Christian Gottfried Ehrenberg

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Christian Gottfried Ehrenberg
Biologia
Nacionalidade Alemanha Alemão
Nascimento 19 de abril de 1785
Local Delitzsch
Morte 27 de junho de 1876 (91 anos)
Local Berlim
Atividade
Campo(s) Biologia
Prêmio(s) Medalha Wollaston (1839), Medalha Leeuwenhoek (1875)

Christian Gottfried Ehrenberg (Delitzsch, 19 de abril de 1795Berlim, 27 de junho de 1876) foi um biólogo e zoólogo alemão.

Vida[editar | editar código-fonte]

Ehrenberg estuda inicialmente Teologia, e depois Medicina e Ciências Naturais em Berlim, onde se torna amigo do famoso explorador Alexander von Humboldt. Em 1818 completa sua dissertação de doutorado sobre um fungo, Sylvae mycologicae Berolinenses. De 1802 a 1825, durante uma expedição científica ao Oriente Médio, coleta centenas de amostras de plantas e de animais. Visita certas regiões do Egito, o deserto da Líbia, o vale do Nilo e a costa norte do mar Vermelho, onde estuda mais detalhadamente os corais. Continua suas viagens pela Síria, Arábia e Abissínia. Certos resultados dessas viagens e importantes amostras são repertoriados por Humboldt em 1826. A seu retorno, Ehrenberg publica diversos artigos sobre as particularidades dos insetos e dos corais, bem como dois volumes Symbelae physicae (1828-1834), onde certas particularidades de mamíferos e de aves são repertoriadas. Outros comunicados são endereçados a sociedades científicas. Em 1829 acompanha Humboldt do leste da Rússia à fronteira chinesa. De volta à Alemanha, concentra-se no estudo de microorganismos microscópicos que, até então, jamais haviam sido estudados de maneira sistemática.

Durante aproximadamente 30 anos Ehrenberg examina amostras de água, de solo, de sedimentos e de rochas.

Ehrenberg foi nomeado professor de Medicina na Universidade Humboldt de Berlim em 1827 e eleito membro da Royal Society de Londres em 1837. Em 1839 a Geological Society of London lhe condecora com sua mais alta recompensa, a medalha Wollaston. Ele também foi o primeiro titular da medalha Leeuwenhoek em 1875.

Após sua morte, suas coleções foram depositadas no Museum für Naturkunde da Universidade Humboldt de Berlim. A coleção Ehrenberg é composta de 40 000 preparados microscópicos, 5 000 amostras brutas, 3 000 desenhos a lápis e a tinta e uma correspondência de cerca de 1 000 cartas.

Publicações[editar | editar código-fonte]

  • Die Infusionsthierchen als vollkommene Organismen (2 volumes., Leipzig, 1838)
  • Mikrogeologie (2 volumes, Leipzig, 1854)
  • Fortsetzung der mikrogeologischen Studien, dans Abhandlungen der königlichen Akadademie der Wissenschaft (Berlin, 1875).


Precedido por
Richard Owen
Medalha Wollaston
1839
Sucedido por
André Hubert Dumont