Victor Moritz Goldschmidt

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Victor Moritz Goldschmidt quando jovem

Victor Moritz Goldschmidt ( Zurique, Suíça, 27 de Janeiro de 1888Oslo, Noruega, 20 de março de 1947 ) foi um químico norueguês. Junto com sua família foi para a Noruega em 1901.

Em 1912, assumiu como professor-assistente de mineralogia e petrografia na Universidade de Oslo ( na época “Det Kongelige Frederiks Universitet”); em 1914 como professor em Estocolmo e, em 1929, como professor de mineralogia em Göttingen. Durante muito tempo foi presidente da "Comissão Norueguesa de Materiais" (Statens Råstoffkomité).

Goldschmidt recebeu em 1912 o prêmio Fridtjof Nansen, a mais alta condecoração científica da Noruega, e foi laureado com a medalha Wollaston pela Sociedade Geológica de Londres em 1944.

É considerado como o co-fundador junto com Vladimir Vernadsky da geoquímica moderna e da química dos cristais. Criou a classificação geoquímica dos elementos químicos conhecida como classificação Goldschmidt.

O trabalho de Goldschmidt sobre os raios atômicos e iônicos foi considerado muito importante para o desenvolvimento da cristalografia. Seu trabalho na área inspirou a introdução do raio covalente de Pauling e o raio de van der Waals.

Goldschmidt interesessou-se particularmente pelas aplicações técnicas da ciência; foi o primeiro a empregar a olivina industrialmente.

Obras[editar | editar código-fonte]

  • "Die Kontaktmetamorphose im Kristianiagebiet"
  • "Geologisch-petrographische Studien im Hochgebirge des südlichen Norwegens"
  • "Geochemische Verteilungsgesetze der Elemente"
  • "Geochemistry" ( publicado postumamente, em 1954)

Referências[editar | editar código-fonte]

  • Brian Mason, "Victor Moritz Goldschmidt: Father of Modern Geochemistry", ISBN 0-941809-03-X

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikipedia-pt-hist-cien-logo.png Portal de história da ciência. Os artigos sobre história da ciência, tecnologia e medicina.