Astroquímica

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Química

Nuvola apps kalzium.png

História da química
Propriedades organolépticas
Cor | Brilho | Paladar | Odor
Propriedades físicas
Ponto de fusão | Ponto de ebulição | Tenacidade | Dureza | Densidade
Efeitos
Químico | Físico
Substâncias Puras
Elementos químicos
Misturas
Homogêneas | Heterogêneas
Efeitos Químicos
Combustão | Oxidação | Salificação | Corrosão | Fermentação | Hidrogenação | Hidrólise | Polimerização | Transesterificação | Fuligem | Fosforilação oxidativa | Aluminotermia | Esterificação
Combustão
Externa | Interna
Efeitos Físicos
Vaporização | Fusão | Solidificação | Condensação | Sublimação
Estados da matéria
Sólido | Líquido | Gasoso | Plasma | Condensado de Bose-Einstein
Tipos de vaporização
Ebulição | Calefação | Evaporação
Modos de separação de misturas
Catação | Ventilação | Levigação | Separação magnética | Peneiração | Flotação | Decantação | Centrifugação | Filtração | Destilação
Modos de destilação
Simples | Fracionada
Hidrocarbonetos
Alcanos Aromáticos | Alcadienos | Ciclanos | Ciclenos
Funções orgânicas
Álcoois | Haletos orgânicos | Fenóis | Enóis | Ácidos carboxílicos | Ésteres | Sais orgânicos
Ligações Químicas
Covalente | iônica | Metálica
Funções inorgânicas
Ácidos | Base | Sal | óxidos

Astroquímica é um campo da ciência estelar que estuda a composição química dos astros.[1]

É a ciência que se baseia no estudo da química no espaço, mais especificamente no estudo das interações químicas entre os gases e as poeiras dispersas entre as estrelas.Durante muitos anos, a composição interestelar era desconhecida.A astronomia óptica apenas revelava a presença de estrelas, galáxias e nebulosas.Com o aparecimento da radioastronomia nas décadas de 50 e 60, onde anteriormente reinava a escuridão foram então detectadas inconcebíveis quantidades de gás.

Referências

  1. Novo Dicionário Fundamental da Língua Portuguesa. Col.: Universal. 1ª ed. Lisboa: Texto Editores, 2008. p. 73. ISBN 978-972-47-3789-8.