Ralph Alger Bagnold

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Ralph Alger Bagnold, (3 de abril de 189628 de maio de 1990) foi um militar, explorador e geólogo britânico.

Durante a Segunda Guerra Mundial, Bagnold foi o fundador e o primeiro comandante de um agrupamento militar de deserto ("Long Range Desert Group"), organizado pelo Exército Britânico, para efetuar invasões atrás das linhas inimigas através do deserto da Líbia.

É conhecido pelo pioneirismo na exploração de desertos, incluindo a primeira travessia leste-oeste registrada pelo deserto Líbio em 1932. Pesquisou e publicou em 1941 um livro sobre o transporte da areia pelo vento, formação e movimentação das dunas, que ainda é uma referência sobre o assunto. Este trabalho foi usado pela NASA para estudar as dunas de areia de Marte. Também foi um especialista sobre a física da movimentação de sedimentos pela água.

É creditado a ele o desenvolvimento de uma bússola solar que não é afetada pelos grandes depósitos de minérios de ferro encontrados no deserto ou pelos veículos metálicos próximos, como ocorre com a bússola magnética.

Tornou-se membro da Royal Society em 1944. Foi laureado com o Prêmio G. K. Warren pela "Academia Nacional de Ciências dos Estados Unidos" em 1969, e com Medalha Wollaston pela Sociedade Geológica de Londres em 1971

Obras[editar | editar código-fonte]

  • "Lybian sands, travel in a dead world", 1935.
  • "The Physics of Blown Sand and Desert Dunes", 1941

Fontes[editar | editar código-fonte]

  • Maurice J. Kenn. "Biographical Memoirs of Fellows of the Royal Society", Vol. 37, 56-68, 1991.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]