Papabile

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes (desde fevereiro de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Papabile (em português "papável") é como se denominam os cardeais favoritos para a sucessão papal, segundo a imprensa e os vaticanistas. A Igreja católica considera que é o Espírito Santo que escolhe o Papa, através do conclave. Um ditado romano diz que quem entra num conclave como Papa, sai como cardeal.

No conclave de 2005, foi eleito um cardeal cotado para ser o novo papa era o Cardeal de 78 anos Joseph Ratzinger e nesse conclave tinha outros cardeais papabile era eles Dionigi Tettamanzi, Camillo Ruini, Angelo Sodano, Cláudio Hummes, Alfonso López Trujillo e Francis Arinze entre outros. O eleito,em 2013 Angelo Scola, Odilo Scherer,Marc Ouellet,Peter Turkson,Giorgio Ravasi,Leonardo Sandri,Timothy Dolan e Sean O`Connor eram os favoritos mas foi o inesperado Jorge Mario Bergoglio o vencedor.