Twitch Plays Pokémon

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou seção está a ser traduzido de «Twitch Plays Pokémon» na Wikipédia em inglês. Ajude e colabore com a tradução.

Twitch Plays Pokémon (TPP) é um canal de streaming de vídeo na plataforma Twitch.tv, que consiste na colaboração coletiva de jogadores em uma tentativa de jogar jogos da série Pokémon a partir de comandos enviados por usuários na sala de chat. O canal recebeu o prêmio da Guinness World Records pela maior quantidade de jogadores simultâneos em um jogo de um jogador, tendo contabilizado mais de 55 milhões de visualizações,[1] além de pelo menos 1 milhão de jogadores jogando Pokémon Red.[2]

O canal, criado em 12 de Fevereiro de 2014 por um australiano anônimo,[3] recebeu atenção da mídia, além dos empregados da Twitch.tv,[1] por sua interatividade, sua natureza errática e caótica, e os desafios que os jogadores tiveram que enfrentar. A comunidade se organizou em fóruns como o Reddit,[4] e várias imagens e memes[5] foram criados em reação aos acontecimentos do jogo.[6]

Premissa[editar | editar código-fonte]

Descrito como um "experimento social", o canal transmite o emulador de Game Boy VisualBoyAdvance, que utiliza uma ROM modificada de Pokémon Red. O emulador recebe comandos específicos digitados na sala de chat, e um robô de IRC, programado em Python é responsável por analisar os comandos válidos como entrada.[7][8]

A natureza errática do controle do personagem (Red) tornou o jogo mais lento e mais difícil do que uma jogatina normal; um escritor do Ars Technica comenta que, "ele bate nas paredes. Ele anda em círculos, compulsivamente checando sua Pokedéx e salvando o jogo".[7]

Progressão[editar | editar código-fonte]

No dia 18 de Fevereiro de 2014, após dificuldades em uma seção do jogo, uma nova mecânica foi introduzida ao canal, onde todos os comandos válidos seriam contados, e apenas o comando mais digitado em 30 segundos seria executado. Esse novo modo de entrar comandos no emulador não foi bem recebido, e um novo sistema foi criado, com dois modos: O modo "Anarquia" e o modo "Democracia".[9][7] Mas, enquanto que o modo "Democracia" exigia uma maioria qualificada para ser ativado, o modo "Anarquia" exigia apenas uma maioria dos votos.

Após vencer o primeiro jogo da franquia, um novo jogo começou em 2 de Março de 2014, com o jogo Pokémon Crystal, a segunda geração da franquia Pokémon.[10]

Recepção[editar | editar código-fonte]

Alguns canais de comunicação compararam o canal e seu experimento ao teorema do macaco infinito, onde uma quantidade infinita de comandos aleatórios ainda conseguiu ultimamente vencer o jogo.[8]

Referências

  1. a b «TPP Victory! The Thundershock Heard Around the World» (em inglês). Twitch.tv blog. 1 de Março de 2014. Consultado em 6 de agosto de 2017 
  2. «Most participants on a single-player online videogame». Guinness World Records (em inglês). Consultado em 6 de agosto de 2017 
  3. Tim Stevens (12 de Março de 2014). «Twitch Plays Pokemon: In conversation with the phenomenon's creator (Q&A)» (em inglês). CNET. Consultado em 6 de agosto de 2017 
  4. «Twitch Plays Pokemon subreddit» (em inglês). Consultado em 6 de agosto de 2017 
  5. «Twitch Plays Pokémon» (em inglês). KnowYourMeme. Consultado em 6 de agosto de 2017 
  6. Giovana Penatti (28 de Fevereiro de 2014). «Twitch Plays Pokémon está quase no fim: veja um resumo da saga de Red». Tecnoblog.net. Consultado em 6 de agosto de 2017 
  7. a b c Andrew Cunningham (18 de Fevereiro de 2014). «The bizarre, mind-numbing, mesmerizing beauty of "Twitch Plays Pokémon"» (em inglês). Ars Technica. Consultado em 6 de agosto de 2017 
  8. a b Matthew O'Mara (19 de Fevereiro de 2014). «Twitch Plays Pokémon a wild experiment in crowd sourced gameplay» (em inglês). Financial Post. Consultado em 6 de agosto de 2017 
  9. Nick Statt (19 de Fevereiro de 2014). «'Twitch Plays Pokemon' is now a fight for the soul of the Internet» (em inglês). Consultado em 6 de agosto de 2017 
  10. Emanuel Maiberg (2 de Março de 2014). «Twitch Plays Pokemon Crystal after beating Pokemon Red» (em inglês). GameSpot. Consultado em 6 de agosto de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Canal do TwitchPlaysPokémon na Twitch

Ícone de esboço Este artigo sobre Pokémon é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.