Dick Powell

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Dick Powell em The Bad and the Beatiful, 1952.

Richard Ewing "Dick" Powell (14 de novembro de 1904 – 2 de janeiro de 1963) foi um cantor, ator, produtor e chefe de estúdio de cinema estadunidense.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nascido em Mountain View, Arkansas, Powell se formou na Universidade do Arkansas em Little Rock, antes de começar sua carreira de cantor com a Charlie Davis Orchestra. Ele gravou vários discos nos anos de 1920.

Powell se mudou para Pittsburgh na Pensilvânia, onde conseguiu êxito local trabalhando em casas de espetáculo. Em abril de 1930 a Warner Bros. comprou a gravadora Brunswick Records. Os novos executivos ficaram bem impressionados com as performances de Powell no palco e lhe ofereceram um contrato para atuar em filmes (1932). Seu primeiro trabalho foi como líder de orquestra em Blessed Event. Ele se tornou astro ao ser o crooner em filmes musicais que surgiram em seguida: 42nd Street, Footlight Parade, Gold Diggers of 1933, Dames, Flirtation Walk e On the Avenue.

Powell queria tentar outros gêneros mas era impedido pela Warner Bros. Tentou o papel principal de Double Indemnity, mas acabou perdendo a chance para Fred MacMurray. O sucesso de MacMurray o motivou a tentar novamente e em 1944 ele conseguiu o papel de protagonista no filme Murder, My Sweet, interpretando o detetive particular Philip Marlowe e sendo dirigido por Edward Dmytryk. O filme se tornou uma grande bilheteria e Powell conseguiu reformular a carreira, passando a atuar como um ator dramático.

No ano seguinte Dmytryk e Powell refizeram a parceria no filme Cornered, um suspense pós-Segunda Guerra Mundial que ajudou a firmar o estilo conhecido por filme noir. Outros filmes foram Johnny O'Clock e Cry Danger.

De 1949-1953, Powell trabalhou em rádio na National Broadcasting Company, no programa Richard Diamond, Private Detective. Quando Richard Diamond foi adaptado para a televisão em 1957, o papel passou para David Janssen.

Nos anos de 1950 Powell produziu e dirigiu muitos filmes B e foi um dos fundadores da Four Star Television (os outros foram Charles Boyer, David Niven e Ida Lupino). Ele apareceu e supervisionou muitos programas dessa companhia. Powell foi Willie Dante em Four Star Playhouse nos episódios "Dante's Inferno" (1952), "The Squeeze" (1953), "The Hard Way" (1953) e "The House Always Wins" (1955). Em 1961, Howard Duff, marido de Ida Lupino, assumiu o papel de Dante numa série de TV de aventuras da NBC chamada Dante, ambientada na cidade de San Francisco, Califórnia e numa boate chamada "Dante's Inferno".

Powell foi o astro convidado em vários programas da Four Star, incluindo uma participação em 1958 na comédia de Duff-Lupino Mr. Adams and Eve. Ele apareceu no drama de tribunal de 1961 de James Whitmore chamado The Law and Mr. Jones da ABC. No episódio "Everybody Versus Timmy Drayton", Powell faz um coronel com problemas com seu filho. Ele também apresentou e ocasionalmente estrelou o seu Dick Powell's Zane Grey Theater na CBS, de 1956-1961.

O filme de Powell, The Enemy Below (1957), baseado na novela de Denys Rayner, venceu o Oscar por efeitos especiais.

Powell dirigiu The Conqueror (1956), com John Wayne como Genghis Khan. As cenas externas foram filmadas em St. George, Utah, lugar que serviu como testes atômicos. Do elenco e equipe num total de 220 pessoas, 91 desenvolveram alguma forma de câncer até 1981 e 46 morreram, incluindo Wayne. Muitos acharam que a radioatividade foi a causa.[1]

Powell morreu sete anos depois de The Conqueror, em 2 de janeiro de 1963, de linfoma. Ele contava com 58 anos de idade. Seu corpo foi cremado e seus restos mortais foram para o Columbarium of Honor do Forest Lawn Memorial Park em Glendale, Califórnia.[2]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Dick Powell foi casado por três vezes:

  • Mildred Maund (1925-1927)
  • a atriz Joan Blondell (casou em 19 de setembro de 1936 e se divorciou em 1944). Desse casamento ele teve a filha Ellen e adotou o filho Norman.
  • a atriz e cantora June Allyson (19 de agosto de 1945 até a data da morte dele). Ele teve mais dois filhos: Pamela (adotada) e Richard Powell, Jr.

Powell' tinha uma propriedade em Mandeville Canyon, Los Angeles, que foi usada como cenário para o programa de televisão Hart to Hart. Robert Wagner, o ator que interpretava Jonathan Hart na série, ficou muito amigo dos Powell.

Cultura popular[editar | editar código-fonte]

No desenho de 1937 de Frank Tashlin chamado The Woods are Full of Cuckoos, apareceu uma caricatura de Powell, que foi chamado de "Dick Fowl".

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Como ator[editar | editar código-fonte]

Como diretor[editar | editar código-fonte]

Discos Notáveis[editar | editar código-fonte]

  • "Dames"
  • "Roses In December"

Referências

  1. ^ Olson, James (2002). Bathsheba's Breast: Women, Cancer and History. Baltimore, Maryland: Johns Hopkins University Press. ISBN 080186936
  2. Dick Powell (em inglês) no Find a Grave.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui multimídias sobre Dick Powell