Araquari

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Araquari
"Capital Catarinense do Maracujá"
Bandeira de Araquari
Brasão de Araquari
Bandeira Brasão
Hino
Fundação 5 de abril de 1876 (139 anos)
Gentílico araquariense
Prefeito(a) João Pedro Woitexem (PMDB)
(2013–2016)
Localização
Localização de Araquari
Localização de Araquari em Santa Catarina
Araquari está localizado em: Brasil
Araquari
Localização de Araquari no Brasil
26° 22' 12" S 48° 43' 19" O26° 22' 12" S 48° 43' 19" O
Unidade federativa  Santa Catarina
Mesorregião Norte Catarinense IBGE/2008[1]
Microrregião Joinville IBGE/2008[1]
Municípios limítrofes Balneário Barra do Sul, Barra Velha, Guaramirim, Joinville, Massaranduba, São Francisco do Sul, São João do Itaperiú
Distância até a capital 182 km
Características geográficas
Área 383,993 km² [2]
População 31,030 hab. Censo IBGE/2014
Densidade 64 61 hab,/km²
Altitude 9 m
Clima Mesotérmico úmido, com verão quente Cfa
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,767 alto PNUD/2000[3]
PIB R$ 297 255,561 mil IBGE/2008[4]
PIB per capita R$ 13 230,76 IBGE/2008[4]
Página oficial
Prefeitura www.araquari.sc.gov.br

Araquari é um município brasileiro do estado de Santa Catarina. Localiza-se a uma latitude 26º22'12" sul e a uma longitude 48º43'20" oeste, estando a uma altitude de 9 metros. Sua população em 2010 era em 24.810 habitantes.

Etimologia[editar | editar código-fonte]

Em mapas antigos, o nome é grafado como Lecori, Ancori, Lencori, Aracoary e Araquari; a grafia exata provavelmente provém de “ará” – papagaio grande; “quara” ou “cuara”- buraco, garganta, refúgio e “y” – água.

História[editar | editar código-fonte]

Origens e povoamento[editar | editar código-fonte]

Inicialmente, o atual município de Araquari era denominado Paranaguá-Mirim, cujo significado é "boca de barra", cujo cidadão português que deu o nome foi Manoel Vieira. Em 1848, ocorreu a chegada do senhor de escravos, Joaquim da Rocha Coutinho e de Manoel Vieira, já se estabelecendo na margem esquerda do rio Parati, ao qual é hoje o município de Araquari. Pela decisão de quem queria ser o fundador de uma vila, não ocorreu a chegada dos dois a um acordo quanto ao local, sendo a questão resolvida pelo Juízo da Comarca de São Francisco do Sul, favorável a Rocha Coutinho, cidadão o qual foi o construtor de casas enfileiradas, margeando o rio Parati, servindo de cercado para pastagens e plantações.[5] [6]

De domínio público, a legislação criadora do Distrito de Parati, aprovada em 1854, se transcreve ipsis litteris, logo abaixo:[5]

"Lei nº 375, de 8 de junho de 1854"

João José Coutinho, Presidente da Província de Santa Catarina,

Faço saber a todos os seus habitantes, que a Assembléia Legislattva Provincial decretou, e eu sancionei a seguinte Lei:

Art. 1º - O território compreendido entre os rios Cubatão e Itapocu, no Município de São Francisco, fica desmembrado da Paróquia de Nossa Senhora da Graça para formar uma nova freguesia, com a invocação do Senhor Bom Jesus do Paraty, precedendo as licenças do ordinário na forma da Constituição do Bispado.

Art. 2º - Os moradores do território, de que trata o artigo anterior, construirão it sua custa a Igreja, que tem de servir de Matriz da Freguesia, em terrenos para êsse fim doados pelo cidadão Manoel Pereira Lima e sua mulher, e também construirão à sua custa o Cemitério, em terrenos já doados, ou que possam ser doados, em distância não menor de duzentas braças do arraial da Freguesia.

Art. 3º - A Freguesia terá por limites: ao norte, a margem direita do rio Cubatão, e ao sul, a margem esquerda do rio Itapocu, ficando o Presidente da Província autorizado a designar os limites do interior.

