Pedro Pablo Ramírez

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Pedro Pablo Ramírez Machuca
Pedro Pablo Ramírez Machuca
24° Presidente da  Argentina
Período 7 de junho de 1943 - 25 de fevereiro de 1944
Antecessor(a) Arturo Rawson
Sucessor(a) Edelmiro Julián Farrell
Vida
Nascimento 30 de janeiro de 1884
La Paz, Entre Ríos, Argentina
Morte 11 de junho de 1962 (78 anos)
Buenos Aires, Argentina
Dados pessoais
Profissão Militar
Assinatura Assinatura de Pedro Pablo Ramírez

Pedro Pablo Ramírez (La Paz, 30 de janeiro de 1884Buenos Aires, 11 de junho de 1962)[1] foi um militar argentino, que ocupou a presidência da Argentina entre 1943 e 1944. Formou a chamada Revolução de 43.

Seu governo é marcado pelo autoritarismo, perseguindo os sindicatos comunistas e socialistas. Durante sua gestão é criada a Polícia Federal Argentina. Em dezembro de 1943 nomeia o coronel Juan Domingo Perón como titular da Secretaria do Trabalho. Perón implanta importantes medidas sociais que beneficiam trabalhadores e camponeses.[2]

Ramírez é pressionado pelos Estados Unidos para que a Argentina se junte a outros países do continente, declarando guerra à Alemanha. Em janeiro de 1944, a Argentina rompe com o Eixo e isto desagrada aos setores nacionalistas. Os chefes e oficiais do Exército retiram o apoio ao governo e Ramírez é deposto. Em 25 de fevereiro de 1944, assume a presidência o vice-presidente, general Edelmiro Farrell.[2]

Referências

  1. Pedro Pablo Ramírez Machuca (em espanhol) Genealogía Familiar. Visitado em 4/4/2015.
  2. a b Galeria de presidentes (em espanhol) Presidencia de la Nación Argentina. Visitado em 4/4/2015.
Precedido por
Arturo Rawson
Presidente da Argentina
1943 - 1944
Sucedido por
Edelmiro Julián Farrell
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.