Tarō Asō

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta biografia de uma pessoa viva não cita as suas fontes ou referências, o que compromete sua credibilidade. (desde setembro de 2013)
Ajude a melhorar este artigo providenciando fontes confiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes confiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Taro Aso
麻生太郎
Taro Aso
麻生太郎
Primeiro-ministro do  Japão
Período de governo setembro de 2008 a
setembro de 2009
Antecessor(a) Yasuo Fukuda
Sucessor(a) Yukio Hatoyama
Vida
Nascimento 20 de Setembro de 1940 (74 anos)
Iizuka, Fukuoka
Dados pessoais
Partido PLD
Profissão economista, administrador de empresas e político

Taro Aso (麻生太郎, Asō Tarō?) (Iizuka, 20 de setembro de 1940) é um político japonês, atualmente (2014) ministro das finanças do seu país.

Presidente do Partido Liberal Democrata (PLD) do Japão e, desde 1979, membro da Casa dos Representantes, Taro Aso tornou-se o primeiro-ministro do Japão no dia 24 de setembro de 2008, sucedendo Yasuo Fukuda. Apenas dois dias antes, já havia sucedido este como presidente do PLD.

Aso é um dos poucos chefes de governo da história japonesa de religião católica em um país em que menos de 1% da população é cristã.

De 2005 a 2007, durante os governos de Shinzo Abe e Junichiro Koizumi, ele serviu como Ministro das Relações Exteriores. Além disso, foi brevemente secretário-geral do PLD em 2007 e de novo em 2008.

Renunciou ao cargo de primeiro-ministro em 30 de agosto de 2009, menos de 1 mês antes do fim de seu mandato.

Família[editar | editar código-fonte]

Taro Aso é filho de Takakichi Aso, ex-presidente da Companhia Aso de cimento e amigo do ex-primeiro-ministro Kakuei Tanaka (1972-1974), e de sua esposa Kazuko, filha do também ex-primeiro-ministro Shigeru Yoshida (1946-1947). Aso é trineto de Okubo Toshimichi, um dos líderes da Restauração Meiji. Sua irmã Nobuko é casada com o Príncipe Tomohito de Mikasa, primo-irmão do Imperador Akihito.

Taro é casado com Chikako Suzuki, terceira filha do ex-primeiro-ministro Zenko Suzuki (1980-1982).

Educação e juventude[editar | editar código-fonte]

Aso graduou-se pela Faculdade de Política e Economia da Universidade de Gakushuin, em Tóquio. Ele então estudou na Universidade de Stanford, nos Estados Unidos, mas teve que regressar ao país, pois sua família temia que ficasse muito "americanizado". Entretanto, ele acabou realizando outra viagem de estudos, na London School of Economics, Inglaterra.

Aso passou dois anos trabalhando em uma operação de mineração de diamantes na Serra Leoa, antes que a guerra civil o obrigasse a retornar ao Japão.

Em 1966, juntou-se aos negócios de seu pai, servindo como presidente da Companhia Aso de Mineração entre 1973 e 1979. Neste período, viveu por um ano em São Paulo, Brasil. Ele distanciou a companhia de sua reputação histórica: o uso de empregados forçados originários da Coreia quando esta ainda era uma colônia japonesa.

Fez parte da equipe japonesa de tiro desportivo nos Jogos Olímpicos de Verão de 1976, em Montreal, e foi presidente da Câmara Júnior Internacional em 1978.

Fã de mangás[editar | editar código-fonte]

Desde sua infância, Taro Aso é fã de mangás. No período em que estudou em Stanford, sua família costumava enviar mangás a ele. Em 2003, ele alegou que lia de 10 a 20 mangás por semana. Um de seus favoritos é Rozen Maiden.

Em 2007, já como ministro das Relações Exteriores, ele estabeleceu o Prêmio Internacional de Mangá para mangakas não-japoneses.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Tarō Asō
Precedido por
Yasuo Fukuda
Primeiro ministro do Japão
20082009
Sucedido por
Yukio Hatoyama
Ícone de esboço Este artigo sobre um político é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.