Espaço Itaú de Cinema

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Unibanco Arteplex)
Ir para: navegação, pesquisa
Espaço Itaú de Cinema
Razão social Cinema Arteplex Ltda.
Tipo Sociedade Limitada
Indústria Cinematográfica
Fundação 01 de outubro de 1993 (24 anos)
Sede Rua Antonio Carlos, 288, Consolação, São Paulo,  São Paulo,  Brasil
Área(s) servida(s) Bahia, Distrito Federal, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e São Paulo
Proprietário(s) Itaú Unibanco
Cinespaço
Presidente Adhemar Oliveira
Pessoas-chave Elaine Mendonça de Barros (Diretora de Marketing)
Produtos Exibição de produções cinematográficas
Subsidiárias Oito complexos de cinemas, perfazendo 57 salas
Website oficial www.itaucinemas.com.br

Espaço Itaú de Cinema é uma rede brasileira de cinemas formada através da parceira entre o banco Itaú Unibanco e a empresa Espaço de Cinema/Cinearte. Está presente em seis cidades de seis unidades da federação localizadas em quase todas as regiões do país, à exceção da Região Norte. Seu parque exibidor é formado por oito complexos, perfazendo 57 salas[1], média de 7 salas por cinema. Suas 9 357 poltronas perfazem uma média de 164,15 assentos por sala.[2]

Tem a tradição de manter num mesmo complexo uma programação eclética, mesclando filmes do circuito tradicional e alternativo, especialmente nos cinemas conhecidos como Arteplex.

História[editar | editar código-fonte]

A história da rede Itaú de Cinemas começou em 1989, quando o então cineclubista Adhemar Oliveira, futuro proprietário da rede Cinespaço, participou da criação da Mostra Banco Nacional de Cinema[3], que se tornou um dos eventos cinematográficos mais importantes do calendário carioca, contando com patrocínio da instituição financeira da família Magalhães Pinto e mais tarde se tornaria no Festival do Rio, ao se fundir com o Rio Cine Festival.

Vista da fachada do Espaço Itaú Augusta de São Paulo, SP

A proximidade com este estabelecimento bancário facilitou a criação do Espaço Banco Nacional de Cinema da Rua Augusta, em setembro de 1993[4], o primeiro da rede, que transformou o antigo Cine Majestic da Rua Augusta, fundado pela família Moussali em 1947 e em estado de decadência, em um moderno cinema de três salas, com livraria e café.[5] Nesta empreitada, teve o apoio da educadora e musicista Patrícia Durães, que além de sócia do empreendimento, implementou o  Cineclube Escola no Cinema, projeto de formação de público que atende escolas públicas e particulares, no Rio de Janeiro, e o Clube do Professor, que promove semanalmente uma sessão gratuita de cinema para os professores nos cinemas da Cinespaço e do Espaço Itaú[6].

Espaço Unibanco[editar | editar código-fonte]

Frente do Espaço Itaú Glauber Rocha da cidade de Salvador, BA

Com a ruidosa falência do Banco Nacional em 1995 e sua absorção pelo Unibanco, o Instituto Moreira Sales, fundação cultural vinculada ao banco mineiro, incorporou a rede de cinemas em dezembro daquele ano[7], que passara a utilizar a marca Unibanco Cinemas e dois anos a abertura do primeiro cinema após já contava com complexos abertos em diversas cidades, como Belo Horizonte, que abrigou o Cine Imaginário Banco Nacional (aberto em junho de 1995)[8] e o Cineclube Banco Nacional Savassi, que foi aberto em 1988 e integrou a rede a partir de 1993[9]; em São Paulo, o complexo que existia já perfazia cinco salas, com a abertura das salas 3 e 4 em imóvel defronte, do outro lado da Rua Augusta; Porto Alegre e Rio de Janeiro também já contava com seus espaços.

