Estranheza (física)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Searchtool.svg
Esta página ou secção foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa. Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo. Pode encontrar ajuda no WikiProjeto Física.

Se existir um WikiProjeto mais adequado, por favor corrija esta predefinição. Este artigo está para revisão desde setembro de 2011.

sabor em física de partículas
Números quânticos de sabor:

Números quânticos relatados:


Combinações:


Mistura de sabores

Na física de partículas, estranheza, notada como S, é a propriedade das partículas, expressa como um número quântico para descrevir a decomposição das partículas em reações fortes e eletromagnéticas que ocorrem em um curto período de tempo. A estranheza das partículas é definida como:

S = N_{\overline{s}} - N_s onde N_{\overline{s}} representa o número de antiquarks estranho ({\overline{s}}) y N_s \ representa o número de quarks estranho.

A derivação da palavra "estranho" ou "estranheza" provém do descobrimento dos quarks e foi adotado depois de seu descubrimento para preservar a continuidade da frase; a estranheza das anti-partículas estão referidas a +1 e as partículas a -1 como foi a definição original. Para todos os números quánticos de sabor de quarks (estranheza, encantado, cima, baixo) a convenção é que a carga de sabor e a carga elétrica de um quark têm o mesmo sinal. Com isso, qualquer sabor levado por um méson carregado tem o mesmo sinal e assim a carga.

Referências[editar | editar código-fonte]

  • Griffiths, David J. (1987). Introduction to Elementary Particles. Wiley, John & Sons, Inc. ISBN 0-471-60386-4.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre física é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.