Classe Olympic

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Classe Olympic
O Titanic (direita) é tirado da doca seca para que reparos fossem realizados na hélice danificada do Olympic (esquerda).
O Titanic (direita) é tirado da doca seca para que reparos fossem realizados na hélice danificada do Olympic (esquerda).
Origem    Bandeira do país de origem
Construtor Harland and Wolff, Belfast
Em serviço 1911–1935
Utilizadores White Star flag NEW.svg White Star Line
Tipo Transatlântico
Características gerais
Deslocamento 52 500 t
Comprimento 269.06 m
Boca 28.19 m
Calado 10.54 m
Propulsão 2 hélices de bronze com três lâminas
1 hélice de bronze com quatro lâminas
Velocidade 21 nós (38.9 km/h)
Tripulação 860
Passageiros 2 570

Classe Olympic foi um trio de navios construídos pelo estaleiro Harland & Wolff para a companhia britânica White Star Line nos começos do século XX.[1]

História[editar | editar código-fonte]

Apesar de serem os maiores e mais luxuosos navios da sua época, dois foram perdidos no começo da suas carreiras: o RMS Titanic[2] afundou na sua viagem inaugural em 15 de Abril de 1912 e o HMHS Britannic[2] afundou no Mar Mediterrâneo durante a Primeira Guerra Mundial, a 21 de Novembro de 1916. O RMS Olympic[2] , o primeiro navio e o homonimo da classe, sobreviveu para se tornar num dos navios mais lucrativos da companhia.

Apesar de que dois dos navios não terem tido carreiras lucrativas, eles são os navios mais famosos do mundo. Foram feitos vários filmes e documentários sobre os navios, como também foram abertos museus e também elementos decorativos do Olympic está espalhado por vários hotéis.

Plano lateral do RMS Olympic.

Referências

  1. Olivier Corpataux. RMS Olympic, RMS Titanic et HMHS Britannic (em inglês). Página visitada em 30 de maio de 2012.
  2. a b c Olympic e Britannic: conheça a história dos irmãos do Titanic. TERRA Networks Brasil (11 de abril de 2012). Página visitada em 30 de maio de 2012.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Chirnside, Mark (2004). The Olympic-Class Ships. Stroud, England: Tempus. ISBN 978-0-7524-2868-0.
  • Gill, Anton (2010). Titanic : the real story of the construction of the world's most famous ship. Channel 4 Books. ISBN 978-1-905026-71-5.
  • Hutchings, David F.; de Kerbrech, Richard P. (2011). RMS Titanic 1909–12 (Olympic Class): Owners' Workshop Manual. Sparkford, Yeovil: Haynes. ISBN 978-1-84425-662-4.
  • Le Goff, Olivier (1998). Les Plus Beaux Paquebots du Monde. Solar. ISBN 978-2-03-584196-4.
  • Piouffre, Gérard (2009). Le Titanic ne répond plus. Larousse. ISBN 978-2-263-02799-4.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Classe Olympic
Ícone de esboço Este artigo sobre tópicos navais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.