Detalhe da decoração do teto do Espaço Itaú Bourbon Pompéia de São Paulo, SP

Até o Unibanco ser incorporado pelo Banco Itaú foram abertas ou inaugurados diversos complexos em várias cidades: em novembro de 2004 Curitiba recebeu o Espaço Unibanco no Shopping Crystal Plaza, que anteriormente fora explorado pelo Grupo Severiano Ribeiro[10]; Fortaleza ganhou em janeiro de 1999 duas salas no Centro Cultural Dragão do Mar[11]; Em Salvador o antigo Cine Glauber Rocha, que estava fechado desde 1999, foi reformado e reabriu com quatro salas em dezembro de 2008[12]; Juiz de Fora foi contemplada com o Espaço Unibanco Palace[13], um antigo cinema de rua que se transformou em complexo de duas salas; Santos recebeu o Espaço Unibanco Miramar, de três salas, instalado no Shopping Miramar em dezembro de 2006; São Paulo recebeu em agosto de 2001 o Espaço Unibanco Frei Caneca[14], que inaugurou o conceito Arteplex (combinando filmes de arte e alternativos com o cinema comercial)[15], e por fim o Espaço Unibanco Pompéia, instalado no Shopping Bourbon Pompéia e inaugurado em maio de 2008[16], com a primeira sala IMAX da rede.

Nova mudança da marca[editar | editar código-fonte]

A partir de 2010 a antiga marca Unibanco Cinemas foi sendo progressivamente extinta[17], dando lugar ao Espaço Itaú de Cinemas, sendo que os complexos passaram por reformas para abrigar a nova identidade visual, como a que sofreu o Espaço Itaú de Cinema localizado na Praia de Botafogo, no Rio de Janeiro, reaberto em dezembro de 2013[18]. O primeiro complexo a ser aberto diretamente sob a nova marca foi o Espaço Itaú de Brasília, instalado em novembro de 2011 no Shopping Casa Park[19], que fora administrado anteriormente pela extinta rede Embracine.

Público[editar | editar código-fonte]

Abaixo a tabela de público e sua evolução de 2008 a 2015, considerando o somatório de todas as suas salas a cada ano e incluem também os números da rede Cinespaço, uma vez que os dados não foram segregados. A variação mencionada se refere à comparação com os números do ano imediatamente anterior.

Os dados foram extraídos do banco de dados Box Office do portal de cinema Filme B,[20][21] sendo que os números de 2014 e [[2015 no cinema]|2015] tem como origem o Database Brasil.[22]

Entrada da Sala IMAX do Espaço Itaú Bourbon Pompéia de São Paulo, SP
Ano Público

total

Ranking

no país

Market

Share

Variação
2008 3 114 940 3,64% ano-base
2009 4 324 662 3,83% Aumento38,84%
2010 4 928 223 3,65% Aumento13,96%
2011 5 931 298 4,18% Aumento20,35%
2012 6 591 054 4,43% Aumento11,12%
2013 6 555 222 4,34% Baixa-0,54%
2014 6 184 638 3,90% Baixa-5,65%
2015 6 177 241 3,62% Baixa-0,12%

Complexos[editar | editar código-fonte]

Bahia Bahia[editar | editar código-fonte]

Salvador

Espaço Itaú de Cinema Glauber Rocha

Bilheteria do Espaço Itaú Glauber Rocha de Salvador, BA
  • Inaugurado em 24 de dezembro de 1919 na Praça Castro Alves, com o nome de Kursaal Baiano
  • Renomeado para Cine Guarani e posteriormente para Cine Glauber Rocha em 1981, encerrando atividades em 1998, quando era administrado pela Art Films;
  • Reaberto após reforma com patrocínio do Unibanco, em 16 de dezembro de 2008[23]
  • capacidade: quatro salas totalizando 641 lugares, todas elas convencionais, com a seguinte lotação:
Sala 1: 203 Sala 2: 178 Sala 3: 111 Sala 4: 149


Distrito Federal (Brasil) Distrito Federal[editar | editar código-fonte]

Brasília

Espaço Itaú de Cinema Brasília

  • Inauguração: 29 de novembro de 2011 no Shopping CasaPark em com oito salas, em complexo da antiga Embracine[24]
  • Ampliação para mais uma sala (VIP) em 24 de março de 2016[25]
  • Capacidade: nove salas totalizando 1 210 lugares, sendo uma delas VIP (Sala 9) e as demais convencionais, com a seguinte lotação:
Sala 1: 192 Sala 2: 205 Sala 3: 130 Sala 4: 143
Sala 5: 131 Sala 6: 143 Sala 7: 100 Sala 8: 119
Sala 9: 147

