7/27

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
7/27
Capa da edição deluxe.
Álbum de estúdio de Fifth Harmony
Lançamento 27 de maio de 2016 (2016-05-27)
Gravação 2015–16
Gênero(s)
Duração 34:33
Idioma(s) Inglês
Formato(s) CD, download digital
Gravadora(s)
Produção
  • Aaron Pearce
  • Alex Purple
  • Jack Antonoff
  • Ammo
  • Brian Garcia
  • BloodPop
  • Tommy Brown
  • Dallas K
  • Kygo
  • Lukas Loules
  • The Monsters and the Strangerz
  • Andrew Goldstein
  • Emanuel Kiriakou
  • Royal Z
  • Sir Nolan
  • Stargate
Cronologia de Fifth Harmony
Reflection
(2015)
Singles de 7/27
  1. "Work from Home"
    Lançamento: 26 de fevereiro de 2016 (2016-02-26)
  2. "All in My Head (Flex)"
    Lançamento: 31 de maio de 2016 (2016-05-31)
  3. "That's My Girl"
    Lançamento: 19 de setembro de 2016 (2016-09-19)

7/27 é o segundo álbum de estúdio do girl group estadunidense Fifth Harmony. Ele foi lançado em 27 de maio de 2016 através das gravadoras Syco Music e Epic Records. Esse é o último álbum lançado com a integrante Camila Cabello antes da sua saída do grupo em 19 de dezembro de 2016.[3] "Work from Home", primeiro single do álbum foi lançado em 26 de fevereiro de 2016, a canção alcançou a quarta posição na principal tabela dos Estados Unidos, tornando-se o maior hit da banda até então. "The Life" foi lançado como single promocional em 24 de março de 2016. "Write on Me" foi o segundo single promocional foi lançado em 5 de maio de 2016. O álbum tem participações vocais de Ty Dolla $ign, Missy Elliott e Fetty Wap.

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

Em entrevista à Billboard, Camila disse, "Estamos prestes a começar a gravar nosso novo álbum depois de amanhã." A entrevista foi ao ar em 21 de setembro.[4]Em entrevista à Spin, Dinah Jane disse que 7/27 é "Um lado de Fifth Harmony que ninguém realmente tinha visto. No início, estávamos super felizes. Nosso primeiro álbum foi muito agitado. Desta vez, estamos mostrando realmente quem é Fifth Harmony por trás de portas fechadas."[5] O título e a capa do álbum foram reveladas em 25 de fevereiro através da página do Instagram oficial do grupo, com a seguinte legenda: "Sabemos que ouve muita conversa, mas queríamos que você ouvisse isso de nós... O nosso novo álbum 7/27 está chegando 20 de maio."[6]O título do álbum refere-se a 27 de Julho de 2012, data em que o grupo foi formado no reality show estadunidense The X Factor.

Ainda em outubro, Lauren disse à Billboard que Max Martin estava "fortemente envolvido" na produção do segundo álbum do grupo.[7] Em outra entrevista para Spin, Dinah disse que Martin tinha produzido 6 canções para o álbum desde que entrevista ocorreu. Harmony Samuels, que trabalhou anteriormente com elas, na canção para o filme Hotel Transylvania 2, "I'm in Love with a Monster", disse à Entertainment Scoop que ele está "atualmente trabalhando em um novo projeto com (Fifth Harmony)."

Em 22 de abril, foi anunciado que o grupo iria adiar a data de lançamento do álbum por uma semana, para 27 de maio. No dia seguinte, a plataforma digital da girl group no iTunes atualizou a lista de faixas com duas delas com o rótulo "explícito", será o primeiro lançamento de Fifth Harmony a conter letras explícitas.

L.A. Reid, em uma entrevista à Pressparty falando sobre o álbum, revelou que "Este é um dos melhores álbuns pop que eu ouvi em anos. Tipo, eu amo o álbum do Justin Bieber como um pop full-on. Eu acho isso incrível. E eu acho que este está perto". O músico também acrescentou que "eu estou orgulhoso desse álbum que elas fizeram. Eu amo cada canção".[8]

Composição[editar | editar código-fonte]

Em declarações à Billboard, Lauren disse que o grupo quer fazer o álbum soar "um pouco mais soulful". Ela também disse que o grupo quer apontar para um som mais R&B. De acordo com Dinah, suas faixas favoritas de seu álbum de estreia foram 'Reflection' e 'Going Nowhere', que inspirou o seu R&B e soul e deu direção para este álbum. Ao contrário de Reflection, onde o grupo não participou no processo lírico do álbum, Lauren disse em uma entrevista que que todas as cinco estarão mais envolvidas no processo do álbum liricamente.[9][10]

