Papabile

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde fevereiro de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Papabile (em português "papável") é como se denominam os cardeais favoritos para a sucessão papal, segundo a imprensa e os vaticanistas. A Igreja católica considera que é o Espírito Santo que escolhe o Papa, através do conclave. Um ditado romano diz que quem entra num conclave como Papa, sai como cardeal.

No conclave de 2005, por exemplo, eram considerados grandes papabili Dionigi Tettamanzi, Camillo Ruini, Angelo Sodano, Cláudio Hummes, Alfonso López Trujillo e Francis Arinze, entre outros, mas foi Joseph Ratzinger, um dos cardeais menos prováveis à sucessão papal, o eleito,em 2013 Angelo Scola, Odilo Scherer,Marc Ouellet,Peter Turkson,Giorgio Ravasi,Leonardo Sandri,Timothy Dolan e Sean O`Connor eram os favoritos mas foi o inesperado Jorge Mario Bergoglio o vencedor.