Paraná Paraná[editar | editar código-fonte]

Espaço Itaú de Cinema Curitiba

  • Inauguração: 10 de novembro de 2004 no Shopping Crystal Plaza[26]
  • Reaberto após ampla reforma em 29 de março de 2012, com duas salas convertida para VIPs[27][28][29]
  • Capacidade: cinco salas totalizando 501 lugares, sendo duas delas VIPs (Salas 4 e 5) e as demais convencionais, com a seguinte lotação:
Sala 1: 97 Sala 2: 97 Sala 3: 210 Sala 4: 56
Sala 5: 41

Rio de Janeiro Rio de Janeiro[editar | editar código-fonte]

Rio de Janeiro

Espaço Itaú de Cinema Rio

  • Inauguração: 20 de maio de 2005, na Praia de Botafogo [30]
  • Reabertira após reforma em 26 de março de 2013[31][32]
  • Capacidade: seis salas totalizando 947 lugares, toda elas demais convencionais, com a seguinte lotação:
Sala 1: 192 Sala 2: 205 Sala 3: 130 Sala 4: 143
Sala 5: 131 Sala 6: 143

Rio Grande do Sul Rio Grande do Sul[editar | editar código-fonte]

Porto Alegre

Espaço Itaú de Cinema Porto Alegre

Complexo de Porto Alegre, ainda sob a marca Unibanco
  • Instalado no Bourbon Shopping Country em 20 de novembro de 2002
  • Reaberto após ampla reforma em 1º de setembro de 2012[33]
  • Capacidade: oito salas totalizando 1 834 lugares, todas elas demais convencionais, com a seguinte lotação:
Sala 1: 192 Sala 2: 205 Sala 3: 130 Sala 4: 143
Sala 5: 131 Sala 6: 143 Sala 7: 100 Sala 8: 119

São Paulo São Paulo[editar | editar código-fonte]

São Paulo

Espaço Itaú de Cinema Augusta

Espaço Itaú Augusta - Decoração do teto
  • Instalado na Rua Augusta em setembro de 1993
  • Complexo dividido em duas diferentes alas, uma defronte para a outra
  • Sofre ampla reforma na Ala 1 (Salas 1 a 3) e reabre em 17 de setembro de 2012[34][35]
  • Ala 2 (Salas 4 e 5) reaberta após reforma em 27 de setembro de 2013[36]
  • Café Fellin eleito melhor bonbonière de cinema da capital paulista em 2017 pelo Guia da Folha de S.Paulo[37]
  • capacidade: cinco salas totalizando 755 lugares, todas elas demais convencionais, com a seguinte lotação:
Sala 1: 245 Sala 2: 211 Sala 3: 176 Sala 4: 89
Sala 5: 34

Espaço Itaú de Cinema Frei Caneca

Sala 1: 254 Sala 2: 218 Sala 3: 168 Sala 4: 102
Sala 5: 102 Sala 6: 123 Sala 7: 102 Sala 8: 101
Sala 9: 124

Espaço Itaú de Cinema Pompeia

Vista da entrada do Espaço Itaú Bourbon Pompéia de São Paulo, SP
  • Inauguração: 30 de maio de 2008 no Bourbon Shopping[41]
  • Maior complexo da rede por número de salas e de assentos
  • Sala 11 no format IMAX, com bilheteria independente
  • Sala IMAX nomeada melhor projeção capital paulista nos anos de 2009, 2010, 2011, 2012 e 2017 pelo Guia da Folha de S.Paulo[42], sendo que no último ano dividiu o prêmio com outros dois complexos
  • Capacidade: onze salas totalizando 1 955 lugares, sendo uma delas IMAX (Sala 11) e as demais convencionais, com a seguinte lotação:
Sala 1: 214 Sala 2: 203 Sala 3: 213 Sala 4: 203
Sala 5: 203 Sala 6: 122 Sala 7: 121 Sala 8:
Sala 9: 122 Sala 10: 62 Sala 11: 289

