Mastim espanhol

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mastim espanhol
Nome original Mastín español
País de origem Flag of Spain.svg Espanha
Características
Classificação e padrões
Federação Cinológica Internacional
Grupo 2
Seção 2 - Cães de tipo Pinscher e Schnauzer, Molossóides e Cães de Montanha, e Boiadeiros Suiços - molossóides tipo montanha
Estalão #91 30 de agosto de 2002

O mastim espanhol[Nota] (em espanhol: Mastín español) é um cão natural da Espanha, saído das regiões de Cantábria, Castela e Leão, Estremadura, Zamora e Astúrias. É comumente utilizado como cão de guarda e pastoreio. Historicamente a criação e migração dessa raça está relacionada aos rebanhos mantidos pelos antigos povos espanhóis. Desde o seu surgimento, o mastim acompanhava os pastores protegendo e guardando os rebanhos dos lobos durante as estações de movimentação, na qual os homens levavam seus rebanhos de uma localidade a outra para pastarem. Fosse em fazendas, pessoas ou propriedades, este canino executava e executa sua função de protetor da mesma maneira.[1]

Este é um animal mais comprido que alto, porém de estrutura óssea compacta. É ainda classificado como forte, resistente e musculoso, de latido forte e inteligente. Sua pelagem é densa e de tamanho médio. Seus exemplares tem o tamanho mínimo de 72 cm.[2]

Referências

  1. Mastim espanhol Tudo sobre cães. Visitado em 14 de maio de 2011.
  2. Mastim espanhol Guia de raças. Visitado em 14 de maio de 2011.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Mastim espanhol
Ícone de esboço Este artigo sobre cães, integrado ao Projeto Cães é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.