Ty Dolla $ign, colaboração do single Work from Home, disse que o principal motivo para sua colaboração na música foi por causa de sua filha.[11]

Lançamento e divulgação[editar | editar código-fonte]

No mesmo dia em que foi anunciado a capa do álbum, foi divulgado através do Twitter da banda, o nome e a data do lançamento do primeiro single do álbum, "Work from Home".[12] A gravadora teve sua primeira tentativa de divulgação da música pelas rádios, separando cada integrante em determinada região dos Estados Unidos, o projeto se chamou #WorkAcrossAmerica. Posteriormente, a canção teve sua primeira performance televisionada na cerimônia pós-Oscar Live! with Kelly and Michael,[13] seguido da performance no Jimmy Kimmel Live! onde recriaram o cenário do videoclipe.[14] O grupo também visitou França e Reino Unido para performarem a canção. [15] [16] O nome das faixas do álbum foi divulgado no Instagram oficial da banda em 29 de abril de 2016.

Singles[editar | editar código-fonte]

Em 26 de fevereiro de 2016, o grupo liberou o primeiro single do álbum, "Work from Home" através das plataformas digitais e nas de streams. O videoclipe, dirigido por Director X, teve mais de 3 milhões de visualizações em suas primeiras 24 horas no YouTube. A canção tem a participação especial do rapper estadunidense Ty Dolla $ign.[17] "Work from Home" é o maior sucesso da girl group até então; a canção estreou em #12 na principal tabela dos Estados Unidos, igualando-se a Worth It. Porém, em sua décima primeira semana, subiu para a quarta posição, se tornando o maior sucesso da girl group nos Estados Unidos.[18] A música, fora dos Estados Unidos, também teve uma performance ótima nas tabelas musicas, pegando Top 10 em 20 países e ocupando a primeira posição em países como Holanda, Nova Zelândia, Reino Unido, Austrália, Canadá e Israel. "Work from Home" também já conta com diversas certificações de platina, ouro, etc, em diversas partes do mundo. A música também atingiu o topo das rádios nos Estados Unidos, sendo #1 em ambas as rádios de gênero Pop e Rhythmic.

Em 31 de maio de 2016, "All In My Head (Flex)" foi anunciado como o segundo single do álbum. O videoclipe foi lançado no dia 23 de junho de 2016, contando com a participação do rapper Fetty Wap. O single já é certificado de Ouro em países como Itália, Brasil, Nova Zelândia, Canadá e Estados Unidos, Platina na Austrália e Prata no Reino Unido. "All In My Head (Flex)" teve peak 24 na Billboard Hot 100. No dia 11 de agosto de 2016 o clipe chegou a marca de 100 milhões de visualizações na VEVO e a girlgroup recebe seu 6 certificado da VEVO.

Em 19 de setembro de 2016, "That's My Girl" foi lançado como terceiro single do álbum. O single teve pico 51 na primeira semana na UK singles Charts, semana seguinte chegou em 31. "That's My Girl" vem subindo no território europeu.

Singles promocionais[editar | editar código-fonte]

Em 24 de março de 2016, o grupo lançou seu primeiro single promocional do álbum, "The Life". A canção estreou em #101 na Bubbling Under Hot 100 Singles e em #97 na principal tabela musical do Reino Unido.[19][20]

Write on Me foi lançada em 5 de maio de 2016, foi o segundo single promocional do álbum. O videoclipe foi lançada no dia seguinte do lançamento oficial da canção, ele retrata as integrantes em vários cenários com um tom preto-e-branco.

Recepção da crítica[editar | editar código-fonte]

Críticas profissionais
Pontuações agregadas
Fonte Avaliação
Metacritic 70/100[21]
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
AllMusic 3 de 5 estrelas.[22]
The Boston Globe positive[23]
Digital Spy 4 de 5 estrelas.[2]
Entertainment Weekly B[24]
Idolator 3.5 de 5 estrelas.[25]
Los Angeles Times positive[1]
Rolling Stone 3 de 5 estrelas.[26]
Spin 6/10[27]

No Metacritic , que atribui uma avaliação normalizada em 100 a opiniões de críticos dominantes, o álbum recebeu uma pontuação média de 70, o que indica "avaliações favoráveis", baseado em 7 avaliações. Matt Collar de AllMusic foi positivo, chamando "uma produção sofisticada, que encontra a roupa só de mulheres bem a transição dos ingênuos impetuoso que terminou em terceiro na segunda temporada de The X factor em divas pop de forma confiável maduros." Ele observou que "enquanto 7/27 não é tão solto ou tão divertido quanto se poderia esperar, Fifth Harmony prova que pode equilibrar arrogância juvenil com sofisticação adulta." Elogiando o ambiente maduro, Nolan Feeney da Entertainment Weekly denominou-o "profundo, vulnerável, pessoal - estes foram alguns dos objetivos declarados do Quinteto para 7/27 não é um mau olhar por qualquer meio."

