Monte Castelo (Santa Catarina)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Monte Castelo
Bandeira de Monte Castelo
Brasão de Monte Castelo
Bandeira Brasão
Hino
Fundação 15 de maio de 1962 (52 anos)
Gentílico monte-castelense
Prefeito(a) Aldomir Roskamp (PMDB)
(2009–2012)
Localização
Localização de Monte Castelo
Localização de Monte Castelo em Santa Catarina
Monte Castelo está localizado em: Brasil
Monte Castelo
Localização de Monte Castelo no Brasil
26° 27' 43" S 50° 13' 51" O26° 27' 43" S 50° 13' 51" O
Unidade federativa  Santa Catarina
Mesorregião Norte Catarinense IBGE/2008 [1]
Microrregião Canoinhas IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Major Vieira, Papanduva, Rio do Campo e Santa Cecília
Distância até a capital 402 km
Características geográficas
Área 561,732 km² [2]
População 8 348 hab. Censo IBGE/2010[3]
Densidade 14,86 hab./km²
Altitude 820 m
Clima Mesotérmico úmido, com verão quente e temperatura média de 16°C.
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,737 alto PNUD/2000 [4]
PIB R$ 92 234,312 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 11 063,25 IBGE/2008[5]
Página oficial

Monte Castelo é um município brasileiro do Estado de Santa Catarina.[editar | editar código-fonte]

Localiza-se a uma latitude 26º27'44" sul e a uma longitude 50º13'52" oeste, estando a uma altitude de 820 metros.

Sua população estimada em 2011 era de 8.346 habitantes.

O principal acesso é pela rodovia BR-116.

==

==

História[editar | editar código-fonte]

Com a resolução nº 1/62, de 14 de fevereiro de 1962, da Câmara Municipal de Papanduva, ratificada pela lei estadual nº 818, de 23 de abril de 1962, foi criado o município de Monte Castelo. O nome Monte Castelo, foi uma homenagem aos expedicionários brasileiros que participaram da II Guerra Mundial, na tomada de Monte Castelo na Itália.

Economia[editar | editar código-fonte]

A economia do Município baseia-se principalmente na agricultura familiar sendo os principais produtos: - Fumicultura. - Avicultura: Frango. - Grãos: Soja, milho, feijão. - Bovinocultura de corte : Raças Charoles e Nelore - Bovinocultura de Leite: Raças Holandesa e Jersey - Ovinocultura: Raças Texel, Ile de France, Hampshire - Fruticultura: Maça (Castel Gala), Caqui (fuyu e Kyoto) e Pêra. - Piscicultura: Bagre, Tilápia e Carpa.

Destacam-se ainda, o beneficiamento de madeira e a silvicultura na produção de mudas, principalmente de pinos e eucalipto, bem como áreas de florestamento e reflorestamento com os mesmos.

Há também a extração e beneficiamento de erva mate.

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil. Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial. Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Página visitada em 5 dez. 2010.
  3. Censo Populacional 2010. Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Página visitada em 11 de dezembro de 2010.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil. Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  5. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Página visitada em 11 dez. 2010.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Santa Catarina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.