Antigos complexos[editar | editar código-fonte]

Ceará Ceará[editar | editar código-fonte]

Fortaleza

Espaço Unibanco Dragão do Mar

  • Instalado no Centro Cultural Dragão da cidade de Fortaleza em janeiro de 1999 com patrocínio do Unibanco
  • Funcionando de forma independente como Cine Dragão do Mar em maio de 2012[43]
  • Atuando como Novo Cine Dragão, sob gestão da Fundação Joaquim Nabuco, em setembro de 2013[44]
  • Capacidade: duas salas totalizando 286 lugares, todas elas convencionais, com a seguinte lotação:
Sala 1: 113 Sala 2: 173

Minas Gerais Minas Gerais[editar | editar código-fonte]

Belo Horizonte

Cine Imaginário Banco Nacional

  • Inauguração: janeiro de 1995
  • Encerramento de atividades em data ignorada
  • Capacidade: sala única de lotação desconhecida

Cineclube Unibanco Savassi

  • Inauguração: ano de 1988
  • Integrou a rede à partir de 1993
  • Atividades encerradas em 6 de janeiro de 2012[45][46]
  • Capacidade: sala única de 108 lugares

Espaço Unibanco Ponteio

  • Inauguração em data não disponível, tendo patrocínio do antigo Espaço Unibanco de Cinema
  • Foi administrado pela rede Liberdade Produções antes de se associar ao Circuito Cinearte em novembro de 2001
  • Atividades encerradas em 30 de abril de 2010[47];
  • Espaço reaproveitado pelo Cineart Multiplex em 16 de dezembro de 2012 com sala VIP[48]
  • Capacidade: duas salas totalizando 443 lugares, todas elas convencionais, com a seguinte lotação:
Sala 1: 239 Sala 2: 204

Usina Unibanco de Cinema

  • Inauguração: 1º de junho de 1992 sob patrocínio do extinto Banco Nacional;
  • Encerramento de atividades: 23 de dezembro de 2009[49].
  • Capacidade: quatro salas totalizando 386 lugares, todas elas convencionais, com a seguinte lotação:
Sala 1: 165 Sala 2: 92 Sala 3: 59 Sala 4: 70
Juiz de Fora

Espaço Unibanco Palace

  • Inauguração: 19 de novembro de 1948, com capacidade de 1 005 lugares[50]
  • Encerramento: 18 de novembro de 1984, ao ser adquirido pelo Banco do Estado do Rio de Janeiro (BANERJ)
  • Reabertura: 1º de setembro de 1999 pelo antigo Espaço Unibanco de Cinema, ampliado para duas salas[51]
  • Deixa o patrocínio do Unibanco e passa a se chamar Cinearte Palace em 2002
  • Encerramento: 14 de junho de 2017, por solicitação do proprietário do imóvel[52] [53]
  • Capacidade: duas salas totalizando 405 lugares, todas elas convencionais, com a seguinte lotação:
Sala 1: 228 Sala 2: 180

São Paulo São Paulo[editar | editar código-fonte]

Santos

Espaço Unibanco Miramar

  • Inauguração: em 12 de dezembro de 2006 sob gestão e patrocínio do Espaço Itaú de Cinemas
  • Gerenciado pelo Cinespaço em janeiro de 2012[54].
  • Capacidade: três salas totalizando 439 lugares, todas elas convencionais, com a seguinte lotação:
Sala 1: 132 Sala 2: 212 Sala 3: 95

