Cantonês

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde outubro de 2010).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Cantonês (粤语 / 粵語)
Pronúncia: Jyut6 jyu5
Falado em:  China
 Hong Kong
Macau
Diáspora china a partir das regiões de fala cantonesa.
Região: Próvincia de Cantão, sudeste da Regiao Autónoma Zhuang de Guangxi e partes da Próvincia de Ainão, China, Hong Kong e Macau
Total de falantes: 71 milhões
Posição: 16
Família: Sino-tibetana
 Chinês
  Cantonês
Estatuto oficial
Língua oficial de:  Hong Kong
Macau
Regulado por: sem regulação oficial
Códigos de língua
ISO 639-1: zh
ISO 639-2: chi (B) zho (T)
ISO 639-3: yue
Cantonese in China.png

O cantonês ou cantonense chinês simplificado: 粤语; chinês tradicional: 粵語; mandarim pinyin: Yuè Yǔ; jyutping: Jyut6 jyu5; yale cantonês: Yuht Yúh, também conhecido como yue, é um dos principais dialetos da família linguística do chinês. Considerada uma língua separada, é o 16.° idioma mais falado do mundo como língua materna. O nome yuè corresponde ao nome de um reino antigo situado na atual província de Guangdong. Por isso, o caracter 粵 utiliza-se hoje em dia como abreviatura do nome desta província.

Ainda que os chineses prefiram falar de dialetos (方言, fāngyán) ao referir-se às variedades do chinês falado, a inteligibilidade mútua entre estes é praticamente nula pelo que muitos linguistas consideram o chinês uma família de línguas, e não uma língua única.

O cantonês é o terceiro dialeto, neste sentido amplo, mais falado do chinês depois do mandarim e do wu. Tem ao redor de 70 milhões de falantes, principalmente na província de Guangdong e nas regiões administrativas especiais de Hong Kong e Macau. As primeiras comunidades chinesas que se estabeleceram em países ocidentais como Peru, Estados Unidos, Austrália ou o Reino Unido procediam desta zona do sul de China. Isto fez que o cantonês fosse durante muito tempo o idioma principal nos chinatowns das grandes cidades destes países. O cantonês é um dialeto chinês bastante conservador, mais próximo das formas antigas da língua do que outros dialetos. Isto se reflete, por exemplo, no fato curioso de que a poesia antiga chinesa, cuja pronunciação original desconhecemos, rima melhor lida em cantonês do que em mandarim.

Dos diferentes dialetos chineses, o cantonês é o único que, à parte do mandarim, tem uma forma escrita. Esta utiliza alguns caracteres chineses que não existem em mandarim, e reutiliza outros com significados diferentes. O cantonês escrito se utiliza, no entanto, só em situações informais, como cartas entre amigos, foros de Internet ou algumas formas de literatura popular. Em situações formais o chinês escrito segue as normas do mandarim. Em Hong Kong e Macau, o cantonês falado se utiliza também em situações formais como discursos políticos, e em emissoras de rádio e televisão. Nestes casos, o idioma utilizado não é autêntico cantonês, senão mandarim com uma leitura cantonesa dos carateres.

Para a língua cantonesa utiliza-se em Macau um silabário codificado de romanização[1] com o objetivo de evitar disparidades na romanização dos nomes próprios escritos em caracteres chineses tradicionais.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Portal A Wikipédia possui o portal:


Notas e referências