Porsche 919 Hybrid

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Porsche 919 Hybrid [1] [2]
Porsche 919 Hybrid em exposição no Salão de Genebra de 2014
Visão Geral
Produção 2014-2017
Fabricante Porsche
Modelo
Classe LMP1-H (LMP1 2015-2017)
Carroceria Fibra de carbono e alumínio
Ficha técnica
Motor Porsche V4 2,0L com injeção direta turboalimentado + dois motores elétricos
Potência 900 hp (motor a combustão + geração híbrida) versão 2014
Transmissão Porsche 7 marchas semiautomática
Dimensões
Comprimento 4650 mm
Largura 1900 mm
Altura 1050 mm
Peso 875 kg
Cronologia
Porsche RS Spyder


O Porsche 919 Hybrid foi um esporte-protótipo LMP1-H (posteriormente LMP1) construído pela montadora alemã Porsche para disputar inicialmente o campeonato FIA WEC de corridas de resistência e as 24 Horas de Le Mans na temporada de 2014 [3][4][5]. O carro foi apresentado ao publico pela primeira vez no Salão Internacional do Automóvel de Genebra, no dia 4 de março de 2014, na Suíça [6][7]. O 919 Hybrid marcou o retorno da montadora alemã a competição na categoria máxima das corridas de endurance, com uma equipe de fábrica, desde a sua participação com Porsche 911 GT1 e Porsche LMP1-98 em 1998. Foi também o primeiro envolvimento com protótipos de corridas desde o RS Spyder em 2005 [8].

A fabricante alemã investiu pela primeira vez em tecnologia híbrida com o 919 Hybrid contando com motor V4 produzindo 500 hp (370 kW). O sistema híbrido possui dois sistemas distintos de reaproveitamento de energia, o primeiro pelo calor dos gases do escapamento e o segundo pela energia cinética do carro obtendo até 250 hp adicionais de potência, com o veículo tendo tração nas quatro-rodas (AWD) [9][10][2].

Denominado 919 Hybrid, o nome faz referência a inserção da montadora alemã na era dos carros híbridos como também em menção a dois de seus carros: o Porsche 917, carro de corrida da década de 1970, e o superesportivo da Porsche, o 918 [11]. Utilizado durante quatro temporadas o 919 Hybrid obteve três títulos no campeonato FIA WEC [12][13][14] além de três vitórias nas 24 Horas de Le Mans em 2015, 2016 e 2017 [15][16][17]. O 919 Hybrid competiu durante quatro temporadas do mundial de corridas de resistência da FIA mas foi retirado de competição no início da temporada de 2018 com a fabricante alemã mostrando interesse em entrar na categoria de monopostos da Formula E [18][19]. Foram pilotos do 919 Hybrid nas competições: Romain Dumas, Earl Bamber, Nicky Tandy, Marc Lieb, Neel Jani e Timo Bernhard além dos pilotos de Fórmula 1 Mark Webber, Nico Hulkenberg, Andre Lotterer e Brendon Hartley.

Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

A Porsche demonstrava interesse em retornar a categoria máxima de esporte-protótipos desde seu ultimo envolvimento com projeto LMP2 do RS Spyder em parceria com a equipe Penske. Em 2011, Matthias Müller, CEO da Porsche AG, declarou que seria uma questão de tempo para a montadora retornar a competir por vitórias nas categorias principais e Hartmut Kristen, chefe da divisão de competição da Porsche, comentou que a divisão esportiva acompanhava o regulamento LMP1 em vistas ao ano de 2014 [20][21]. Em 2013, Timo Bernhard e Romain Dumas são os primeiros pilotos anunciados para o retorno da montadora na competição para categoria híbrida LMP1-H [22]. Os primeiros testes do 919 Hybrid aconteceram ao longo do ano de 2013 com Timo Bernhard fazendo o primeiro teste privado em 13 de junho de 2013 [23] e com último teste em dezembro de 2013 no circuito de Algarve em Portugal, com ex-piloto da Red Bull Racing, Mark Webber [24].

De 24 a 26 de março de 2014, a Porsche realizou seus primeiros testes no Circuito Paul Ricard e ajustou as configurações do 919 Hybrid com seus pilotos, cobrindo um total de 4.756 km (2.955 mi) com vários problemas técnicos, parando vários vezes durante a sessão de três dias [25]. A corrida de estreia ocorreu nas 6 Horas de Silverstone de 2014 [26].