Maura Johnston do Boston Globe declarou: "o poder do grupo sempre vêm a partir de suas Spice Girls -como capacidade de formar uma unidade maciça de auto-realização, e Peppy 7/27 não tem falta de que, tanto liricamente e musicalmente. " Lewis Corner of digital Spy notou que" enquanto o álbum de estreia 'Reflection' foi uma sacola em termos de estilos, '7/27' é uma coleção inteligentemente estruturada. os números uptempo pop off com confiança, enquanto que as faixas mais lentas mal diminui a energia total do registro. há sass, há vulnerabilidade , há sensualidade;. que se baseia em todas as emoções de um grande álbum pop anseia Christopher R. Weingarten da Rolling Stone opinou que o álbum "não é um enorme passo em frente, mas com um constante bombardeio de ganchos, alta energia e harmonia incrível não há muito tempo para recuperar o fôlego para comparar." Regis Tadeu, escrevendo para o Yahoo!, publicou uma crítica negativa dizendo que "É daqueles discos com '100% de aproveitamento zero': nada se salva."[28]

Desempenho comercial[editar | editar código-fonte]

No Japão, o álbum estreou no número 20 na Oricon Albums Chart, tornando-se o primeiro álbum do grupo para estrear no Japão. O álbum caiu para o número 22 em sua segunda semana na parada. Em sua terceira semana, o álbum caiu para o número 34. Em sua quarta semana, o álbum caiu para o número 44.

Nos Estados Unidos, o álbum estreou no número 4 sobre os EUA Billboard 200, ganhando 74.000 unidades álbum equivalentes (49.000 em vendas de álbuns puros) em sua primeira semana e tornando-se seu álbum mais gráficos até à data. No Reino Unido, o álbum estreou no número 6 nas Official Charts, marcando sua primeira estreia top 10 no Reino Unido, e, desde então, vendeu 40.000 cópias lá.

O álbum também alcançou o número 1, tanto na Espanha e no Brasil, tornando-se o primeiro álbum do grupo ao topo ambos os gráficos.

Turnê[editar | editar código-fonte]

O grupo embarcou em sua segunda turnê, a "The 7/27 World Tour", a turnê começou em 22 de junho de 2016 em Lima, Peru e terminará em 29 de outubro de 2016 na belgica. Até então, a turnê receberá 8 shows na América do Sul , 33 na América do Norte e 15 na Europa. Porém, há rumores de que mais datas serão adicionadas[29][30][31]

Lista de faixas[editar | editar código-fonte]

7/27[32]
N.º Título Compositor(es) Produtor(es) Duração
1. "That's My Girl"  
3:24
2. "Work from Home" (com Ty Dolla $ign)
  • Tyrone Griffin, Jr.
  • Alexander Izquierdo
  • Joshua Coleman
  • Jude Demorest
  • Dallas Koehlke
  • Brian Lee
  • Ammo
  • Dallas K
  • Victoria Monet[A]
3:34
3. "The Life"  
  • Kachingwe
  • Kronlund
  • Loules
  • Purple
  • Lulou
3:20
4. "Write On Me"  
3:39
5. "I Lied"  
  • James Abrahart
  • James "Gladius" Wong
  • Oliver "German" Peterhof
  • Izquierdo
  • Jordan Johnson
  • Marcus Lomax
  • Stefan Johnson
  • The Monsters and the Strangerz
  • Gladius
  • German
3:23
6. "All in My Head (Flex)" (com Fetty Wap)
  • Stargate
  • Garcia
  • Play Picasso
  • Sir Nolan[B]
  • Monet[A]
3:30
7. "Squeeze"  
  • Eriksen
  • Hermansen
  • Gørvell-Dahll
  • Lambroza
  • Hamilton
  • Wilcox
  • Stargate
  • Kygo
3:33
8. "Gonna Get Better"  
  • Stargate
3:36
9. "Scared of Happy"  
  • Kachingwe
  • Cass Lowe
  • Michael "BloodPop" Tucker
  • Eriksen
  • Hermansen
  • Stargate
  • BloodPop
3:23
10. "Not That Kinda Girl" (com Missy Eliott)
  • Pearce
3:11
Duração total:
34:33
Notas
A - denota produtores vocais
B - denota produtores adicionais

