Xiaomi Redmi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Redmi)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Redmi 2
Redmi Note 3

Redmi é uma linha de smartphone fabricada pela Xiaomi, que foi anunciada primeiramente em julho de 2013.[1] Os celulares Redmi usam o sistema operacional Xiaomi MIUI, uma variante do Android.

2013[editar | editar código-fonte]

O lançamento do celular Redmi em 2013 foi anunciado originalmente no site da Xiaomi, com início das vendas ao público em 12 de julho do mesmo ano.

2014[editar | editar código-fonte]

Em 13 de março de 2014, os telefones Redmi foram divulgados para serem vendidos, somente em Cingapura, oito minutos depois de serem entregues aos consumidores no site da Xiaomi.[2] A crítica sobre o lançamento dos telefones Redmi incluiu a noção de que a empresa pode estar exagerando suas vendas, liberando-as em pequenos estoques, fazendo com que elas se esgotem rapidamente.[3]

Em 4 de agosto de 2014, o Wall Street Journal informou que no mercado de smartphones na China a Xiaomi ultrapassou a Samsung no segundo trimestre do ano fiscal de 2014 com uma quota de mercado de quatorze por cento, enquanto a Samsung registrou quota de mercado de doze por cento durante este período.[4] Além disso, a Yulong e a Lenovo tiveram quota de mercado de doze por cento nesta ocasião. Por outro lado, no primeiro trimestre de 2014, a Xiaomi detinha uma quota de mercado de 10,7%.[5]

2015[editar | editar código-fonte]

O Redmi Note 3 foi lançado em 24 de novembro de 2015, ao contrário do seu antecessor, não tem bateria removível nem slot para microSD. Ele é baseado no processador MediaTek Helio X10 com oito núcleos operando a 2 GHz, com o GPU PowerVR G6200. A versão Snapdragon do telefone, lançada no mesmo ano, assente no Snapdragon 650 e traz de volta o suporte microSD.

2016[editar | editar código-fonte]

Em julho de 2016, os artistas chineses - Liu Shishi, Wu Xiubo e Liu Haoran se tornaram os primeiros embaixadores da série Redmi da Xiaomi na China.[6] Redmi Pro apareceu como linha Pro na série Redmi.

Em 25 de agosto de 2016, a Xiaomi revelou o Redmi Note 4. O Redmi Note 4 é alimentado pelo processador deca-core Helio X20, da MediaTek, à 2,1 GHz. O dispositivo também tem 2 GB de memória RAM e oferece 16 GB de armazenamento interno. O Redmi Note 4 possui uma tela em alta definição máxima de 5,5 polegadas e possui uma câmera principal de 13 megapixels e uma câmera frontal de 5 megapixels. Ele roda o Android 5.1 Lollipop e conta com uma bateria de 4100 mAh.

Em novembro de 2016, a Xiaomi lança seu novo smartphone de baixo custo , o Redmi 4. Ele tem corpo de policarbonato, suporta dual-SIM e é executado no MIUI 8, interface visual da Xiaomi baseada no Android 6.0.1 Marshmallow. O Redmi 4 ostenta uma tela de 5 polegadas com uma resolução de 720x1280 pixels, alimentado por um processador quad-core de 1,4 GHz e 2 GB de memória RAM.

2017[editar | editar código-fonte]

Em janeiro de 2017, o Xiaomi Redmi 4x baseado no chipset Qualcomm Snapdragon 625 tornou-se o primeiro grande lançamento da companhia em 2017.[7] É uma versão atualizada do Redmi Note 4 lançado anteriormente, baseado no chipset Helio X20, MediaTek. O dispositivo também é conhecido como Redmi Note 4 em regiões onde o Redmi Note 4 original não foi lançado.

Em dezembro de 2017, a Xiaomi revela o Redmi 5 e o Redmi 5 Plus. Eles são os primeiros smartphones da série Redmi que usam uma proporção de tela de 18:9. O Redmi 5 começa a ser vendido com o preço a partir de 799 renminbis e a versão Plus a partir de 999 renminbis. O lançamento na União Europeia foi definido para janeiro de 2018, pelos preços de 170 euros e 215 euros para Redmi 5 e para Redmi 5 Plus, respectivamente.

Referências

  1. Hong, Kaylene (31 de julho de 2013). «Xiaomi Launches Red Rice Phone». The Next Web (em inglês). Consultado em 17 de junho de 2017 
  2. «Xiaomi Singapore Sold 5,000 Redmi Phones in 8 Minutes and 4 Seconds» (em inglês). Consultado em 17 de junho de 2017 
  3. «5,000 Redmi sold out in 8 minutes». The Straits Times. 14 de março de 2014. Consultado em 12 de agosto de 2014 
  4. Xiaomi Overtakes Samsung in China Smartphone Market. 4 de agosto de 2014. The Wall Street Journal.
  5. [https://blogs.wsj.com/digits/2014/08/04/xiaomi-overtakes-samsung-in-china-smartphone-market/ Xiaomi Overtakes Samsung in China Smartphone Market - Digits. 4 de agosto de 2014. The Wall Street Journal.
  6. «Xiaomi unveils three ambassadors of Redmi series in China ,now A days Redmi note 3 is going much popular in India almost half of the India is knowing about mi note 3». GSM INSIDER. Consultado em 12 de julho de 2016 
  7. «Xiaomi Launches the Redmi Note 4 Snapdragon 625 Variant in India». xda-developers (em inglês). 19 de janeiro de 2017. Consultado em 17 de junho de 2017