Referências

  1. «Itaú Cinemas - Espaço Itaú - todas as unidades». www.itaucinemas.com.br. Consultado em 1 de novembro de 2015 
  2. «Consulta - Salas de Exibição Cadastradas (para uso no Sadis Detalhado)». ANCINE - Agência Nacional do Cinema. 11 de abril de 2017. Consultado em 12 de abril de 2017 
  3. «Adhemar Oliveira | Filme B - o maior portal sobre o mercado de cinema no Brasil». www.filmeb.com.br. Consultado em 1 de novembro de 2015 
  4. «Exemplo de sucesso entre cinemas de rua, Espaço Augusta completa 20 anos - 28/09/2013 - Ilustrada - Folha de S.Paulo». www1.folha.uol.com.br. Consultado em 1 de novembro de 2015 
  5. «Augusta 20 Anos». itaucinemas.com.br. Consultado em 1 de novembro de 2015 
  6. «Patrícia Durães | Filme B - o maior portal sobre o mercado de cinema no Brasil». www.filmeb.com.br. Consultado em 1 de novembro de 2015 
  7. «Folha de S.Paulo - Banco Nacional de Cinema vira Espaço Unibanco - 28/12/1995». www1.folha.uol.com.br. Consultado em 1 de novembro de 2015 
  8. «Folha de S.Paulo - Belo Horizonte ganha primeira sala multimídia - 24/6/1995». www1.folha.uol.com.br. Consultado em 1 de novembro de 2015 
  9. Silva, Maria do Carmo Costa (1995). O fim das coisas. as salas de cinema de Belo Horizonte. Belo Horizonte, MG: Prefeitura Municipal de Belo Horizonte - Secretaria Municipal de Cultura. p. 97 
  10. «F & M ProCultura | Espaço Itaú de Cinema reabre complexo no Shopping Crystal». fmprocultura.com.br. Consultado em 1 de novembro de 2015 
  11. «Centro Dragão do Mar: fim do Espaço Unibanco de Cinema». Diálogos Políticos. Consultado em 1 de novembro de 2015 
  12. «O antigo cinema Glauber Rocha será reaberto com 800 lugares». www.correio24horas.com.br. Consultado em 1 de novembro de 2015 
  13. «Cine Palace – Juiz de Fora – MG». História do Cinema Brasileiro. Consultado em 1 de novembro de 2015 
  14. «ESPAÇO UNIBANCO FREI CANECA MUDA DE NOME E REABRE REFORMADO.». Planeta Tela. Consultado em 1 de novembro de 2015 
  15. Filme B (16 de julho de 2001). «São Paulo ganha primeiro arteplex». Informe Filme B - Ano 4 - No. 192, de 16/7/2001. Consultado em 1 de novembro de 2015 
  16. «Bourbon Shopping: Um gigante na Pompéia | VEJA São Paulo». VEJA São Paulo. Consultado em 1 de novembro de 2015 
  17. «Cinema: Espaço Unibanco vai virar Itaú - São Paulo - Estadão». Estadão. Consultado em 1 de novembro de 2015 
  18. «Inauguração Espaço Itaú de Cinema / Rio de Janeiro». ArchDaily Brasil. Consultado em 1 de novembro de 2015 
  19. «Shopping CasaPark deve ganhar novas salas de cinema até o fim de outubro». Correio Braziliense. Consultado em 1 de novembro de 2015 
  20. «Filme B - o maior portal sobre o mercado de cinema no Brasil». www.filmeb.com.br. Consultado em 19 de setembro de 2015 
  21. «Identificação - Box Office Brasil». www.filmebboxofficebrasil.com. Consultado em 17 de outubro de 2015 
  22. «Ranking exibidores de 2014 (público) - top 50». Data base Brasil 2014. Filme B. Janeiro de 2015. Consultado em 16 de outubro de 2016 
  23. «Um Ano de Espaço Unibanco de Cinema – Glauber Rocha». www.coisadecinema.com.br. Consultado em 1 de novembro de 2015 
  24. «Espaço Itaú de Cinema é inaugurado e propõe a renovação do circuito. | Acha Brasília». www.achabrasilia.com. Consultado em 1 de novembro de 2015 
  25. «CasaPark  » O Espaço Itaú de Cinema inaugura Sala VIP (3D) no CasaPark». www.casapark.com.br. Consultado em 26 de março de 2016 
  26. «Unibanco Arteplex fecha e muda». Gazeta do Povo. Gazeta do Povo. Consultado em 1 de novembro de 2015 
  27. «Espaço Itaú de Cinema reabre hoje». Gazeta do Povo 
