Dinucleótido de nicotinamida e adenina

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Dinucleótido de nicotinamida e adenina
Alerta sobre risco à saúde
NAD+ phys.svg
Outros nomes Nucleótido de difosfopiridina (DPN+), Coenzima I
Identificadores
Número CAS 53-84-9
PubChem 925
KEGG C00003
ChEBI 13389
SMILES
Propriedades
Fórmula molecular C21H27N7O14P2
Massa molar 663.425
Aparência Pó branco
Ponto de fusão

160 °C

Riscos associados
Principais riscos
associados
Não perigoso
NFPA 704
NFPA 704.svg
1
1
0
 
Número RTECS UU3450000
Exceto onde denotado, os dados referem-se a
materiais sob condições normais de temperatura e pressão

Referências e avisos gerais sobre esta caixa.
Alerta sobre risco à saúde.

Dinucleótido de nicotinamida e adenina (NAD, acrónimo, em inglês, de Nicotinamide adenine dinucleotide) ou nicotinamida adenina dinucleotídeo ou ainda difosfopiridina nucleotídeo é uma coenzima que apresenta dois estados de oxidação: NAD+ (oxidado) e NADH (reduzido). A forma NADH é obtida pela redução do NAD+ com dois elétrons e aceitação de um próton (H+).

Quimicamente, é um composto orgânico (a forma ativa da coenzima B3) encontrado nas células de todos os seres vivos e usado como "transportador de eletrons" nas reações metabólicas de oxi-redução, tendo um papel preponderante na produção de energia para a célula.

Em sua forma reduzida, NADH, faz a transferência de elétrons durante a fosforilação oxidativa.

Elevação dos níveis de NDA e reversão dos efeitos do envelhecimento[editar | editar código-fonte]

Em artigo publicado na revista Cell, em dezembro de 2013,[1] pesquisadores da Escola de Medicina de Harvard mostraram que é possível reverter alguns dos efeitos do envelhecimento, mediante o aumento dos níveis de NAD+ (que caem naturalmente com a idade, em todas as células do corpo).

Os pesquisadores ministraram mononucleótido de nicotinamida (NMN), um precursor do NAD+,[2] a camundongos de dois anos. Uma semana depois da aplicação do NMN (que o organismo converte naturalmente em NAD+), os músculos desses camundongos de dois anos se tornaram semelhantes aos músculos de ratinhos de seis meses, em termos de função mitocondrial, perda de massa muscular, inflamação e resistência à insulina. Isto corresponderia a transformar os músculos de uma pessoa de 60 anos em músculos de uma pessoa de 20 anos. Embora a força muscular não tenha sido recuperada, a doutora Ana P. Gomes, do Departamento de Genética da Escola Médica de Harvard, acredita que a força muscular possa ser recuperada após um tratamento mais longo.

O método não representa uma "cura" para o envelhecimento. Outros aspectos, como o encurtamento dos telômeros (que formam a estrutura das sequências genéticas) ou eventuais danos ao DNA, não podem ser revertidos. "Parece que nós podemos começar quando já somos mais velhos, mas não muito velhos a ponto de já estarmos danificados. Se começarmos aos 40 anos, provavelmente teremos um envelhecimento muito mais agradável - mas temos de fazer testes clínicos", ponderou a doutora Gomes. Segundo ela, "o envelhecimento é multifatorial, não se trata de um componente único a ser corrigido, por isso é difícil de atingir a coisa toda". O grupo de pesquisa pretende começar os testes clínicos em 2015, mas terapias em humanos ainda são uma perspectiva distante.[3] [4]

Referências

  1. Declining NAD+ Induces a Pseudohypoxic State Disrupting Nuclear-Mitochondrial Communication during Aging. Por Ana P. Gomes, Nathan L. Price, Alvin J.Y. Ling, Javid J. Moslehi, Magdalene K. Montgomery, Luis Rajman, James P. White, João S. Teodoro, Christiane D. Wrann, Basil P. Hubbard, Evi M. Mercken, Carlos M. Palmeira, Rafael de Cabo, Anabela P. Rolo, Nigel Turner, Eric L. Bell, David A. Sinclair. Cell, volume 155, n° 7, 1624-1638, 19 de dezembro de 2013
  2. Nicotinamide mononucleotide, a key NAD+ intermediate, treats the pathophysiology of diet- and age-induced diabetes in mice. Por Jun Yoshino, Kathryn F. Mills, Myeong Jin Yoon e Shin-Ichiro Imai. Cell Metabolism 5; 14(4): 528–536. Outubro de 2011.
  3. 'Fórmula da juventude' reverte envelhecimento em animais. Por James Gallagher. BBC News, 20 de dezembro, 2013.
  4. A New — and Reversible — Cause of Aging. A naturally produced compound rewinds aspects of age-related demise in mice. Por David Cameron. Harvard Medical School, 19 de dezembro de 2013.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Portal A Wikipédia possui o portal:



Ícone de esboço Este artigo sobre Bioquímica é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.