Tower Bridge

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde agosto de 2010).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Ponte da Torre
Tower Bridge
A Tower Bridge à noite
Nome oficial Tower Bridge
Arquitetura e construção
Design Ponte basculante/Ponte pênsil
Mantida por City Bridge Trust
Início da construção 1886
Término da construção 1894 (119–120 anos)
Data de abertura 30 de junho de 1894 (120 anos)
Dimensões e tráfego
Comprimento total 244 m
Altura máxima 42 m
Tráfego 40 000 veículos/dia
Geografia
Cruza Rio Tâmisa
Localização Cidade de Londres, Londres
 Reino Unido

A Tower Bridge (em português Ponte da Torre) é uma ponte-báscula construída sobre o rio Tâmisa, na cidade de Londres, capital da Inglaterra. Foi inaugurada em 1894 e, atualmente, é um dos pontos turísticos mais visitados da cidade, além de ser conhecida como uma das pontes mais famosas do mundo. É localizada ao lado da Torre de Londres.

História[editar | editar código-fonte]

A Tower Bridge, vista da Estrada de Santa Catarina

A Tower Bridge já foi alvo de vários acontecimentos que não se encontram facilmente e já teve destaque em alguns filmes e animes, como "O Diário de Bridget Jones", "007: O Mundo Não É O Bastante", "O Retorno da Múmia", "Kuroshitsuji" e "Sherlock Holmes".

No verão de 1912, o piloto Frank McClean, enquanto voava com seu biplano sobre o Tâmisa, não conseguiu atingir uma altura suficiente e teve de voar através da ponte, por baixo das passarelas. Outros pilotos fizeram o mesmo (mas propositalmente) em 1973 e 1978.

Em 1952, um ônibus doubledecker da linha 78 teve a falta de sorte de entrar na ponte quando suas básculas estavam sendo levantadas. Normalmente, um aviso sonoro é dado e o tráfego é fechado, mas, dessa vez, as coisas não aconteceram dessa forma. Albert Gunton, o motorista, percebeu que pista à frente estava afundando (o ônibus estava na pista que estava levantando, daí essa impressão) e logo que percebeu a situação em que se encontrava, acelerou e seu ônibus deu um salto de uma báscula para outra. Nenhum passageiro se feriu, e sua recompensa foi de 10 libras.

Em 2002, num projeto organizado pela British Broadcasting Corporation, a Tower Bridge foi escolhida como um dos melhores edifícios da Grã-Bretanha, ficando ao lado de outras estruturas grandiosas, como a Holyroodhouse, em Edimburgo; do Palácio de Windsor e da Catedral de Durham, no norte da Inglaterra.

Recentemente, a Tower Bridge foi usada para a gravação do clipe Midnight Memories, da banda britânica-irlandesa, One Direction.

A Tower Bridge nos dias de hoje[editar | editar código-fonte]

Atualmente, a Tower Bridge continua sendo de grande importância para o tráfego londrino, fazendo parte de um dos mais importantes corredores de tráfego da cidade, o London Inner Ring. Suas passarelas foram fechadas e, hoje, abrigam a Tower Bridge Experience, uma exposição permanente sobre a história da ponte.

Suas básculas não mais dependem das máquinas a vapor, um moderno sistema eletrônico é responsável por essa tarefa. Contudo, o antigo mecanismo ainda pode ser visto, na antiga sala de máquinas da ponte.

A estação do metrô mais próxima é Tower Hill.

A Tower Bridge ao pôr do sol
A Tower Bridge, decorada com os anéis olímpicos, durante as Olimpíadas de 2012.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Tower Bridge
Ícone de esboço Este artigo sobre uma ponte é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.