  28. «F & M ProCultura | Espaço Itaú de Cinema reabre complexo no Shopping Crystal». fmprocultura.com.br. Consultado em 15 de abril de 2017 
  29. «JorNow - Notícia: Espaço Itaú de Cinema reabre complexo no Shopping Crystal». www.jornow.com.br. Consultado em 15 de abril de 2017 
  30. «Uma década do Espaço Itaú de Cinema em Botafogo». O Globo. plus.google.com/+JornalOGlobo/. Consultado em 1 de novembro de 2015 
  31. «Espaço Itaú de Cinema está de volta | Da Redação | VEJA RIO». 25 de abril de 2013 
  32. «Espaço Itaú de Cinema reabre após reformas | Saideira - O Globo». Saideira - O Globo. Consultado em 15 de abril de 2017 
  33. «F & M ProCultura | Espaço Itaú de Cinema reabre complexo no Bourbon Shopping de Porto Alegre». fmprocultura.com.br. Consultado em 15 de abril de 2017 
  34. 24/7, Brasil (15 de abril de 2017). «Espaço Itaú de Cinema reabre o espaço da Rua Augusta». jornal 
  35. «F & M ProCultura | Espaço Itaú de Cinema reabre complexo na Rua Augusta». fmprocultura.com.br. Consultado em 15 de abril de 2017 
  36. BARBIEIRI JR., Miguel (23 de setembro de 2013). «Veja como ficou a reforma do Espaço Itaú, que reabre na sexta-feira». Revista VEJA. Consultado em 18 de Fevereiro de 2017 
  37. «Café Fellini, no Espaço Itaú da Augusta, é a melhor bonbonnière de cinema». Guia Folha. 24 de fevereiro de 2017 
  38. «Portal Fator Brasil». www.revistafatorbrasil.com.br. Consultado em 1 de novembro de 2015 
  39. «Frei Caneca ganha arteplex com nove salas». Guia Folha. Folha de S.Paulo. 3 de agosto de 2001. Consultado em 12 de novembro de 2011 
  40. «Pela terceira vez, Frei Caneca é eleito o cinema com a melhor programação». Guia Folha. 24 de fevereiro de 2017 
  41. «Folha de S.Paulo - Espaço Unibanco abre dez salas na Pompéia - 29/05/2008». www1.folha.uol.com.br. Consultado em 1 de novembro de 2015 
  42. «Salas Imax de cinema dividem o título de melhor projeção». Guia Folha. 24 de fevereiro de 2017 
  43. «Nova gestão assume cinema do Centro Dragão do Mar em Fortaleza». Ceará. Consultado em 1 de novembro de 2015 
  44. «Novas salas de cinema do Dragão do Mar serão inauguradas nesta terça-feira (3) - Caderno 3 - Diário do Nordeste». Diário do Nordeste. Consultado em 1 de novembro de 2015 
  45. MARCELO MIRANDA (21 de novembro de 2007). «Cineclube Savassi reabre as portas». O Tempo Magazine. Consultado em 1 de novembro de 2015 
  46. «Belas Artes vira o último cinema de rua da Capital » Economia » Diário do Comércio». www.diariodocomercio.com.br. Consultado em 1 de novembro de 2015 
  47. «Shopping Ponteio fecha salas de cinema». História do Cinema Brasileiro. Consultado em 9 de agosto de 2015 
  48. «Cineart inaugura complexo de cinema com sala de luxo no Ponteio Lar Shopping | VEJA BH». Consultado em 9 de agosto de 2015 
  49. «Sem patrocínio, Usina vai fechar para reforma em dezembro». História do Cinema Brasileiro. Consultado em 9 de agosto de 2015 
  50. «Cinearte Palace - Juiz de Fora - MG - História do Cinema Brasileiro». História do Cinema Brasileiro. 17 de abril de 2010 
  51. «Moviecom vai deixar de operar em Juiz de Fora. Administração do Shopping Alameda negocia com novas empresas». www.acessa.com. Consultado em 8 de novembro de 2015 
  52. Barros, Bruno Luis. «CineArte Palace fecha as portas após 69 anos» 
  53. «Cineastas lamentam fechamento do último cinema de rua de Juiz de Fora». G1 
  54. «AT Digital - Cinema». 18 de janeiro de 2012. Consultado em 8 de agosto de 2015 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Espaço Itaú de Cinema