Partido Liberal Democrata (Japão)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Partido Liberal Democrata
自由民主党 ou 自民党
Jiyū-Minshutō ou Jimintō
Partido Liberal Democrata (Japão)
Líder Hidehisa Otsuji
Presidente Shinzō Abe
Secretário Shigeru Ishiba
Fundação 15 de novembro de 1955
Sede 1-11-23 Nagata-cho
Chiyoda-ku, Tóquio
Japão
Ideologia Conservadorismo[1]
Nacionalismo japonês[2] [3]
Populismo[4] [5] [6]
Espectro político Centro-direita[7]
Membros  (2012) 789 000
Afiliação internacional Nenhuma
Conselheiros
115 / 242
Representantes
295 / 480
Prefeitos
1 271 / 2 725
Cores       Verde
Site Partido Liberal Democrata
Política do Japão
Partidos políticos
Eleições

O Partido Liberal Democrata (em japonês: 自由民主党, transl. Jiyū-Minshutō), frequentemente abreviado como PLD (自民党, transl. Jimintō), é um partido político conservador, o maior partido do Japão. Vem mantendo-se regularmente no poder desde sua fundação, em 1955.

O PLD não deve ser confundido com o antigo Partido Liberal (自由党, Jiyūtō), já extinto.

Depois de uma vitória contundente nas eleições legislativas de 2005, o PLD manteve uma maioria absoluta na Câmara dos Representantes do Japão, e formou um governo de coalizão com o partido Novo Komeito. Shinzo Abe sucedeu Junichiro Koizumi, então primeiro-ministro, como presidente do partido no dia 20 de setembro de 2006. O partido sofreu uma derrota séria nas eleições de 2007, no entanto, e não possuem mais a maioria na Câmara dos Conselheiros. Em 12 de setembro de 2007, Abe renunciou repentinamente de seu cargo como primeiro-ministro, e foi substituído por Yasuo Fukuda. Após a eleição de 16 de dezembro de 2012, o Partido Liberal Democrata conseguiu eleger a maioria da Câmara Baixa da Dieta, contando com 328 das 478 cadeiras. Assim, em 26 de dezembro, Abe é reconduzido ao posto de primeiro-ministro[8] [9] .

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Karan, Pradyumna P. (2005), Japan in the 21st century: environment, economy, and society, University Press of Kentucky, http://books.google.co.uk/books?id=wS5kcRvShg8C&pg=PT259&dq=Liberal+Democratic+Party+Japan+conservative&hl=en&sa=X&ei=5ZZXT9XDIpHoObG-0Y0N&ved=0CE0Q6AEwBTgK#v=onepage&q=Liberal%20Democratic%20Party%20Japan%20conservative&f=false 
  2. "Liberal Democratic Party (LDP) to push their nationalist agenda", AP.org
  3. "Power to push through his party's nationalist platform", Philstar.com
  4. Neo-Liberal Populism in Japan--Koizumi's Success in the LDP Presidential Election in Comparative Perspective (in Japanese), Ci.nii.ac.jp, Okumi H.
  5. How Junichiro Koizumi seized the leadership of Japan's Liberal Democratic Party, IKUO KABASHIMA and GILL STEEL, Japanese Journal of Political Science, Cambridge Journals Online
  6. Populist Appeals in Election, and Claims of Political Theater, MARTIN FACKLER, The New York Times, September 16, 2008
  7. The Liberal Democratic Party is widely described as centre-right:
  8. Parlamento japonês nomeia Shinzo Abe como novo primeiro-ministro (em português) Folha de S. Paulo
  9. Parlamento do Japão nomeia Shinzo Abe como novo primeiro-ministro (em português) Globo.com
Ícone de esboço Este artigo sobre política, partidos políticos ou um político é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.