Especificações Técnicas[editar | editar código-fonte]

A versão original do Porsche 919 Hybrid de 2014 introduziu o uso de uma configuração de motor não convencional aos carros de corrida, com motor V4 de 2.0L, movido a gasolina, com 500 cv de potência [9][27].Estava equipado também com controle de tração e uma caixa de câmbio sequencial de sete marchas acionada hidraulicamente com possibilidade de travamento do diferencial traseiro [3][4]. O 919 Hybrid possuía dois sistemas híbridos de recuperação de energia separados [28]. O sistema de escapamento traseiro conectava-se a um gerador elétrico de duas turbinas para recuperar a energia térmica dos gases de escapamento [9][29]. O sistema dianteiro por sua vez utilizava-se de um motor-gerador (MGU) de 185 kW (248 HP) sendo que durante a frenagem, a energia cinética seria convertida em energia elétrica e armazenada em baterias de íon-lítio [30] oferecendo aproveitamento de energia no eixo dianteiro e auxiliando na eliminação do fenômeno de lag no turbocompressor. Na aceleração, o eixo dianteiro das rodas operava com auxílio de um motor elétrico, via um diferencial, com motor a combustão ofertando a tração no eixo traseiro apenas [31].

O carro possuía temporariamente tração nas quatro rodas, já que o motor elétrico direcionava 400 hp (300 kW) extras para as rodas dianteiras, perfazendo 1.000 hp (750 kW) de potência ao todo.[29] O regulamento para os LMP1-H de 2014 homologava a inscrição do carro em vista as especificações da capacidade de trabalho da unidade MGU podendo ser de incrementos de 2 MJ (0,56 kWh) numa faixa permitida de 2 a 8 MJ (0,56 a 2,22 kWh). A Porsche escolheu a especificação de 6 MJ (1,7 kWh), permitindo que o 919 Hybrid usasse de combustível aproximadamente 4,78L por volta no circuito de Le Mans [32].

Porsche 919 Hybrid de 2015[editar | editar código-fonte]

Visando a vitória nas 24 Horas de Le Mans de 2015 e após um desempenho insatisfatório durante a temporada de 2014, a equipe da Porsche decidiu fazer mudanças no seu 919 Hybrid. A primeira delas foi a remodelação do nariz e da lateral do carro, começando com uma parte frontal completamente redesenhada, com uma larga entrada de ar abaixo do bico, que ficou mais afinado, enquanto que na lateral foram adicionadas mais saídas de ar para permitir uma melhor aerodinâmica no carro [33]. O motor permaneceu igual a sua versão de 2014 enquanto que o protótipo foi especificado para classe de 8 MJ (2,2 kWh) por causa de um sistema híbrido mais leve, refinado e aprimorado, aumentando sua potência máxima para 294 hp (219 kW). Melhorias no chassi tornaram o peso do carro até 30kg mais leve [34]. A versão 2015 foi evoluída aos longo dos anos para uso nas temporadas de 2016 e 2017 .[33]

Porsche 919 Hybrid de 2016[editar | editar código-fonte]

A estrutura do chassi em fibra de carbono do carro de 2015 foi mantida mas os demais componentes do 919 Hybrid passaram por uma extensa revisão na temporada de 2016. A especificação 919 Hybrid 2016 tinha três pacotes aerodinâmicos distintos. [33]

O novo regulamento permitia uma disponibilidade de combustível e energia por volta de até 8% menos [35] . O motor V4 foi redesenhado para ser mais leve e produzir entre 480 a 495 hp (358 a 369 kW) de potência, com melhoramentos no motor elétrico acoplado ao eixo dianteiro, a eletrônica de potência e as bateria sde íon-lítio na otimizados para produzir mais potência [33]. A potência fornecida pelo eixo dianteiro era de mais de 400 hp (300 kW) com o carro tendo potência totalizada estimada de 900 hp (670 kW) para ambos os eixos dianteiro e traseiro.[36]

Porsche 919 Hybrid de 2017[editar | editar código-fonte]

A versão de 2017 preservou o monocoque adotado desde 2015 mas introduziu de 60 a 70% de modificações na parte aerodinâmica [33]. As entradas de refrigeração para o radiador do carro foram redesenhadas para melhor refrigeração.[37] A equipe também passou a adotar apenas dois kits de aerodinâmica em vistas das limitações impostas pelo regulamento para corte de custos fonte, com um pacote para as 24 Horas de Le Mans de 2017 com baixo arrasto aerodinâmico e o outro para circuitos com demanda de downforce [38] A Porsche permaneceu na categoria 8 MJ (2,2 kWh) MGU para a temporada de 2017.[33] A configuração de força permaneceu inalterada sofrendo novas atualizações e melhorias. [39]

Porsche 919 Evo[editar | editar código-fonte]

Porsche 919 Evo


A versão apresentada no ano de 2018 se tornou uma versão comemorativa do projeto 919 Hybrid não tendo participado em nenhuma competição oficial e redesenhada sem as limitações impostas no regulamento da LMP1. O motor V4 foi mantido para a versão Evo do mesmo projeto do 919 Hybrid de 2017 sem restrições de fluxo de combustível .

