Sérgio Viotti

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Sérgio Viotti
Nome completo Sérgio Luiz Viotti
Nascimento 14 de março de 1927
São Paulo, SP
 Brasil
Morte 26 de julho de 2009 (82 anos)
São Paulo, SP
 Brasil
Ocupação ator e diretor
Atividade 1965 - 2009
IMDb: (inglês)

Sérgio Luiz Viotti (São Paulo, 14 de março de 1927 — (São Paulo, 26 de julho de 2009) foi um ator brasileiro.

Mudou-se para o Rio de Janeiro e publicou páginas literárias em jornais. Foi para Londres e na BBC fez crítica literária, foi tradutor, produtor, diretor e ator de rádio-teatro. Ali ficou até 1958. Em 57 dirigiu a atriz Madalena Nicol em monólogos no Arts Theatre, de Londres. Em 58, já no Brasil, continuou como diretor. Além de ator e diretor, Sérgio Viotti foi um dos fundadores da TV Cultura, quando ela passou à televisão educativa. Ele cuidava da parceria entre a Cultura e a BBC de Londres. Na década de 70 foi para a Rádio MEC, do Rio de Janeiro, como diretor artístico.

As telenovelas Olho por Olho e Olho no Olho, de que o ator participou, são frequentemente confundidas.

Américo Abreu e Manuel Melgaço, seus personagens em Anjo Mau e em Duas Caras, eram portugueses.

Dulcinéa Vai à Guerra da TV Bandeirantes, terminou no dia do aniversário de 54 anos de 1981.

Morreu de ataque cardíaco em 26 de julho de 2009, aos 82 anos, depois de três meses internado. Foi companheiro de Dorival Carper durante seus últimos 47 anos de vida.[1] [2]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Na televisão[editar | editar código-fonte]

No cinema[editar | editar código-fonte]


Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.