EPROM

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou se(c)ção não cita fontes fiáveis e independentes (desde dezembro de 2010). Por favor, adicione referências e insira-as no texto ou no rodapé, conforme o livro de estilo. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Tipos de memória de computador
Memórias voláteis
Memórias não voláteis

 

Uma EPROM (sigla do inglês "erasable programmable read-only memory", significando "memória programável apagável somente de leitura") é um tipo de chip de memória de computador que mantém seus dados quando a energia é desligada. Em outras palavras, é não-volátil. Uma EPROM é programada por um dispositivo eletrônico que dá voltagens maiores do que os usados normalmente em circuitos elétricos. Uma vez programado, uma EPROM pode ser apagada apenas por exposição a uma forte luz ultravioleta. EPROMs são facilmente reconhecíveis pela janela transparente no topo do pacote, pela qual o chip de silício pode ser visto, e que admite luz ultravioleta durante o apagamento. Esta janela transparente é feita de cristal para permitir a passagem da luz ultravioleta, pois o vidro comum bloqueia grande parte do UV. O corpo de uma EPROM é feito em Cerâmica, pois o Epoxy comumente usado em outros chips não seria apropriado para garantir a fixação da janela de cristal. O processo de apagamento dura de 10 a 30 minutos.

Uma EPROM programada mantém seus dados por aproximadamente dez a vinte anos e pode ser lida ilimitadas vezes. A janela de apagamento tem que ser mantida coberta para evitar apagamento acidental pela luz do Sol. Antigos chips de BIOS de PC eram freqüentemente EPROMs, e a janela de apagamento era frequentemente coberta com um adesivo contendo o nome do produtor da BIOS, a revisão da BIOS, e um aviso de copyright.

Alguns microcontroladores, frequentemente aqueles de antes da era da memória flash, usam EPROM interna para armazenar seus programas. Isto é útil para desenvolvimentos, pois usar dispositivos programáveis apenas uma vez seria terrivelmente difícil para depurar. Tais microcontroladores possuem corpo em cerâmica e janela de cristal para apagamento, como o exemplo ao lado.

A EPROM foi inventada pelo engenheiro Dov Frohman.

Para se programar uma EPROM, é necessário utilizar um equipamento conhecido como Programador. O Gravador tipo Willem, o BeeProg da Macsym ou o Epromer da USTR são exemplos desse tipo de equipamento. Também é possível se recorrer a empresas epecializadas.

Algumas EPROMS. A pequena janela admite luz ultravioleta durante o apagamento.

Existem EPROMs em vários tamanhos ambos físicos e de capacidade de armazenamento:

Tipo de EPROM
Tamanho - bits
Tamanho - bytes
Tamanho (hex)
Último endereço (hex)
2716, 27C16
16 kbit
2KBytes
800
007FF
2732, 27C32
32 kbit
4KBytes
1000
00FFF
2764, 27C64
64 kbit
8KBytes
2000
01FFF
27128, 27C128
128 kbit
16KBytes
4000
03FFF
27256, 27C256
256 kbit
32KBytes
8000
07FFF
27512, 27C512
512 kbit
64KBytes
10000
0FFFF
27C010, 27C100
1Mbit
128KBytes
20000
1FFFF
27C020
2 Mbit
256 kbytes
40000
3FFFF
27C040
4 Mbit
512 kbyte
80000
7FFFF

NOTA: As séries de EPROMs 27x contendo um C no nome são baseados em CMOS, sem o C são NMOS

Ver também[editar | editar código-fonte]

Portal A Wikipédia possui o portal:
Ícone de esboço Este artigo sobre Informática é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.