Art. 4º - Da importância que se arrecadar, do donativo voluntário de 20 réis em .alqueire de farinha exportado da cidade de Nossa Senhora das Graças, pertencerá à Matriz desta nova Freguesia, a quota correspondente à produção da mesma Freguesia; autorizado o Presidente da Província para regular convenientemente a efetividade de sua entrega, desde já.

Art. 5º - O mesmo Presidente criará desde já, um distrito de Paz na nova Freguesia, revogadas as disposições em contrário.

Mando, portanto, a tôdas as autoridades, a quem o conhecimento e execução da referida Lei pertencer, que a cumpram e façam cumprir tão inteiramente, como nela se contém. O Secretário desta Província a faça imprimir, publicar e correr. Dada no Palácio do Govêrno da Província de Santa Catarina, aos oito dias do mês de junho de mil oitocentos e cinqüenta e quatro, trigésimo terceiro da Independência e do Império.

João José Coutinho.

Carta de Lei, pela qual V. Excia. manda executar o Decreto da Assembléia Legislativa Provincial, que houve por bem sancionar, desmembrando da Paróquia de Nossa Senhora das Graças, o território compreendido entre os rios Cubatão e ltapocu, no Município de São Francisco, para formar uma nova Freguesia, com a invocação do Senhor Bom Jesus do Paraty, precedendo às licenças do Ordinário, como acima se declara. Para V. Excia. ver. José Caetano Cardoso a fêz.

Nesta Secretaria do Govêrno da Província de Santa Catarina, foi selada e publicada a presente Lei aos 8 dias do mês de junho de 1854.

Manoel da Costa Pereira.

Registrada a fls. 89v. do Livro 4º de Leis Provinciais. Secretaria do Govêrno da Província de Santa Catarina, 9 de junho de 1854.

José Caetano Cardoso.

Formação administrativa e judiciária[editar | editar código-fonte]

Em 1876, a Lei provincial nº 797, de 5 de abril, criou o município, sendo instalado em 15 de janeiro de 1877. Na Divisão Administrativa do Brasil, em referência a 1911, no território municipal de Parati integravam três distritos: o da sede, o de Barra Velha e o de Itapocu.[5] [6]

A Lei estadual nº 1451, de 30 de agosto de 1923, suprimiu Parati. Mas dois anos após, a Lei estadual nº 1512, de 30 de outubro de 1925, restaurou o município, sendo reinstalado a 1º de janeiro de 1926. O Decreto-lei estadual nº 941, de 31 de dezembro de 1943, deu ao município e ao seu distrito-sede o nome de Araquari.[5] [6]

De acordo com o texto da Resolução nº 1, de 6 de novembro de 1956, da Câmara Municipal de Araquari cuja legislação promulgadora foi a Lei nº 271, de 3 de dezembro de 1956, criou-se o município de Barra Velha, que se desmembrou do município de Araquari, na época compondo-se do distrito da sede e de São João do Itaperiú, município emancipado em 1992. O município de Barra Velha foi instalado em 22 de dezembro de 1957, em conformidade ao Decreto nº 53, de 21 de dezembro de 1956, do Governo do Estado. Porém, em 11 de maio de 1957, de acordo com uma decisão judicial do Supremo Tribunal Federal foi declarada a inconstitucionalidade da Lei nº 271/1956, do Estado de Santa Catarina, legislação criadora do município de Barra Velha.[5] [6]

A legislação que criou o Distrito foi a Lei provincial nº 375, de 8 de junho de 1854, denominando-o Parati. O atual município de Araquari se desmembrou do município de São Francisco do Sul, pela Lei provincial nº 797, de 5 de abril de 1876, sendo instalado a 5 de janeiro de 1877. A Lei estadual nº 1451, de 30 de agosto de 1923, suprimiu o município de Parati. Entretanto, dois anos após, a legislação que restaurou o município de Araquari foi a Lei estadual nº 1 512, de 30 de outubro de 1925, instalando-se de novo o território araquariense, em 1º de janeiro de 1926. A divisão política do município de Araquari, datada de 1º de março de 1958, se compunha dos distritos a saber: Araquari (sede), Barra Velha e Itapocu. Araquari se subordina à Comarca e Termo de São Francisco do Sul.[5] [6] A atual legislatura se instalou em 2013, tendo vencido as eleições o Prefeito Municipal, o senhor João Pedro Voitexem,[7] e constituindo-se a Câmara Municipal de 11 vereadores.[8]

População[editar | editar código-fonte]

A população do município registrada em 1866 era de 2.536 pessoas. Em 1970, eram 9.374 moradores; em 1996 eram 13.807 habitantes e, em 1998, a projeção do IBGE indicava como população rural 2.840 homens e 2.640 mulheres, totalizando 5.530 habitantes, correspondendo a 29% da população do município.