Sistemas de resfriamento, limpa-vidros, faróis e outros dispositivos elétricos foram removidos diminuindo o peso do carro em 39 kg, comparado a versão de 2017 passando a pesar apenas 849 kg (1.872 lb) sem piloto. Extensas atualizações aerodinâmicas foram introduzidas aumentando o downforce em até 53% e a eficiência aerodinâmica em 66%, em comparação com as especificações do 919 Hybrid nas 6 horas de Spa-Francorchamps em 2017. Essas atualizações consistem na inclusão de um sistema de redução de arrasto ativo, uma asa traseira alargada e um difusor dianteiro mais largo.[40][41]

As especificações dessa nova versão o tornaram comparáveis em tempo de volta com os carros da temporada de 2017 da Fórmula 1 segundo a própria fabricante Porsche [42]. O recorde de volta oficial, na temporada de 2017 de Fórmula 1, marcada no circuito de Circuito de Spa-Francorchamps obtida por Lewis Hamilton com seu carro Mercedes-AMG F1 W08 EQ Power+ foi 0,783 segundos mais lento que o tempo de volta obtido pelo piloto Neel Jani de 1min:41s 77 em volta lançada no mesmo circuito em 2018 [42][43] . O recorde do 919 Evo foi superado oficialmente em tempo de volta apenas na temporada de Fórmula 1 de 2020 por Lewis Hamilton com tempo de volta cronometrado em 1min 41s 252, ou, 0,512s mais rápido [44].

Além disso, o piloto Timo Bernhard quebrou o recorde de volta estabelecido pelo alemão Stefan Bellof piloto da Porsche em 1983 com Porsche 956, obtendo o tempo de 5min19s546 [45] no circuito de Nurburgring na pista norte (Nordschleife) [46][47].

Porsche 919 Hybrid: Resultados no Campeonato Mundial de Endurance FIA WEC[editar | editar código-fonte]

Resultados em negrito indicam pole positivo e resultados em itálico indicam a volta mais rápida durante a corrida.

Ano Equipe Classe Pilotos Corridas Pontos Classificação

geral

1 2 3 4 5 6 7 8 9
2014 [48] Porsche Team LMP1-H Romain Dumas
Neel Jani
Marc Lieb
14 SIL
Ret
SPA
4
LMS
4
COA
4
FUJ
4
SHA
3
BHR
2
SÃO
1
193
Timo Bernhard
Brendon Hartley
Mark Webber
20 SIL
3
SPA
8
LMS
NC
COA
5
FUJ
3
SHA
6
BHR
3
SÃO
Ret
2015 [12] Porsche Team LMP1 Timo Bernhard
Brendon Hartley
Mark Webber
17 SIL
Ret
SPA
3
LMS
2
NÜR
1
COA
1
FUJ
1
SHA
1
BHR
5
344
Romain Dumas
Neel Jani
Marc Lieb
18 SIL
2
SPA
2
LMS
5
NÜR
2
COA
5
FUJ
2
SHA
2
BHR
1
Earl Bamber
Nico Hülkenberg
Nick Tandy
19 SPA
6
LMS
1
2016 [13] Porsche Team LMP1 Timo Bernhard
Brendon Hartley
Mark Webber
1 SIL
Ret
SPA
4
LMS
5
NÜR
1
MEX
1
COA
1
FUJ
3
SHA
1
BHR
3
324
Romain Dumas
Neel Jani
Marc Lieb
2 SIL
1
SPA
2
LMS
1
NÜR
4
MEX
4
COA
4
FUJ
5
SHA
4
BHR
6
2017 [14] Porsche LMP Team LMP1 Neel Jani
Nick Tandy
André Lotterer
1 SIL
3
SPA
4
LMS
Ret
NÜR
2
MEX
2
COA
2
FUJ
3
SHA
3
BHR
3
337
Timo Bernhard
Brendon Hartley
Earl Bamber
2 SIL
2
SPA
3
LMS
1
NÜR
1
MEX
1
COA
1
FUJ
4
SHA
2
BHR
2
Legenda
Abreviação Prova
SIL 6 Horas de Silverstone
SPA 6 Horas de Spa-Francorchamps
LMS 24 Horas de Le Mans
NÜR 6 Horas de Nürburgring
SÃO 6 Horas do São Paulo
COA 6 Horas do Circuito das Americas
FUJ 6 Horas de Fuji
SHA 6 Horas de Xangai
BHR 6 e 8 Horas do Bahrein
MEX 6 Horas do México

