Saná

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Sana)
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Sana redireciona para este artigo. Para outros significados, veja Sana (desambiguação).
Saná
صنعاء Ṣan'ā'
Sana'a
Sana'a
Localização de Sana no Iémen
Localização de Sana no Iémen
País Iémen
Iêmen
Cidade 1167
Governador Ahmed Al-Douaid
Altitude 2 200 m m
População  
  Cidade (2012) 1 937 451
  Metro 2 167 961
Fuso horário +3 (UTC)

Saná[1] [2] [3] , Sanaa [4] [5] [6] ou Sanaá [7] (em árabe: صنعاء‎, translit. Ṣanʿāʾ; pronunciado: [sˤɑnʕaːʔ], pronunciado em árabe iemenita[ˈsˤɑnʕɑ]) é, desde 1990, a capital e a maior cidade do Iémen. Localiza-se a cerca de 2 210 metros de altitude, no interior do país, no centro de um vasto altiplano. A parte antiga da cidade é circundada por muros e dividida por muros internos em três bairros (árabe, turco e judeu). Os típicos palácios iemenitas têm vários andares.

Em 2012 possuía 1 937 451 habitantes. Saná é um centro importante desde o século IV e atualmente é também o centro comercial, cultural e econômico do país.

Durante o período de existência da República Árabe do Iémen (ou Iémen do Norte), a cidade foi sua capital e principal cidade. A partir de 1990, tornou-se a capital do Iêmen reunificado.

Patrimônio Mundial[editar | editar código-fonte]

Em 1970 Pier Paolo Pasolini filmou, em Saná, algumas cenas do filme Decameron. Um dia após o término das filmagens, em 18 de outubro de 1970, impressionado com a beleza da cidade, decidiu filmá-la. Dessas imagens nasceu Le mura di Sana'a ("Os muros de Sana'a"). Pasolini ainda retornaria a Saná em 1973, para filmar várias sequências de Il Fiore delle Mille e una notte (no Brasil As mil e uma noites. Le mura di Sana'a é um breve documentário em forma de apelo à UNESCO para que protegesse e preservasse a cidade como patrimônio histórico-cultural da Humanidade. O filme foi lançado em 1974.[8] . Em 1986, o apelo do cineasta foi finalmente acolhido.[9] [10] A Cidade Antiga de Saná, ou seja, a parte murada da capital iemenita, com seus altos edifícios de adobe com ornamentos brancos, foi colocada pela UNESCO, em 1986 na Lista do Património Mundial.[11]

História[editar | editar código-fonte]

Segundo a tradição, a fundação da cidade remonta aos tempos bíblicos, tendo sido fundada por Sem, filho mais velho de Noé e patriarca das populações semitas, o qual, depois de ter deixado sua terra de origem encontrou inicialmente o Rubʿ al-Khālī, o "Quarto Vazio" - terrível deserto de areia - e, sucessivamente, uma terra de altas montanhas e vales férteis onde decidiu fundar uma cidade: San'a.

Economia[editar | editar código-fonte]

Historicamente a cidade possui uma indústria de mineração. As colinas ao redor de Sana possuem ônix , calcedônia e cornalina . A cidade também era conhecida por sua metalurgia no inicio do século XX. Atualmente boa parte dos empregos concentra-se no setor público e na economia informal, tendo cidade uma alta taxa de desemprego.

Galeria fotográfica[editar | editar código-fonte]

Pix.gif Cidade Antiga de Sana'a *
Welterbe.svg
Património Mundial da UNESCO

Sana'a.jpg
Edifícios (Centro Histórico)
País Iémen
Critérios IV, V, VI
Referência 385
Coordenadas Iêmen
Histórico de inscrição
Inscrição 1986  (10ª sessão)
* Nome como inscrito na lista do Património Mundial.

Referências

  1. Rocha, Carlos (14 de julho de 2010). «A grafia de algumas cidades asiáticas.». Ciberdúvidas da Língua Portuguesa. . Saná (forma atestada por Malaca Casteleiro, Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa, da Porto Editora, e pelo Código de Redacção Interinstitucional da União Europeia).
  2. Porto Editora. «Saná». Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa da Infopédia – Enciclopédia e Dicionários Porto Editora. Consultado em 19 de janeiro de 2012. 
  3. Serviço das Publicações da União Europeia. «Anexo A5: Lista dos Estados, territórios e moedas». Código de Redacção Interinstitucional. Consultado em 1 de maio de 2012. 
  4. «"Manual de redação e estilo" de O Estado de S. Paulo». 
  5. Público. Livro de estilo. Topónimos por continentes e países. Ásia. Iémen. Sanaa
  6. Manifestantes iemenitas irrompem pela embaixada americana em Sanaa. Euronews, 13 de setembro de 2012.
  7. Prontuário sonoro da RTP. Países do mundo e respectivas capitais. Iémene. Sanaá.
  8. [http://www.cinedie.com/1001noites.htm As Mil e Uma Noites/Il Fiore Delle Mille e Una Notte. Realizado por Pier Paolo Pasolini.
  9. Presentato ieri a Bologna un episodio del film mai visto. E' tratto dalla decima novella dell'opera di Boccaccio Il Decameron ritrovato scoperto inedito di Pasolini, di Mario Sesti. La Repubblica, 4 luglio 2005
  10. Centro Studi - Archivio Pier Paolo Pasolini di Bologna. Il corpo perduto di Alibech
  11. UNESCO World Heritage List - Old City of Sana'a
Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia do Iémen é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Saná