Claro TV

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Claro TV
Telmex TV S.A.
Tipo Telecomunicações
Fundação Equador agosto de 2008 (5 anos)
Brasil 1 de março de 2012
Fundador(es) Carlos Slim
Sede Cidade do México,  México
Proprietário(s) Telmex
Produtos Televisão por assinatura
Antecessora(s) Via Embratel (2012)
Página oficial Página oficial
(Claro Brasil)

Claro TV ou Telmex TV é uma operadora de Televisão por assinatura via satélite lançada em agosto de 2008 com a compra da Ecutel implementando a Telmex TV no Equador, Chile, Paraguai e no Peru. O setor de televisão foi fundamental para a sobrevida da Telmex já que a empresa perdeu clientes para a concorrência do mesmo setor com pacotes mais acessíveis.[1]

Cobertura[editar | editar código-fonte]

No Brasil[editar | editar código-fonte]

Lançada como Via Embratel em 16 de dezembro de 2008 haverá a absorvição por Claro TV em 1 de março de 2012 juntamente com o Embratel Livre (este tornando Claro Fixo).[2] Na transição das marcas o mexicano Carlos Slim injetará R$ 13 milhões de reais em todo o Brasil. Na mudança as antenas serão mantidas nas cores brancas e cinzas e apenas a logomarca "Claro" em vermelho.[3]

O site vazou na internet antes mesmo de seu lançamento exibindo o mesmo layout trocando apenas as cores e o logotipo.[4]

No Chile[editar | editar código-fonte]

Em 2007 o grupo comprou a empresa ZAP TV, no final do mesmo ano a empresa obtinha 67 mil clientes, representando 6% do mercado de televisão paga no país. Com isso, a empresa inicia uma estratégia comercial agressiva com o objetivo de implantar a rede de HFC (Hybrid Fiber Coax) mais moderna e larga do país e em todo território, tornando fornecedoras de duas plataformas de: Satélite DTH e HFC. Com a nova implementação no país em maio de 2008 a Telmex começou a oferecer por meio da sua rede HFC, serviçoes de televisão por assinatura, telefonia e banda larga. Esta estratégia trouxe retornos significantes em termos de números de clientes e participação no mercado. No início de 2009 a empresa oferece a Telmex TV Prepago (Pré-pago), com uma programação que incluía 23 canais na sua programação. Atualmente o canal oferece 34 canais e 10 de música.

Canais exclusivos da Claro TV no Chile
  • Bang TV (DTH e HFC)
  • ZAZ (HFC)
  • Cine Latino (HFC)
  • Multipremier (HFC)
  • Día TV (DTH)

No Equador[editar | editar código-fonte]

Com a compra da Ecutel em março de 2008, uma operadora de internet e telefone sem fio com aproximadamente 5.000 clientes em todo o país. Após cinco meses da compra a empresa adota o nome "Telmex" para qual se agrega seus serviços de distribuição de televisão digital com o nome de Telmex TV, atualmente chamado de Claro TV.

Hoje a Claro TV possui uma grande variedade de canais contendo 120 canais internacionais, 14 regionais, 13 canais PPV (Pay-per-view), 3 canais adultos e 50 canais de aúdio.

No Peru[editar | editar código-fonte]

Cabo Express foi uma empresa peruana de televisão a cabo fundada e operada por Boga Comunicaciones. A empresa também oferece internet banda larga (cable modem).

No primeiro trimestre de 2007 a Telmex Perú anunciou a compra da Boga Comunicaciones, que marca a emtrada da Telmex nos negócios de TV paga do país. Em agosto do mesmo ano a Telmex anunciou a compra da Virtecom, estendendo a sua cobertura no país há vários municípios. Pouco depois as duas redes se uniram formando a Telmex TV. Em maio de 2008 a Telmex TV comercializou seu novo serviço de satélite a nível nacional o Telmex TV sat. Desde 1 de outubro de 2010 a Telmex Perú anunciou a fusão com a America Movil Peru, agora tornando o serviço de TV por assinatura de Claro TV.

No Panamá[editar | editar código-fonte]

No Panamá a Claro Panamá lançou em 28 de janeiro de 2011 a Claro TV permanecendo seu produto, sendo o segundo fornecedor de televisão por satélite páis com uma oferta de canais relativamente barata e fornecendo canais "premium" como HBO, Movie City, contendo 32 canais básicos excluindo os canais premium.

No Paraguai[editar | editar código-fonte]

Em 11 de junho de 2011 com o lançamento da Claro TV o serviço atinge cerca de 1.500 pessoas que já haviam pedido o serviço semanas antes de seu lançamento. No país a Claro é a primeira empresa de telefonia a entrar no ramo de televisão fornecendo o aparelho gratuito.

Todo o território

A empresa prestará os serviços de televisão por assinatura em todo território paraguaio com uma grade de 36 canais básicos. O serviço será prestado em DTH (Direct to Home) permitindo aos usuários um serviço de TV de alta qualidade a um preço acessível.

Países futuros[editar | editar código-fonte]

México[editar | editar código-fonte]

A Telmex TV está previsto para começar as operações no país no futuro. Porque espera-se que as alterações em seu título de conceder-lhes tempo você não tiverem sido concedidos pelas autoridades mexicanas. Neste momento só executa provedores de sistemas de faturamento Dish México de propriedade da empresa MVS Comunicaciones, de Joaquín Vargas e EchoStar de Charles Ergen. A Telmex busca a aprovação do governo mexicano para oferecer os serviços de TV por assinatura já que a medida ajudaria a entrar no mercado atualmente dominado no país pelo Grupo Televisa (Sky México).[1]

Colômbia[editar | editar código-fonte]

Também se espera que esteja disponível na Colômbia como TV básica com o retorno da HTV e novos canais.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Telmex pode entrar no mercado de TV. Reuters. Info Exame (18 de agosto de 2010). Página visitada em 20 de fevereiro de 2012.
  2. Thássius Veloso (1 de fevereiro de 2012). Claro absorve serviços da Embratel e lança em breve Claro TV e Claro Fixo. Globo.com. Tecnoblog. Página visitada em 19 de fevereiro de 2012.
  3. Via Embratel passa a ser Claro TV. Joinville.com. Página visitada em 23 de fevereiro de 2012.
  4. TV por assinatura Via Embratel passará a ser Claro TV. Antena Crítica (22 de fevereiro de 2012). Página visitada em 23 de fevereiro de 2012.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]