Circuito Internacional de Buddh

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Índia Buddh International Circuit
Nova Delhi
Jaypee International Circuit 2011.svg
Mapa do circuito.
Informações da corrida
Localização Greater Noida - Uttar Pradesh, Índia
Voltas 60
Percurso 5.125 km (3.185 mi)
Total 307.249 km (190.916 mi)
Curvas 16
Pole Alemanha Sebastian Vettel
Red Bull-Renault V8
1min 24s 119
2013
Volta mais rápida
na prova
Alemanha Sebastian Vettel
Red Bull-Renault V8
1min 27s 249
2011
Anos disputados 3
Primeira disputa 2011
Última disputa 2013
Maior vencedor (pilotos) Alemanha Sebastian Vettel (3)
Maior vencedor (equipe) Áustria Red Bull (3)
Última corrida (2013):
Pole Position
Piloto Alemanha Sebastian Vettel
Red Bull-Renault V8
Tempo 1min 24s 119
Volta mais rápida
Piloto Finlândia Kimi Raikkonen
Lotus-Renault V8
Tempo 1min 27s 679
Pódio
Primeiro Alemanha Sebastian Vettel
Red Bull-Renault V8
1h 31min 12s 187
Segundo Alemanha Nico Rosberg
Mercedes V8
+29s 823
Terceiro França Romain Grosjean
Lotus-Renault V8
+39s 892

O Buddh International Circuit[1] , em Greater Noida, Uttar Pradesh, Índia é um circuito de Fórmula 1 construído, próximo de Deli. Foi inaugurado a 18 de Outubro de 2011, apenas duas semanas antes da primeira corrida. Acolheu o Grande Prémio da Índia em Fórmula 1 em 2011.[2]

História[editar | editar código-fonte]

Em julho de 2007 foi proposto que um circuito em Greater Noida fosse construído para acolher uma corrida em 2009.[3]

Em setembro de 2007 dois sítios estavam sob análise Sohna, em Haryana e Greater Noida, em Uttar Pradesh, para acolher uma corrida em 2010.[4]

Em outubro de 2007, a FIA assinou um contrato com a JPSK Sports Private Limited para organizar uma corrida de F1 na Índia. A JPSK é propriedade da Jaiprakash Associates (74%), à propriedade de Sumeer Kalmadi[5] (filho de Suresh Kalmadi, o presidente da Associação Olímpica Indiana) Sulba Realty Private Limited (13%) e à Trackwork International Pvt Ltd (13%), baseada em Deli. 'SK' em JPSK é, aparentemente, uma referência a Sumeer Kalmadi.[6]

Nome[editar | editar código-fonte]

Originalmente conhecido como Jaypee Group Circuit ou Jaypee International Race Circuit, com os donos do circuito, este foi nomeado oficialmente de Buddh International Circuit, em Abril de 2011. De acordo com Sameer Gaur, o Director Gerente e Chefe Executivo da Jaypee Sports International, o nome deriva da palavra Buddha, e representa paz e sossego.[1]

Design[editar | editar código-fonte]

Com a construção a ter um custo estimado de 10 biliões de rupias indianas[7] (169 Milhões de Euros), espera-se que o circuito esteja completo em Junho de 2011. Irá ter um comprimento de 5.14 km e uma área de 354 hectares.[8] Esperava-se inicialmente que o circuito iria ter capacidade de 150.000 lugares sentados[7] com as provisões a fazerem subir este número para 200.000, mais tarde.[9]

O circuito irá fazer parte dos 10.12 km² da Cidade dos Desportos Jaypee Greens, [3] que está prevista incluir um estádio de cricket de 100.000 lugares sentados (o Greater Noida Cricket Stadium, um campo de golfe de 18 buracos, um estádio de hóquei com 25 mil lugares sentados e uma academia desportiva. Espera-se que o complexo desportivo custe 4000 crore Rs[7] e que gere anualmente um retorno de cerca de 133 mil euros (180 mil dólares), e empregará 10 mil pessoas.[9] Foi noticiado que o circuito irá ser o segundo mais rápido do calendário, depois de Monza e que o design foi mostrado às equipas para obter opiniões em como o circuito poderia ser alterado para melhorar as ultrapassagens.[10] Isso resultou em algumas pequenas mudanças como se tornou claro em Abril de 2010. O gancho planeado na curva 7 será removido, e a pista na curva 3 irá ser ampliada para permitir aos pilotos optar por diferentes trajectórias para abordar a curva. Mais informações foram reveladas em Agosto de 2010, revelando que houve planos para fazer do circuito um dois mais desafiantes aos pilotos, com o circuito a aumentar em catorze metros, com as 3 primeiras curvas sozinhas e uma curva de duplo-apex no lado oposto do circuito.[11]

Espera-se que um carro de Fórmula 1 faça uma volta aos 5141m do longo circuito em 1 minuto e 27.02 segundos, a uma velocidade média de 210.03 km/h. No fim da longa recta entre as curvas 3 e 4, espera-se que os carros de Fórmula 1 atinjam uma velocidade máxima de 318 km/.[12]

Grandes Prémios realizados[editar | editar código-fonte]

Ano Data Pole Position Tempo Vencedor Tempo Volta mais rápida Tempo Detalhes
2013 27 de Outubro Alemanha Sebastian Vettel (Red Bull) 1:24.119 Alemanha Sebastian Vettel (Red Bull) 1:31:12.187 Finlândia Kimi Raikkonen (Lotus) 1:28.203 (na volta 60) Detalhes
2012 28 de Outubro Alemanha Sebastian Vettel (Red Bull) 1:25.283 Alemanha Sebastian Vettel (Red Bull) 1:31:10.744 Reino Unido Jenson Button (McLaren) 1:28.203 (na volta 60) Detalhes
2011 30 de Outubro Alemanha Sebastian Vettel (Red Bull) 1:24.178 Alemanha Sebastian Vettel (Red Bull) 1:30:35.002 Alemanha Sebastian Vettel (Red Bull) 1:27.249 (na volta 60) Detalhes


Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Erro de citação: Tag <ref> inválida; não foi fornecido texto para as refs chamadas Buddh
  2. India company says on track for 2011 F1 race Reuters (April 15, 2009). Visitado em 2009-10-21.
  3. Abdullah (July 17, 2007). Greater Noida Takes the Pole Position in Formula One race Delhi Live. Visitado em 2009-10-21.
  4. F-1 race at Sohna or Greater Noida The Hindu (September 18, 2007). Visitado em 2009-10-21.
  5. Suresh Kalmadi's kin share F1 booty: Report Zee News (August 22, 2009). Visitado em 2009-10-21.
  6. Ritu Sarin (August 22, 2009). For Kalmadi, F1 is Family 1st Indian Express. Visitado em 2009-10-21.
  7. a b c [1]
  8. [2]
  9. a b Deepa Jainani (January 16, 2009). India on course for 2011 F1 Grand Prix The Financial Express. Visitado em 2009-10-21.
  10. O'Brien, John. "INTERVIEW-Motor racing-India gears up for Formula One fever", Reuters.co.uk, Reuters, 2010-04-06. Página visitada em 2010-04-07.
  11. http://www.f1fanatic.co.uk/2010/08/24/team-input-%E2%80%9Cinvaluable%E2%80%9D-to-new-indian-circuit/#comment-417709
  12. http://www.inautonews.com/india-names-f1-track-buddh-international-circuit