editar | editar código-fonte]

Eleições Autárquicas de 2009 - Votação por Partido na Freguesia [7][editar | editar código-fonte]

  • Inscritos: 1609 eleitores
  • Votantes: 970 - 60,29%
  • PS: 497 votos: 51,24% - Mandatos - 5
  • PPD/PSD.CDS/PP: 405 votos - 41,75% - Mandatos - 4
  • PCP-PEV: 20 votos - 2,16% - Mandatos - 0
  • Votos em branco: 21 - 2,06%
  • Votos nulos: 33 - 3,40%

Junta de Freguesia - Composição [8][editar | editar código-fonte]

  • Presidente: Paulo Santos

Paróquia[editar | editar código-fonte]

Pároco: Adriano Monteiro Cardoso - Pároco de Penude e Arcipreste de Lamego. Nascido a 2 de Janeiro de 1946 e ordenado a 8 de Dezembro de 1972.

Actividades económicas[editar | editar código-fonte]

Comércio; Agricultura destacando-se a batata e a castanha; Construção civil; Carpintaria; Padarias; Oficinas de automóveis; Transformação de granitos.

Festas e Romarias[editar | editar código-fonte]

Gastronomia[editar | editar código-fonte]

Borrego ou cabrito assado no forno (com batatas e arroz), fumeiro (presunto, salpicão, chouriço, moura) sarrabulhada, bolo podre, requeijas de Penude ("cornos" de Penude).

Receitas[editar | editar código-fonte]

Sopas[editar | editar código-fonte]

Ingredientes: água, castanhas picadas, sal.
Preparação: demolham-se as castanhas. No dia seguinte lavam-se e cozem-se em água temperada com sal. Deixam-se cozer devidamente.
Ingredientes: água, nabiças, farinha, azeite, alho e sal.
Preparação: cozem-se as nabiças em bastante água temperada com sal, juntando um nabo. Quando estiverem cozidas, adiciona-se-lhes a farinha, um fio de azeite e alho. Deixa-se ferver e serve-se.
Ingredientes: batatas, água, arroz, cebola, azeite e sal.
Preparação: cozem-se as batatas em água temperada com sal. Depois de cozidas esmagam-se, acrescentando um pouco de água e um fio de azeite. Quando ferver, junta-se a cebola cortada às rodelas finas e o arroz. Deixa-se ferver e serve-se.

Pratos de Carne[editar | editar código-fonte]

Ingredientes: fígado, carne de porco, banha e batatas.
Preparação: cortam-se as carnes aos bocados, assim como o sangue. Fritam-se em banha de porco e servem-se com batatas cozidas.
Nota: Este prato característico das matanças do porco.
Ingredientes: Carne de porco, vinho branco, vinagre, limão, batatas, sal e pimenta.
Preparação: corta-se a carne de porco em pedaços médios que se deitam num pote. Regam-se com vinho branco, vinagre e limão. Temperam-se com sal e pimenta. Deixam-se cozinhar.
Acompanham-se com batatas cozidas e salada de alface.
  • Milhos
Ingredientes: milho traçado, fumeiro caseiro, toucinho entremeado, costelas de porco, couve troncha, cebola, azeite e sal.
Preparação: faz-se um refogado com a cebola, o azeite e a carne partida aos bocados. Adiciona-se água suficiente e quando ferver, juntam-se os milhos. Quando estiverem quase cozidos, acrescenta-se a couve.

Pratos de Peixe[editar | editar código-fonte]

  • Batatas Esmagadas
Ingredientes: Batatas, água, 1 cebola, pão, 2 postas de bacalhau e sal.
Preparação: cozem-se as batatas em água temperada com sal. Depois de cozidas, escoa-se a água e esmagam-se. Acrescenta-se o pão partido aos bocados.
À parte, faz-se um refogado com a cebola, o bacalhau partido em bocados grandes e quando alourar a cebola, mistura-se tudo, deixando levantar fervura.
Nota: Este prato é característico das sementeiras.
Ingredientes: Trutas, fatias de presunto, óleo ou azeite, alho picado, salsa, louro, sal e vinagre.
Preparação: Lavam-se e amanham-se as trutas, deixando-se algum tempo em repouso, temperadas com sal. Fritam-se numa mistura de óleo e azeite à medida que vão ficando prontas, vão-se colocando às camadas numa travessa, separadas com fatias de presunto, alho picado, salsa e louro.
Ao molho que ficou na frigideira, adiciona-se o vinagre e com este molho regam-se as trutas.
  • Joaquinzinhos Fritos
Ingredientes: Carapauzinhos frescos, óleo, leite, farinha, limão, e sal.
Preparação: Depois de lavados e amanhados os peixes demolham-se em leite, retiram-se e escorrem-se passando-os por farinha.
Fritam-se até ficarem dourados e a crepitar. Escorrem-se do óleo e servem-se com rodelas de limão.

