Reino da Germânia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Regnum Teutonicorum
Reino da Germânia
Blank.png
Séc. X – 962 Banner of the Holy Roman Emperor (after 1400).svg
Localização de Reino Germânico
Mapa do regnum Teutonicorum durante o reinado de Oto I, o Grande
Continente Europa
Capital Não especificada
Governo Não especificado
História
 • Império Carolíngio dividido em 3, uma das partes a Frância, futuramente o Reino da Germânia 843
 • Séc. X Fundação
 • 962 Dissolução

O Reino da Germânia originou-se da Frância oriental no século X.[1] Este reino foi o embrião do Sacro Império Romano-Germânico.

A partição oriental do Tratado de Verdun de 843 nunca foi inteiramente habitada por francos e era constituída também de grandes populações de saxões, bávaros, turíngios, alamanos e frísios. Quando a coroa passou para uma dinastia não-franca (os Liudolfings), o termo regnum Teutonicum ou Teutonicorum começou a ser usado informalmente.

Referências

  1. Gillingham (1991), p. 124, calls it "a single, indivisible political unit throughout the middle ages"; Robinson, "Pope Gregory", p. 729.
Ícone de esboço Este artigo sobre Estado extinto, integrado ao Projeto Estados Extintos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.