Metropolitana FM

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde março de 2013).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Emblem-scales.svg
A neutralidade desse artigo (ou seção) foi questionada, conforme razões apontadas na página de discussão. (desde março de 2013)
Justifique o uso dessa marca na página de discussão e tente torná-lo mais imparcial.
Metropolitana FM
{{{alt}}}
Logotipo da rádio
Rádio Mensagem Ltda.
País  Brasil
Cidade Bandeira da cidade de São Paulo.svg São Paulo, SP
Frequência(s) 98.5 MHz FM
Sede Avenida Paulista nº 2198
Slogan Acontece na Metropolitana
Yes!
Fundação 1982
Fundador Emissoras Unidas
Proprietário Jayr Sanzone Júnior
Jácomo Sanzone
Género Jovem
Idioma Língua portuguesa
Prefixo ZYD 891
Cobertura Região Metropolitana de São Paulo
Nome(s) anterior(es) Difusora FM
Sítio oficial www.metropolitanafm.com.br
Último
Último
Difusora FM
Próximo
Próximo

Metropolitana FM é uma emissora de rádio de São Paulo voltada ao público pop/jovem. Iniciou suas operações em 1982 em substituição a Rádio Difusora FM, em 98.5 MHz. Frequentemente aparece entre as maiores audiências de SP e, segundo o Instituto IBOPE, é a 2ª rádio jovem de maior audiência de São Paulo, perdendo apenas para a Mix FM.

Durante os anos de 2008 a 2011, operou uma pequena rede de rádios, com afiliadas em Itaperuna, RJ (atualmente afiliada a Jovem Pan 2 FM), Pindamonhangaba, SP (atual Ótima FM) e Itajaí, SC (atual 102 FM). Atualmente esta rede está desativada, sem previsões de retorno de operação.

História[editar | editar código-fonte]

A Metropolitana FM foi ao ar pela primeira vez em 1982, entretanto, a história da rádio começou anos antes, em 1958, quando o Empresário Jayr Mariano Sanzone, então dono de uma bem montada rede de som, a Jaraguá Promoções, no bairro da Penha em São Paulo, começou a pleitear junto ao Ministério das Comunicações, a concessão de uma Emissora de Rádio na Cidade de São Paulo.

Em 1980, uma segunda Emissora foi ao ar, a Rádio Metropolitana FM de Guaratinguetá. Em 1981 uma nova Emissora de FM, era inaugurada, de volta na Cidade de Mogi das Cruzes. Em 1982 foi a vez do maior sonho de Jayr Sanzone, se concretizar: uma emissora na Capital do Estado de São Paulo, a Rádio Metropolitana FM 98.5 Mhz de São Paulo iniciava as suas atividades.

Em outubro de 1996 a Metropolitana FM é relançada por Jayr Sanzone Júnior, porém com um novo formato onde passa a ser dedicada para o público jovem,[1] em 29 de novembro do mesmo ano é lançado o programa Chupim que se tornou um dos maiores sucessos da rádio e é exibido até hoje.[2]

Em 1998 Jayr Sanzone Júnior se associa com seu irmão Jácomo Sanzone e reformula a rádio que ganha novo logo e novos programas.[3]

Em 2002 a emissora contrata para sua direção artística Wagner Rocha, o Waguinho, que já havia dirigido outras emissoras como Jovem Pan 2 FM, Sucesso e Band FM, sendo responsável pelos picos de audiência que a emissora registrou em sua trajetória no FM de São Paulo, chegando a estar entre as cinco rádios mais ouvidas da capital paulista (dados do Instituto Ibope).

A partir de 2006, Wagner Rocha deixa a direção da emissora e passa a coordenar a 89 FM, então ex-Rádio Rock, que decide investir numa programação muito semelhante à da Metropolitana por conta de uma baixa no índices de audiência da rádio, que vinha perdendo ouvintes para as emissoras de segmento "pop/jovem". Nos próximos seis anos a Metropolitana tenta se posicionar no mercado de rádio em meio a uma forte concorrência em que revezava com a 89 FM a segunda colocação no público jovem.

Em 2013 a emissora inicia uma nova fase, apostando em novidades e mudanças na sua playlist. Após saída da 89 FM devido ao retorno da antiga Rádio Rock[4] , Waguinho reassume a direção artística da Metropolitana[5] com o objetivo de reposicionar a rádio entre as mais ouvidas da capital paulista. Com isso a programação passou a contar com programas semelhantes aos da fase pop da 89 - incluindo a adição da marca "Play", nome que vem da produtora de Waguinho, a MultiPlay - como o MetroPlay, a contratação de Mução (famoso programa sucesso na rádio Mix FM), a alteração no formato do programa Cafeína que passou a ser noturno e a aposta em ritmos como funk no programa MetroNight.[6]

Equipe[editar | editar código-fonte]

Locutores[editar | editar código-fonte]

Apresentadores[editar | editar código-fonte]

Programas[editar | editar código-fonte]