No mesmo censo, a população urbana apresentava 7.118 homens e 6.858 mulheres, totalizando 13.946 habitantes, representando 71% da população total de 19.504 habitantes.

No ano de 2000, a população do município era de 23.547, sendo 12.070 homens e 11.477 mulheres. Atualmente são 21.111 habitantes segundo a prefeitura do município, e esta população cresce muito pouco no verão, atingindo na alta temporada aproximadamente 22.500 pessoas.” Tais dados demonstram que a cidade não pode ser considerada como destino turístico de verão, no litoral norte catarinense.

Principais atividades econômicas[editar | editar código-fonte]

A principal atividade econômica de Araquari alicerçada na agricultura, com destaque para as culturas do arroz, da banana e, é claro, do maracujá - a que mais se destaca e caracteriza a cidade como a Capital Catarinense do Maracujá.

BMW construirá fábrica de automóveis[editar | editar código-fonte]

A Bayerische Motoren Werke AG (BMW), fabricante alemã de automóveis de luxo e motocicletas, construiu uma fábrica de automóveis na cidade de Araquari, no km 66 da Rodovia BR-101.[9] A montadora alemã receberá financiamento de R$ 200 milhões da Agência de Fomento do Estado de Santa Catarina S.A. - Badesc, para se instalar no estado da Região Sul que ainda não tinha uma montadora. O crédito do Estado será para compra do terreno e construção da infraestrutura básica em Santa Catarina, e devolverá o valor em forma de impostos no prazo máximo de oito anos. A construção da fábrica começará em abril de 2013, e a expectativa é que a unidade entre em funcionamento no final de 2014. A BMW deverá investir mais de 200 milhões de euros para construir a fábrica. Quando estiver em funcionamento, a montadora deverá gerar cerca de 1.500 empregos. Para o grupo BMW o mercado no Brasil tem grande potencial.[10] A produção poderá chegar a 30 mil veículos por ano, dependendo da demanda do mercado. O primeiro modelo a ser produzido será o sedan da Série 3. A BMW fabrica automóveis e motocicletas em 29 cidades distribuídas em 14 países.[11]

Características geográficas[editar | editar código-fonte]

Possui uma área de 402,62 km². No que diz respeito aos atrativos naturais, o município possui inúmeros rios e braços de rios facilmente navegáveis, os manguezais com sua exuberante flora e fauna, o salto d`água do Guamiranga a, aproximadamente, 50Km da sede do município, na divisa com São João do Itaperiú. Administrativamente Araquari já passou por varias mudanças, tendo seu território alterado por várias vezes.

Educação[editar | editar código-fonte]

O município apresenta, segundo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE, um quadro de escolaridade representado por 4.428 matrículas nos diferentes níveis; (educação infantil - pré-escolar - 183; 1ª a 4ª séries - 2.570; 5ª a 8ª séries - 1.048; ensino médio - 293; supletivo - 335), que corresponde a 23% da população do município nos bancos escolares.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Visitado em 5 dez. 2010.
  3. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil Atlas do Desenvolvimento Humano Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  4. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Visitado em 11 dez. 2010.
  5. a b c d e f Ferreira 1959, p. 19-20
  6. a b c d e IBGE. Histórico Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Visitado em 26 de abril de 2015.
  7. Candidatos a Prefeito Araquari - SC Eleições 2012. Visitado em 26 de abril de 2015.
  8. Josi Tromm Geisler (15 de janeiro de 2015). Câmara de Vereadores de Araquari tem eleição de nova mesa diretora Notícias do Dia. Visitado em 26 de abril de 2015.
  9. BMW vai construir fábrica no Brasil, diz vice-presidente da empresa. globo.com. 18 de outubro 2012
  10. BMW terá unidade de produção no interior de SC. istoedinheiro.com.br. 11 de agosto 2013
  11. BMW receberá financiamento de R$ 200 milhões para se instalar em SC. Deutsche Welle Online. 24 de outubro 2012

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Santa Catarina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Araquari