Galeria de fotos do Porsche 919 Hybrid[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «2014 Porsche 919 hybrid Specifications». Ultimatecarpage.com. Consultado em 30 de setembro de 2020 
  2. a b «Technical Specs - 919 Hybrid - Race cars - Dr. Ing. h.c. F. Porsche AG». web.archive.org. 15 de janeiro de 2015. Consultado em 30 de setembro de 2020 
  3. a b «New Porsche LMP1 named the 919 Hybrid». www.motorsport.com (em inglês). 15 de dezembro de 2013. Consultado em 30 de setembro de 2020 
  4. a b «Neuer Porsche LMP1-Sportprototyp absolviert erfolgreichen Rollout». web.archive.org. Porsche Motorsports. 3 de novembro de 2013. Consultado em 30 de setembro de 2020 
  5. «Porsche revela por completo 919 Hybrid para 24 Horas de Le Mans». revistaautoesporte.globo.com. 15 de março de 2014. Consultado em 30 de setembro de 2020 
  6. «Porsche 919 Hybrid and 911 RSR confirmed for Geneva arrival». Motor1.com (em inglês). 1 de março de 2014. Consultado em 30 de setembro de 2020 
  7. Barnett, John (28 de fevereiro de 2014). «Porsche to reveal 919 Hybrid LMP1 at Geneva». Total 911 (em inglês). Total 911-The Porsche Magazine. Consultado em 30 de setembro de 2020 
  8. Golden, Conner (27 de março de 2015). «Porsche Releases Powertrain Details for 2015 919 Hybrid Le Mans Prototype». Automobile Magazine. Consultado em 30 de setembro de 2020 
  9. a b c Weiner, Eric (3 de março de 2014). «Porsche 919 and 911 Racecars Shown at Geneva». Automobile Mag. Consultado em 30 de setembro de 2020 
  10. «Porsche 919 Hybrid revives Porsche's factory Le Mans efforts». Autoblog (em inglês). Consultado em 30 de setembro de 2020 
  11. Watkins, Gary. «Porsche recalls 917 legacy by naming new LMP1 racer the 919 hybrid». Autosport.com (em inglês). Consultado em 30 de setembro de 2020 
  12. a b «Season 2015 - FIA World Endurance Championship». www.fiawec.com. Consultado em 30 de setembro de 2020 
  13. a b «Season 2016 - FIA World Endurance Championship». www.fiawec.com. Consultado em 30 de setembro de 2020 
  14. a b «Season 2017 - FIA World Endurance Championship». www.fiawec.com. Consultado em 30 de setembro de 2020 
  15. «Porsche consegue 18ª vitória em Le Mans». revistaautoesporte.globo.com. Consultado em 30 de setembro de 2020 
  16. «Trio comandado por Nico Hulkenberg é campeão das 24 horas de Le Mans». globoesporte.com. Globo Esporte. 14 de junho de 2015. Consultado em 30 de setembro de 2020 
  17. «Porsche takes dramatic 24 Hours of Le Mans win». Autocar (em inglês). Consultado em 30 de setembro de 2020 
  18. «Porsche will abandon Le Mans and enter Formula E in 2019». evo (em inglês). Consultado em 30 de setembro de 2020 
  19. «Porsche anuncia desligamento do WEC para investir no campeonato da Fórmula E». ge. Consultado em 30 de setembro de 2020 
  20. «Porsche Returns to Le Mans with Sports Prototype LMP1 in 2014». Sports Car Digest - The Sports, Racing and Vintage Car Journal (em inglês). 30 de junho de 2011. Consultado em 30 de setembro de 2020 
  21. Strang, Simon (30 de junho de 2011). «Porsche to return to Le Mans 24 Hours with new LMP1 car in 2014». Autosport.com (em inglês). Consultado em 30 de setembro de 2020 
  22. Spurring, Quentin (17 de abril de 2013). «Porsche names Bernhard, Dumas as drivers of 2014 LMP1 car». Autoweek (em inglês). Consultado em 30 de setembro de 2020 
  23. «Porsche LMP1 prototype completes first test run». Autocar (em inglês). Consultado em 30 de setembro de 2020 
