Túlio Lustosa Seixas Pinheiro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Túlio
Túlio
Túlio entregando camisa do Botafogo ao presidente Lula
Informações pessoais
Nome completo Túlio Lustosa Seixas Pinheiro
Data de nasc. 25 de abril de 1976 (38 anos)
Local de nasc. Brasília (DF),  Brasil
Altura 1,74 m
Destro
Apelido Túlio Guerreiro
Informações profissionais
Período em atividade 1995-presente (17 anos)
Clube atual Brasil Sobradinho
Número -
Posição Volante
Clubes de juventude
1995 Brasil Goiás
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos (golos/gols)
19952001
20012002
2002
20032005
20052006
20072008
2009
20092010
2010
2010-2012
2013
Brasil Goiás
Arábia Saudita Al-Hilal
Brasil Goiás
Brasil Botafogo
Japão Oita Trinita
Brasil Botafogo
Brasil Corinthians
Brasil Grêmio
Brasil Goiás
Brasil Figueirense
Brasil Sobradinho
0088 000(14)
0019 0000(0)
0068 0000(8)
0014 0000(2)
0029 0000(7)
0120 000(14)
0013 0000(0)
0040 0000(0)
0023 0000(0)
0107 0000(4)
000? 0000(?)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 09 de Outubro de 2011.

Túlio Lustosa Seixas Pinheiro, mais conhecido como Túlio Guerreiro (Brasília, 25 de abril de 1976), é um ex-futebolista brasileiro que atuava como volante. Atualmente trabalha como diretor de futebol.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Começou sua carreira em 1995 no Goiás. Chegou a atuar por um curto período como lateral-direito, mas destacou-se mesmo na posição da cabeça-de-área. Teve uma rápida passagem pelo Al-Hilal, entre 2001 e 2002. Retornou para o Goiás e depois, em 2003, transferiu-se para o Botafogo.

Túlio Guerreiro foi vice-campeão da Série B com o clube carioca, ajudando o Glorioso a voltar à Primeira Divisão do Campeonato Brasileiro, e, logo, tornou-se símbolo e ídolo da torcida. Seu principal parceiro no meio-de-campo à época foi o cabeça-de-área Fernando. Transferiu-se, no meio de 2005, para o Oita Trinita do Japão, declarando amor ao clube da Estrela Solitária e uma curiosidade, pretende se formar como médico após encerrar a carreira de futebolista.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva conversa com Túlio e Bebeto de Freitas, jogador e presidente do Botafogo, respectivamente, durante cerimônia de assinatura do decreto que regulamenta a Timemania.

Pretendendo encerrar a carreira no Botafogo em 2010, Túlio retornou ao Glorioso em 2007, quando foi campeão pela primeira vez pelo clube, da Taça Rio daquele ano. Formando a dupla de volantes titular ao lado de Leandro Guerreiro, Túlio ajudou o time, treinado por Cuca. a chegar a algumas decisões dos torneios que o Botafogo disputou. No entanto, ficou marcado por ter participado da fatídica derrota de virada para o River Plate, pela Copa Sul-americana. Sua temporada foi atrapalhada por uma suspensão, em âmbito nacional, após ter sido flagrado dando um ponta-pé no rosto de Leandro do São Paulo.

Túlio venceu com o Fogão a Copa Peregrino e, novamente, a Taça Rio em 2008. Jogou ao lado de Diguinho neste ano. Porém, repetindo a temporada anterior, fez parte do elenco que foi vice-campeão carioca, perdendo para o Flamengo. Atuou bem durante o campeonato estadual e foi escolhido para a seleção dos melhores do estudual. Túlio sempre foi homem forte do grupo de jogadores do clube, ídolo da torcida e torcedor assumido do clube, porém, ao final do ano, deixou o alvinegro, alegando desgaste psicológico [1] e assinou com o Corinthians até o final de 2010.[2]

Em 30 de abril de 2009, contudo, Túlio acabou deixando o Corinthians e assinou pelo Grêmio. Seu contrato com o time gaúcho vai até o final de 2010.[3]

No final de fevereiro de 2010, Túlio rescindiu seu contrato com o Grêmio assinou com o Goiás.[4]

Em dezembro de 2012, surpreendeu ao acertar com o Sobradinho, modesto clube do Distrito Federal, para a disputa do Campeonato Brasiliense e a Copa do Brasil do ano seguinte.[5]

Encerrou a carreira no fim de 2013, no próprio Sobradinho. Atualmente, exerce o cargo de diretor de futebol do clube.[6]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Goiás
Botafogo
Corinthians

Prêmios individuais[editar | editar código-fonte]

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Clube Competição Jogos Gols
Grêmio Copa Libertadores da América de 2009 6 0
Grêmio Campeonato Brasileiro de 2009 32 0
Grêmio Campeonato Gaúcho de 2010 1 0

Atualizadas em 22 de janeiro de 2009

Referências

  1. GloboEsporte.com - Túlio acerta rescisão e deixa o Bota - Atualizado em 02/12/08
  2. GloboEsporte.com - Corinthians anuncia a contratação do volante Túlio
  3. Tulio reforça o Grêmio (em Português). Portal Oficial do Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense (30 de abril de 2009). Página visitada em 30 de abril de 2009.
  4. Goiás acerta chegada do volante Túlio. Terra (28 de fevereiro de 2010). Página visitada em 1 de março de 2010.
  5. Com Fabão e Túlio, Sobradinho apresenta elenco para a temporada. globoesporte.globo.com (6 de janeiro de 2013). Página visitada em 6 de maio de 2013.
  6. Eduardo Zobaran (20/08/2014). Ex-volante do Botafogo e atual credor, Túlio é contra novo Ato Trabalhista. Jornal O Globo. Página visitada em 20/08/2014.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre um futebolista brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.