Jorge dü Peixe

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Jorge Dü Peixe
Nação Zumbi @ Maquinária Festival 01.jpg
Show da banda no Festival Maquinária.
Informação geral
Nascimento 08 de janeiro de 1967 (47 anos)
Origem Olinda, Pernambuco
País  Brasil
Gênero(s) manguebeat, funk rock, art rock, punk rock, rock psicodélico,rock alternativo
Período em atividade 1993 - atualmente
Gravadora(s) DeckDisc (2007; 2012)
Trama (2002-2005)
YB Music (2000)
Chaos/Sony Music (1994-1998)
Afiliação(ões) Orla Orbe, Loustal, Lamento Negro, Los Sebosos Postizos, Autônomo, Maquinado, Côco de Mazuca, Sonantes, 3namassa, Orquestra Manguefônica, Soulfly, Menina Sem Nome, Sheik Tosado, Combo X, Afrobombas


Jorge José C. de Lira (Olinda, 8 de janeiro de 1967), mais conhecido como Jorge dü Peixe, é percussionista, cantor e compositor brasileiro.

Vocalista do Nação Zumbi, amigo de Chico Science dos anos 80 em Rio Doce (Olinda/PE), grafiteiro, desenhista, designer um dos responsáveis pela popularização do movimento Manguebeat, que mistura ritmos regionais, como maracatu e coco com rock, rap,funk e música eletrônica, é um dos expoentes da música contemporânea brasileira. já participou do Bom Tom Radio e Loustal. Em 2013 lançou Afrobombas, projeto que reúne uma banda de sonoridade única , com influencias de afro-rock, soul, reggae e psych-funk . No repertorio, inéditas como "Fogo", "Sem nome" e "uma batida a mais". Alem de composições feitas para trilhas de filmes. E versões de algumas composições feitas para outros artistas. O Afrobombas é: Jorge du Peixe – vocal/eletrônicos, Lula- vocal–backing vocal, Fernado Resta – guitarra Thiago Duar – baixo Pernalonga – bateria Ramon Lira – percussão Guizado – trumpete/eletrônicos


Participações[editar | editar código-fonte]

Trilha sonora de Amarelo Manga Trilha sonora de Febre do Rato


Accordrelativo20060224.png Este artigo sobre um(a) músico(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.