Corupá

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Corupá
Corupa Rota Cachoeiras.jpg

Bandeira de Corupá
Brasão de Corupá
Bandeira Brasão
Hino
Fundação 7 de julho de 1897 (117 anos)
Gentílico corupaense
CEP 89278-000
Prefeito(a) Luis Carlos Tamanini
(2009–2012)
Localização
Localização de Corupá
Localização de Corupá em Santa Catarina
Corupá está localizado em: Brasil
Corupá
Localização de Corupá no Brasil
26° 25' 30" S 49° 14' 34" O26° 25' 30" S 49° 14' 34" O
Unidade federativa  Santa Catarina
Mesorregião Norte Catarinense IBGE/2008 [1]
Microrregião Joinville IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Jaraguá do Sul, Rio dos Cedros, Rio Negrinho, São Bento do Sul
Distância até a capital 220 km
Características geográficas
Área 405,003 km² [2]
População 13 852 hab. Censo IBGE/2010[3]
Densidade 34,2 hab./km²
Altitude 75 m
Clima subtropical
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,78 alto PNUD/2010[4]
PIB R$ 185 745,216 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 14 020,62 IBGE/2008[5]
Página oficial

Corupá é um município brasileiro do estado de Santa Catarina. Localiza-se a uma latitude 26º25'31" sul e a uma longitude 49º14'35" oeste, estando a uma altitude de 75 metros. Sua população estimada em 2011 era de 14.006 habitantes. Possui uma área de 407,97 km².

O município é considerado a capital catarinense da banana, das plantas ornamentais e das orquídeas.

História[editar | editar código-fonte]

Foi fundado em 7 de julho de 1897 por Otto Hillbrecht e seu filho Otto Hillbrecht Filho, que compraram os lotes número 06 e 07 por 259$00 e 456$00 réis respectivamente. Foram os primeiros a deixarem registrado por escrito sua chegada a Hansa Humboldt.

O nome Hansa Humboldt foi dado em homenagem ao naturalista alemão Alexander von Humboldt e à Companhia Hanseática de Colonização, denominada Hansa Humboldt, dirigida por Karl Fabri e que tinha um contrato com o governo de Santa Catarina, para colonizar o Estado.

Corupá foi colonizada por imigrantes italianos, austríacos, suíços e, principalmente, por alemães.

Em 1908 Hansa Humboldt foi elevado à categoria de distrito de Joinville, sendo o senhor Ernesto Rucker, o primeiro intendente.

A 1 de janeiro de 1944 o nome de Hansa Humboldt foi mudado para Corupá, devido à Segunda Guerra Mundial, passando os imigrantes e descendentes alemães a serem perseguidos dentro do Brasil. Não se podia mais falar a língua alemã. Assim, os habitantes de Hansa, amedrontados, nunca se perguntaram o porquê da mudança, quem mudou e o que significava o nome. Corupá teve sua emancipação política no dia 25 de julho de 1958. O primeiro prefeito eleito foi Willy Germano Gessner.

Corupá é um nome de origem indígena e significa paradeiro de seixos (lugar de muitas pedras). Limita-se ao norte com São Bento do Sul, ao sul com Rio dos Cedros, a oeste com Rio Negrinho e a leste com Jaraguá do Sul.

Dados gerais[editar | editar código-fonte]

Possui uma área de 477 km², sendo 389,3 km² da zona rural e 78,70 km² da zona urbana. A temperatura média é de 20°C, sendo que a máxima atinge os 40°C.

Sua altitude é de 62 metros acima do nível do mar. População Atual é de 13.380 conforme Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1º de julho de 2009).

Corupá é a cidade natal da atriz Bruna Linzmeyer, revelada pela Rede Globo de Televisão na década de 2010.

Crescimento populacional[editar | editar código-fonte]

1940 = 3.532

1950 = 4.452

1950 = 5.669

1960 = 5.985

1970 = 6.550

1980 = 7.854

1991 = 9.895

1996 = 10.802

2000 = 11.236

2003 = 11.564

2005 = 12.202

2006 = 12.452

2007 = 12.882

2008 = 13.026

2009 = 13.380

2010 = 13.852

2011 = 14.006

2015 = 15.895*

2020 = 19.550*

Clima[editar | editar código-fonte]

O Clima do município de Corupá é considerado subtropical. O mês mais frio (julho) registra média das mínimas de 14°C, sendo que o mês mais quente (janeiro) registra média das máximas em torno de 26°C. Nos dias mais quentes do verão a temperatura pode chegar a ultrapassar a casa dos 35°C. Nos dias mais gélidos do inverno a mínima pode se aproximar de 0°C. Acontecem poucas geadas por ano, sendo que as mesmas não possuem muita intensidade, porém são fortes o suficiente para destruir bananais que geram boa parte da renda obtida na cidade. A temperatura mais alta já registrada foi de 39,6°C em janeiro de 1995, e a mais baixa foi de -4°C em julho de 1975, o mesmo ano o qual apresentou geadas fortes e grandes precipitações de neve em todo o sul do país.

Vegetação[editar | editar código-fonte]

A cidade possui uma vasta área de vegetação intocada a oeste do município. Há grandes áreas de mata Atlântica preservada no município, principalmente na serra a caminho do munício de São Bento do Sul, pela rodovia federal BR-280, onde é possível observar a grande quantidade de mata atlântica preservada nas propriedades do município.

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil. Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial. Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Página visitada em 5 dez. 2010.
  3. Censo Populacional 2010. Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Página visitada em 11 de dezembro de 2010.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil. Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2010). Página visitada em 15 de fevereiro de 2014.
  5. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Página visitada em 11 dez. 2010.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Santa Catarina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.