Bôlas[editar | editar código-fonte]

  • Bôla de Carne (com ovos e leite)
Ingredientes: 0,5 kg de farinha, 3 ovos, 50 g fermento de padeiro, 0, 5 dl de leite, azeite fervente - metade da quantidade de leite.
Preparação: Faz-se uma cova no meio da farinha onde se verte o azeite, mexendo-se com o garfo. Mistura-se o leite morno e os ovos e amassa-se bem, despegando-se a massa das bordas do alguidar, com farinha.
Deixa-se levedar durante 2 horas. Espalha-se metade da massa num tabuleiro untado com manteiga. Colocam-se pedaços de carne e tapa-se com a outra metade da massa, virando-se as dobras. Vai ao forno a cozer.
  • Bôla de Presunto
Ingredientes: 400 g de masssa de farinha de trigo, 100 g de banha de porco, 50 g de fermento, Sal adequado (a gosto).
Preparação: Misturar os ingredientes, atrás citados, juntar-lhes água, e amassar tudo. Estenda-se a massa de forma a constituir duas camadas distintas e separadas as quais levarão, no meio, o recheio do presunto.
A toda a volta da bôla, e com ajuda dos dedos, fazer uma dobra que funciona como fecho.
Nota: Antes da bôla entrar no forno, e com a ajuda de um garfo, deve picar-se a bôla, em vários sítios e pincelá-las com uma camada de banha de porco.
Ingredientes: 1 kg de massa de pão, 12 ovos, 2,5 dl de azeite, 12 sardinhas, 2 cebolas grandes, sal e farinha.
Preparação: Misturam-se os ovos, o sal e o azeite com a massa, ligando-se tudo muito bem de modo a formar uma mistura homogénea e fluída. De seguida, vai-se acrescentando farinha pouco a pouco, e amassa-se até a massa ficar enxuta. Divide-se a massa em duas partes, à mão, formando um rectângulo e unta-se o tabuleiro com azeite.
Numa frigideira com bastante azeite, loura-se a cebola cortada às rodelas; adicionam-se-lhes as sardinhas limpas e sem cabeças. Dispõem-se as sardinhas sobre a massa do tabuleiro; sobre elas espalham-se as rodelas de cebola e o azeite, tapam-se com a massa restante, dobrando-se sobre ela, as bordas da primeira camada de massa.Deixa-se repousar 2 horas e vai ao forno.

Sobremesas[editar | editar código-fonte]

Ingredientes: 125 g de aletria, 250 g de açúcar, 4 gemas de ovos, limão, canela em pau e em pó.
Preparação: Coze-se a aletria e escoa-se. Coloca-se o açúcar e um pouco de água ao lume com um pau de canela e casca de limão, até ficar em ponto de pérola. Adiciona-se aletria e deixa-se ferver. Depois de arrefecer, juntam-se-lhe as gemas batidas, levando-se de novo ao lume. Retira-se à primeira fervura, deita-se numa travessa e decora-se com canela em pó.
Ingredientes: 1 kg de farinha, 0,5 Lt de azeite, 6 ovos, 25 g de fermento de padeiro, uma pitada de sal.
Preparação: Deita-se a farinha num alguidar e faz-se uma cova no meio. Acrescenta-se o fermento com o sal e um pouco de água quente. Mexe-se até o fermento se desfazer e em seguida juntam-se os restantes ingredientes amassando-se com as mãos até fazer bolhas (durante 20 minutos). Povilha-se com farinha e deixa-se levedar durante 2 horas. Estendem-se os pães e levam-se ao forno.

Artesanato[editar | editar código-fonte]

Rendas e mantas de farrapo

Referências

  1. «Áreas das freguesias, municípios e distritos da CAOP2013». Separador Areas_Freguesias_CAOP2013. Direcção-Geral do Território. 2013. Consultado em 1 de Abril de 2014. Arquivado do original em 9 de dezembro de 2013 
  2. «População residente, segundo a dimensão dos lugares, população isolada, embarcada, corpo diplomático e sexo, por idade (ano a ano)». Informação no separador "Q601_Norte". Instituto Nacional de Estatística. Consultado em 1 de Abril de 2014. Cópia arquivada em 4 de dezembro de 2013 
  3. «Lei n.º 11-A/2013 de 28 de janeiro (Reorganização administrativa do território das freguesias)» (pdf). Diário da República eletrónico. Consultado em 1 de Abril de 2014. Cópia arquivada (PDF) em 6 de janeiro de 2014 
  4. a b «Paróquia de Penude». Arquivo Distrital de Viseu. Consultado em 19 de Abril de 2014 
  5. COSTA, M. Gonçalves da, "Paróquias Beiraltinas: Penude e Magueija", 1975, Gráfica Lamego, Lamego
  6. Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes
  7. «Cópia arquivada». Consultado em 21 de dezembro de 2013. Arquivado do original em 1 de junho de 2014 
  8. http://www.cm-lamego.pt

Ligações externas[editar | editar código-fonte]