JEIDA memory card

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O JEIDA memory card foi um popular padrão de cartão de memória durante o surgimento destes dispositivos nos computadores portáteis. Os cartões JEIDA podiam ser utilizados para expandir a memória do sistema ou como dispositivos de armazenamento. Antes do surgimento do padrão JEIDA (acrônimo de Japan Electronic Industries Development Association), os laptops usavam cartões proprietários que não eram compatíveis com equipamentos de outras marcas, outras séries ou ainda outros modelos dentro de uma mesma série.

O estabelecimento da interface JEIDA e seus cartões nos computadores portáteis japoneses gerou uma resposta das empresas dos EUA que criaram o padrão PCMCIA. PCMCIA e JEIDA procuraram resolver os conflitos entre os padrões concorrentes. Em 1991, os dois padrões se fundiram e se tornaram JEIDA 4.1 ou PCMCIA 2.0

Versões[editar | editar código-fonte]

Versão 1[editar | editar código-fonte]

Versão 2[editar | editar código-fonte]

Versão 3[editar | editar código-fonte]

A versão 3 é um cartão de memória de 68 pinos. Também utilizado no Neo-Geo.

Versão 4[editar | editar código-fonte]

Versão 4.1[editar | editar código-fonte]

A versão 4.1 unificou os concorrentes PCMCIA e JEIDA como o padrão PCMCIA 2.0. Esta versão é o padrão PC Card de 16 bit que define os formatos Type I, II, III, e IV.

Versão 4.2[editar | editar código-fonte]

A versão 4.2 é o padrão PCMCIA 2.1, apresentando a interface 32 bit CardBus em uma embalagem fisicamente semelhante.

Ver também[editar | editar código-fonte]