  24. «Porsche LM P1 test programme concludes for 2013. Debut for Mark Webber». 24h-lemans.com (em inglês). Consultado em 30 de setembro de 2020 
  25. «Porsche Complete Three Day Two Car LMP1 Test – dailysportscar.com». www.dailysportscar.com. Consultado em 30 de setembro de 2020 
  26. «Porsche Team News Release: Solid qualifying performance for the 919 Hybrid». www.fiawec.com (em inglês). Consultado em 30 de setembro de 2020 
  27. «Aiming for the Top With Porsche's 919 Hybrid». DrivingLine (em inglês). Consultado em 30 de setembro de 2020 
  28. «Porsche 919 Hybrid revives Porsche's factory Le Mans efforts». Autoblog (em inglês). Consultado em 30 de setembro de 2020 
  29. a b Sam. «Porsche 919 (9R9-2014)». Racecar Engineering (em inglês). Consultado em 30 de setembro de 2020 
  30. Alexander Stoklosa (4 de março de 2014). «Porsche 919 Hybrid Le Mans Prototype». Car and Driver (em inglês). Consultado em 30 de setembro de 2020 
  31. «It's here: the Porsche 919 Hybrid racer». Top Gear (em inglês). 4 de março de 2014. Consultado em 30 de setembro de 2020 
  32. «Endurance: 7 facts to know about the Porsche 919 Hybrid | Auto123.com». www.auto123.com. Consultado em 30 de setembro de 2020 
  33. a b c d e f Collims, Sam. «Porsche 919 (9R9 MY15-MY17)». Racecar Engineering (em inglês). Consultado em 30 de setembro de 2020 
  34. Dagys, John (26 de março de 2015). «Porsche Moves Up to 8 MJ Hybrid Subclass – Sportscar365». sportscar365.com (em inglês). Consultado em 30 de setembro de 2020 
  35. «2016 Porsche 919 Hybrid sharpens up to defend its titles». Autoblog (em inglês). Consultado em 30 de setembro de 2020 
  36. «2016 Porsche 919 Hybrid sharpens up to defend its titles». Autoblog (em inglês). Consultado em 30 de setembro de 2020 
  37. «Porsche's 2016 & 2017 919 Hybrids Compared – dailysportscar.com». www.dailysportscar.com. Consultado em 30 de setembro de 2020 
  38. «The new Porsche 919 Hybrid». archive.vn. 17 de janeiro de 2019. Consultado em 30 de setembro de 2020 
  39. Loewenberg, Gabriel. «Porsche Officially Unveil The 919 Hybrid For 2017». The Drive. Consultado em 30 de setembro de 2020 
  40. «Everything you need to know about the Porsche 919 Evo». www.goodwood.com. Consultado em 30 de setembro de 2020 
  41. Perkins, Chris (28 de agosto de 2018). «The Porsche 919 Evo's Lap Record at Spa Has Already Been Broken». Road & Track (em inglês). Consultado em 30 de setembro de 2020 
  42. a b «Porsche 919 Hybrid Evo takes track record at Spa-Francorchamps (BE): Porsche hybrid race car is faster than Formula One - Dr. Ing. h.c. F. Porsche AG Presse-Datenbank». Dr. Ing. h.c. F. Porsche AG. Consultado em 30 de setembro de 2020 
  43. Perkins, Chris (28 de agosto de 2018). «The Porsche 919 Evo's Lap Record at Spa Has Already Been Broken». Road & Track (em inglês). Consultado em 30 de setembro de 2020 
  44. «Formula 1 Rolex Belgian Grand Prix 2020 – Qualifying». Formula1.com (em inglês). Formula One Administration. 29 de agosto de 2020. Consultado em 1 de outubro de 2020 
  45. nuerburgring.de. «Record drives/ Lap times - Nürburgring». www.nuerburgring.de (em inglês). Consultado em 30 de setembro de 2020 
  46. «Porsche 919 Hybrid Evo sets an astonishing new Nurburgring lap record». Autoblog (em inglês). Consultado em 30 de setembro de 2020 
  47. «Porsche 919 bate recorde de 35 anos no circuito de Nürburgring». G1. Consultado em 30 de setembro de 2020 
  48. «Season 2014 - FIA World Endurance Championship». www.fiawec.com. Consultado em 30 de setembro de 2020