Peugeot Quadrilette

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Peugeot Tipo 161)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou seção está a ser traduzido (desde maio de 2015). Ajude e colabore com a tradução.
Peugeot "Quadrilette"
Uma das primeiras Quadrilette a Tipo 161,
com assentos em tandem.
Visão Geral
Produção 1920 - 1924
Fabricante Société des Automobiles Peugeot
Modelo
Classe Supermini
Carroceria 2-portas sedan
2-portas Roadster
2-portas conversível
Ficha técnica
Motor 4 cilindros em linha,
667 e 720 cm3
Potência 6,2 e 9,5 hp
Transmissão 3 marchas (manual)
Layout Motor frontal
Tração traseira
Dimensões
Comprimento Tipo 161: 2 954 mm (116 in)
Tipo 172: 2 980 - 3 700 mm (146 - 117 in)
Entre-eixos Tipo 161: 2 270 - 2 304 mm (89,4 - 90,7 in)
Tipo 172: 2 268 mm (89,3 in)
Largura Tipo 161: 1.166-1.260 mm
Tipo 172: 1.195-1.260 mm
Peso Tipo 161: 300 kg (661 lb)
Tipo 172:
Velocidade Máx. 55 km/h (34,2 mph) a 60 km/h (37,3 mph)
Cronologia
Peugeot Bébé
Peugeot 5CV
Notas
Aproximadamente 12.305 unidades produzidas

Peugeot Quadrilette foi o nome popular atribuído a dois modelos de baixo custo da Peugeot: o Peugeot Tipo 161 e o Peugeot Tipo 172 (e sua variante Tipo 172 BS) produzidos entre 1920 e 1924.

Desde o fim da Primeira Guerra Mundial, a Peugeot buscava um veículo de baixo custo para colocar em produção e melhorar sua situação financeira. O projeto do Tipo 161, estava pronto no segundo semestre de 1919, mas a reorganização das instalações da fábrica de Beaulieu sur Doubs, atrasaram o início da produção.

O Tipo 161[editar | editar código-fonte]

Uma Quadrilette, Tipo 161.

A apresentação oficial do Tipo 161, ocorreu no Salão do Automóvel de Bruxelas, realizado em outubro de 1920. O apelido de Quadrilette de deveu ao fato de ser um veículo muito simples e estreito, parecendo uma motocicleta de quatro rodas.

O 161 estava disponível para venda a partir de 1921. Para colocá-lo na menor faixa de tributação (a dos ciclocarros), que era de 100 francos anuais, o motor de 4 cilindros, 4 ciclos refrigerado a água, com apenas 667 cc, produzia 9,5 hp. Para ter alguma vantagem com essa baixa potência, ele era um veículo muito leve, com menos de 350 kg. O veículo era tão estreito que os dois assentos foram dispostos em tandem, isto é, um atrás do outro. Mais adiante, no final de 1921, o Tipo 161E foi lançado com assentos lado a lado, mas mesmo nesse, o passageiro ficava acomodado um pouco atrás (15 cm) do motorista, para que esse pudesse operar os pedais. O carro era vendido por 9.900 francos com faróis de acetileno e um pneu estepe, ou 9.400 francos sem esses opcionais. A economia de combustível era de impressionantes 20 km/l. A velocidade máxima era de 60 km/h.

Por todas essas características, o Tipo 161 se popularizou como o primeiro carro entre os jovens, além de ter atraído a atenção de algumas personalidades da época. A produção do 161 continuou durante 1922, sendo que o último deles saiu da linha de montagem em 31 de dezembro.

O Tipo 172[editar | editar código-fonte]

Uma Quadrilette esportiva,
a Tipo 172 Grand Sport.

O Tipo 161, foi substituído pelo Tipo 172, sendo que as primeiras versões do novo modelo mantiveram o apelido de Quadrilette.

O projeto do 161 foi sofrendo modificações e o seu sucessor o 172 começou a ser produzido em 1923.[1] As estradas naquela época já começavam a ficar mais largas, e um modelo mais largo como o 172 com dois assentos lado a lado, aumentaria o conforto e o espaço dos ocupantes. Por outro lado, uma distância entre eixos menor, liberava mais espaço para o porta malas. O motor foi mantido e o peso total mantido baixo. Uma versão um pouco mais potente do 172, com motor de 720 cc e carroceria "roadster", chamada Tipo 172 BS também conhecida como Quadrilette Grand Sport, foi lançada em 1924, tendo 100 exemplares produzidos.[1]

O Tipo 172 foi comercializado a preços que variaram dependendo do grau de acabamento, variando de: de 7.700 para apenas um chassi até 11.300 francos para uma versão esportiva preparada para corridas.

Produção[editar | editar código-fonte]

A produção total da "família Quadrilette" foi de 12.305 unidades durante três anos, representando 31% da produção de veículos da Peugeot naquele período.[2] Estranhamente, as duas primeiras variantes do Tipo 172 foram associados à família "Quadrilette". As variantes que se sucederam do mesmo Tipo 172 se popularizaram com o nome de Peugeot 5CV. A partir de 1925, a denominação Quadrilette caiu em desuso.

Modelos e Produção
Modelo Ano Produção
Tipo 161 1920–1922 3.500
Tipo 172 1923–1924 8.705
Tipo 172 BS 1924 100

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b René Bellu (2005). «Automobilia». Paris: Histoire & collections. Toutes les voitures françaises 1925 (salon [Oct] 1924) (72). 75 páginas 
  2. Baron, Philippe. «Peugeot Quadrilette (1920-1924)». stubs-auto.fr. Consultado em 7 de maio de 2015. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

 
Search Wikimedia Commons
   Wikimedia Commons tem media  relacionada com a (categoria):
Ícone de esboço Este artigo sobre automóveis é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.