Osamu Dazai

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Dazai Osamu.jpg

Osamu Dazai (太宰 治, Dazai Osamu?, 9 de junho de 1909 - 13 de junho de 1948) é um autor japonês considerado um dos maiores escritores da literatura japonesa do século XX. Ele é conhecido por seu estilo de escrever irônico e pessimista, e por ser um expoente na literatura do estilo Watakushi shosetsu, que se trata de um romance escrito na primeira pessoa do singular, incorporando elementos autobiográficos. Osamu Dazai também ficou conhecido por sua obsessão com o suicídio, traço marcante em seus livros e também em sua vida, visto que ele tentou o suicídio por diversas vezes.

Também conhecido por ser alcoólatra, Dazai suicidou-se junto de sua última mulher, Tomie Yamazaki, afogando-se no canal Tamagawa, em um local que ficava próximo de sua casa. Seus corpos não foram descobertos até o dia 19 de junho, o que coincidiu com o seu aniversário de 39 anos. Sua sepultura está no templo Zenrin-ji, em Mitaka, Tokyo. [1]

Dentre suas obras, a mais popular é o romance autobiográfico chamado Ningen Shikkaku, que pode ser traduzida como "Nâo Humano" ou "Desqualificado para ser humano", lançada em 1948, e traduzida para diversos idiomas em todo o mundo.

Sua última obra escrita em vida chamaria-se Adeus, mas não foi concluída em decorrência do seu suicídio.

Citação[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Osamu Dazai
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.