Parque Municipal Américo Renné Giannetti

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Parque Municipal

O Parque Municipal Américo Renné Giannetti, com 180.000 m², de área cercada e com guaritas em todas as entradas, é o principal parque de Belo Horizonte. Ele fica no centro da cidade, ao lado da Avenida Afonso Pena.

Em março de 1894, a comissão construtora que se instalou em Belo Horizonte, sob a coordenação do engenheiro Aarão Reis, incluiu, dentro das medidas tomadas, a decisão de transformar a chácara de Guilherme Ricardo Vaz de Mello em área de lazer para a população, dando origem ao Parque Municipal. O projeto inicial foi elaborado pelo arquiteto-jardineiro Paul Villon,[1] natural da França e aluno do naturalista também francês Glaziou, responsável pelo Jardim-Parque da Aclamação, no Rio de Janeiro.

Fundado em 26 de setembro de 1897, na época da construção da nova capital (Belo Horizonte). Reestruturado em 1992, através da Administração Regional Centro-Sul, em convênio firmado com a Companhia Vale do Rio Doce, sendo que algumas obras ainda ficaram por ser concluídas (complementação do orquidário, etc).

O parque foi inaugurado junto com a cidade. Porém, com o tempo, o parque perdeu mais que a metade de seu tamanho original.

Dentro desse parque há o Teatro Francisco Nunes, palco de grandes peças.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Guimarães, R. Parque Municipal. 2. ed. Belo Horizonte: Conceito, 2005. p. 13-14. ISBN 85-99348-02-7.