Dennis Rodman

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Dennis Rodman
Dennis Rodman ToPo.jpg
Informações pessoais
Nome completo Dennis Keith Rodman
Data de nasc. 13 de maio de 1961 (53 anos)
Local de nasc. Trenton, New Jersey,  Estados Unidos
Altura 2,01 m
Peso 100 kg
Apelido The Worm ("o verme")
Informações no clube
Número 10 (Pistons, Spurs)
91 (Bulls)
73 (Lakers, Mavericks)
Posição Ala-pivô
Clubes de juventude
1983-6 Southeastern Oklahoma
Clubes profissionais
Ano Clubes Partidas (pontos)
1986-1993
1993-1995
1995-1998
1999
2000
Detroit Pistons
San Antonio Spurs
Chicago Bulls
Los Angeles Lakers
Dallas Mavericks
911 (6683)

Dennis Keith Rodman (Trenton, 13 de Maio de 1961), é um ex-jogador de basquetebol profissional norte-americano e atual integrante do Hall da Fama do basquetebol, especializado no setor defensivo e no rebote. Apelidado de "the worm", o verme, por sua feroz habilidade de posicionamento e rebote para um jogador relativamente baixo para a posição. Chamou muito a atenção devido ao seu estilo extravagante dentro e fora das quadras, com o seu relacionamento com a pop star Madonna e por suas constantes variações de cores no cabelo.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Rodman nasceu em Trenton, New Jersey e cresceu em Dallas, Texas. Jogou basquete e futebol americano na escola, mas se formou em 1979 sem continuar nos esportes. Trabalhou como zelador no Aeroporto Internacional de Dallas-Fort Worth, mas tendo crescido até 2,01m virou uma força no playground. Um amigo da família o indicou para uma faculdade em Gainesville, onde Rodman jogou por um ano, para depois se mudar para o Southeastern Oklahoma State University, em Durant, Oklahoma.

Rodman ingressou na National Basketball Association (NBA) em 1986 pelo Detroit Pistons. Na primeira temporada chegou às finais da conferência, perdendo para o Boston Celtics mas Rodman fez um bom serviço marcando o líder do time, Larry Bird. Rodman fora bicampeão pelos Pistons, vencendo os Los Angeles Lakers em 1989-90 e o Portland Trail Blazers em 1990-91.

No time seguinte, o San Antonio Spurs, Rodman alcançou as finais da conferência em 1994-5 (perdendo para o Houston Rockets), mas permaneceu por apenas 2 anos no time pelo comportamento controverso, com um breve caso com Madonna e discussões dentro de quadra.

Os Spurs trocaram Rodman por Will Perdue do Chicago Bulls. Com Michael Jordan de volta á equipe e Rodman se tornando líder de rebotes, os Bulls venceram os três campeonatos seguidos, em 1995-6 (com um recorde de 72 vitórias na temporada regular), 1996-7, e 1997-8.

Após sair do Bulls, Rodman jogou 23 jogos pelos Lakers em 1999, e 12 jogos pelo Dallas Mavericks em 2000. Ficou por 3 anos longe das quadras, e então jogou por três anos na American Basketball League, uma liga alternativa de basquete, vencendo o campeonato de 2003-4 pelo Long Beach Jam. Desde então, Rodman jogou apenas em partidas de exibição na Inglaterra, Finlândia e Filipinas.

Tornou-se figura problemática, tendo ao longo da carreira se envolvido em diversos incidentes, que redundaram em processos judiciais.

Na NBA é o recordista em taxa de rebotes, e um dos maiores reboteadores de todos os tempos.

Rodman é uma figura bastante popular no cinema e na televisão, em geral representando a si mesmo. Ele só jogou 32 jogos pelo Lakers e 13 jogos pelo Mavericks.

Em 2012 foi considerado falido e doente, razão dos processos movidos por pensão alimentar dos filhos estão sendo administrados por advogados sem remuneração[1]

Em 2013, foi fortemente criticado após a sua última visita à Coreia do Norte, onde voltou a desfazer-se em elogios ao líder Kim Jong-Un. Afirmou em entrevista à cadeia televisiva CNN, que Kenneth Bae, cidadão norte-americano de origem sul-coreana detido na Coreia do Norte desde 2012, merecia a sentença de 15 anos de prisão a que foi condenado em 2013.

Em janeiro de 2014 foi internado numa clínica de reabilitação devido ao consumo de álcool[2] .

Equipes na Carreira[editar | editar código-fonte]

Ano/equipe/jogos

  • 1986-1993 Detroit Pistons 549
  • 1993-1995 San Antonio Spurs 128
  • 1995-1998 Chicago Bulls 199
  • 1999 Los Angeles Lakers 23
  • 2000 Dallas Mavericks 12
  • 2003-2004 Long Beach Jam
  • 2004-2005 Maywood Buzz
  • 2005 Tijuana Dragons
  • 2005 Torpan Pojat 1
  • 2005 Brighton Bears 2

Prêmios[editar | editar código-fonte]

  • 5 vezes campeão da NBA (1989 e 1990 pelo Pistons, 1996 a 1998 pelo Bulls)
  • 2 aparições no All Star Game (1990 e 1992)
  • 2 vezes eleito Melhor Jogador Defensivo da NBA (1990 e 1991)
  • 7 vezes campeão de Rebotes na NBA (1992 a 1998)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.