Nome Conteúdo
A Hora do Mução O programa de trotes de maior sucesso do rádio brasileiro, transmitido por mais de 100 emissoras em rede, agora também esta na Metropolitana! De segunda a sexta, às 8:00hs da manhã.
Bônus Metropolitana Trinta minutos diretos, sem intervalo, com as melhores musicas do momento. Todos os dias, em várias edições.
Cafeína Late Show A sua dose diária de bom humor. O programa mais animado da madrugada! De segunda a sexta, às 00:00hs.
Chupim O programa que já virou tradição em São Paulo! Beby e sua turma fazem do horário de pico no trânsito o momento mais humorado do dia, com os melhores trotes ao vivo, entrevistas pra lá de doidas e, claro, muita interatividade com os ouvintes. De segunda a sexta, às 18:00hs.
Deixa Rolar O ouvinte é quem manda na programação! Você escolhe três musicas, manda sua inscrição via site ou telefone a ainda fatura prêmios incríveis! De segunda a sexta, às 16:00hs.
MetroNews Realizado em parceria com o jornal Metronews, e com apresentação de Márcio Cruz, apresenta novidades tecnológicas, situação do trânsito, lançamentos do mundo dos games, destaques internacionais e os boletins mais antenados do rádio brasileiro. De segunda a sexta, às 7:00hs.
MetroPlay Duas horas diretas de música, sem intervalo, e com muitos prêmios. Diariamente, em várias edições.
MetroNight É o programa das melhores mixagens e novidades das pistas eletrônicas do mundo e com uma pitada do funk brasileiro. A combinação perfeita para sua noite! Conta também com transmissão ao vivo direto das melhores baladas de São Paulo. Sexta e Sábado, às 22:00hs.
Sem Parar O programa que turbina seu fim de semana, com seis horas diretas de música, sem intervalos, e com prêmios de hora em hora. Sábados e Domingos, às 12:00hs
Top Metropolitana A parada com as musicas mais pedidas por você, por telefone, Twitter, Facebook e pelo site da rádio. Todos os dias, às 17:00hs.
Toca 10 A Metropolitana manda dez musicas, sem intervalo comercial, e o ouvinte que anota todas as musicas entra ao vivo e se acerta tudo ganha, na hora, vários prêmios! De segunda a sexta, ao 12:00hs.
3 no face O ouvinte escolhe através do Facebook uma entre três opções de músicas e a mais votada volta inteirinha na programação! De segunda a sexta, às 13:15hs e 20:15hs.
No FLOW Novidade da programação em 2014, o programa reúne os sucessos do funk carioca e paulista em uma hora diária com entrevistas, bate papo e interatividade com os ouvintes. Tudo para dar um "up" na sua noite. Diariamente, às 21:00hs.

Cafeína Late Show[editar | editar código-fonte]

Cafeína Late Show[7] , ou simplesmente Cafeína é um programa noturno de humor da Rádio Metropolitana FM, que vai ao ar, ao vivo, de segunda a sexta-feira, de meia-noite às duas horas da manhã.

Entrou no ar em 2007 com apresentação de Dani Zanetti e Marcelo Batista[8] , este que permanece até hoje apresentando a atração e contava com diversos quadros como o quadro "Rádio Relógio", onde Marcelo e Dani acordavam ouvintes com trotes e também o quadro "Necessitados", onde, com a ajuda dos próprios ouvintes, ajudavam pessoas com dificuldades materiais.

É tradicionalmente conhecido pelos trotes que prega em pessoas indicadas pelos ouvintes. Na maioria das vezes, a pessoa pega pelo trote fica muito furiosa e no auge da fúria é revelado a ela que se trata de uma pegadinha da Rádio Metropolitana FM , a pessoa que "solicitou a trolagem" e a famosa vinheta cantando "Nós pegamos, pegamos, pegamos mais um. Cafeína Late Show."

Atualmente é apresentado pelo bem humorado Marcelo Batista, ou simplesmente "Batista", seu "pseudo-ajudante" Caipira (Eduardo Huada) e a "misteriosa" personagem Mini Ruth, que nunca revela o seu rosto.

No formato atual, no início do programa é proposto um tema ou uma pergunta bizarra a audiência que interage pelas redes sociais, como Twitter e Facebook e ainda por telefone.

No quadro "Qual o seu problema?" os apresentadores escutam e tentam dar soluções aos problemas dos ouvintes. Já no quadro "Papai eu quero" , realizado em parceria com a Loja do Prazer, é proposto um desafio para o ouvinte, como, por exemplo, imitar sons de orgasmos, cantar uma música, acordar alguém, entre outros, e uma vez cumprido o desafio, o ouvinte é presenteado com um Kit Erótico.

O Cafeína Late Show é líder absoluto de audiência, no horário das 00 às 02:00hs, no público jovem, em São Paulo, segundo dados do Instituto IBOPE.

Chupim[editar | editar código-fonte]

O Chupim é um programa de humor, criado em 1996, a partir de uma brincadeira dos locutores, é o "carro chefe" da emissora e, também, líder absoluto de audiência na Grande São Paulo durante sua transmissão, entre 18:00hs e 20:00hs, segundo dados do Instituto IBOPE.

Apresentado por Beby (cujo verdadeiro nome é Marcelo Barbur), Bronca e Pércia, o humorístico é tradicionalmente conhecido por passar trotes ao vivo em pessoas que publicam anúncios "bizarros" em classificados. Alguns deles, de tanto sucesso, acabaram virando radionovelas.

O trote de maior repercussão ocorreu em 2009, quando Barthô (Fernando Xavier), na época assistente de Beby, deu entrevistas[9] [10] para rádios de outros países se passando pelo então presidente Lula. A repercussão do caso foi tão grandiosa[11] [12] [13] que foi destaque em diversos jornais internacionais e obrigou o governo brasileiro a se pronunciar sobre o assunto. Por meio de um porta-voz, o gabinete presidencial informou que havia repassado o assunto para o gabinete de segurança da presidência da República.

O programa possui parcerias com diversas empresas, como com a rede de hipermercados Carrefour, onde realiza promoções todas as quartas e sextas, presenteando ouvintes com vale-compras de R$100,00 e R$500,00.

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

  • Foi a emissora oficial do Playcenter, tendo sua programação tocada durante seu funcionamento.
  • É a rádio oficial do Skol Sensation.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre Rádio é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.