Créditos[editar | editar código-fonte]

Créditos do 7/27 adaptado pelo AllMusic.[38]

  • Joshua Coleman - compositor
  • Jude Demorest - compositor
  • Missy Elliott - artista participante
  • Fetty Wap - artista participante
  • Tyrone Griffin - compositor
  • Alexander Izquierdo - compositor
  • Brian Lee - compositor
  • Ty Dolla $ign - artista participante

Charts[editar | editar código-fonte]

Paradas Musicais Melhor

Posição

 Alemanha - (BVMI) 41
 Áustria - (O3 Áustria) 34
 Austrália - (ARIA) 8
 Bélgica - (Ultratop Flanders) 9
 Bélgica - (Ultratop Wallonia) 35
 Brasil - (ABPD) 1
 Canadá - (Billboard) 3
 Coreia do Sul - (Gaon) 55
 Coreia do Sul - (Internacional Gaon) 5
 Dinamarca - (IFPI Dinamarca) 18
Escócia - (OCC) 4
Flag of Spain.svg Espanha - (PROMUSICAE) 1
 Estados Unidos - (Billboard) 4
 Finlândia - (Suomen virallinen lista) 8
 França - (SNEP) 55
 Irlanda - (IRMA) 5
 Itália - (FIMI) 20
 Japão - (Oricon) 20
 Japão - (Internacional Oricon) 2
 México - (AMPROFON) 9
 Noruega - (VG-lista) 8
 Nova Zelândia - (RMNZ) 8
 Países Baixos - (MegaCharts) 7
 Portugal - (AFP) 7
 Reino Unido - (OCC) 6
 Suécia - (Sverigetopplistan) 6
Suíça - (Schweizer Hitparade) 23
Taiwan - (Five Music) 3

Certificações[editar | editar código-fonte]

País (Provedor) Certificação Vendas
 Brasil (ABPD)[39] Platina +40.000†
 Estados Unidos (RIAA)[40] Ouro +100.000‡
 Polónia (ZPAV)[41] Ouro +10.000†


Referências

  1. a b c Kennedy, Gerrick (27 de maio de 2016). «Fifth Harmony's '7/27' is largely a reminder of its strengths». Los Angeles Times. Consultado em 19 de junho de 2016 
  2. a b Corner, Lewis (23 de maio de 2016). «Fifth Harmony world exclusive: a track-by-track review of new album 7/27». Digital Spy. Consultado em 23 de maio de 2016 
  3. «Fifth Harmony Announces Second Album '7/27,' Video Coming Tomorrow» (em inglês). Billboard. Consultado em 29 de abril de 2016 
  4. «Fifth Harmony's Camila Cabello Reveals New Album Is on the Way at iHeartRadio Music Festival 2015». Billboard 
  5. «Fifth Harmony's Dinah Jane Hansen Says '5H2′ Is Better, Bolder, and Realer». Spin 
  6. «We know there has been a lot of talk, but we wanted you to hear this from us... #WorkFromHome coming Feb. 26th · Our new album 7/27 is coming May 20th.». Instagram 
  7. «Fifth Harmony's Lauren Jauregui: Max Martin Helping with 'More Soulful' Second Album». Billboard 
  8. «LA Reid on Fifth Harmony's new album: 'It's one of the best pop albums in years'» (em inglês). Pressparty. Consultado em 9 de maio de 2016 
  9. «Fifth Harmony's New Album – Here's Everything You Need To Know». Inquisitir 
  10. «Everything You Need To Know About Fifth Harmony's Next Album». MTV 
  11. «Ty Dolla $ign on working with Fifth Harmony: 'My daughter loves them'» (em inglês). Fuse. Consultado em 30 de abril de 2016 
  12. «Fifth Harmony revela nome e data de lançamento de novo álbum». 'Capricho. Consultado em 30 de abril de 2016 
  13. «Fifth Harmony Debuted 'Work From Home' on Post-Oscars 'Live With Kelly and Michael'» (em inglês). Spin. Consultado em 30 de abril de 2016 
  14. «Fifth Harmony faz nova performance de "Work From Home" no programa do Jimmy Kimmel». Hugo Gloss. Consultado em 29 de abril de 2016 
  15. «Fifth Harmony divulga "Work From Home" em programas de TV e rádio da França! Confira». PureBreak. Consultado em 30 de abril de 2016 
  16. «Fifth Harmony perform 'Work from Home' and cover Elle King's 'Ex's & Oh's' in the BBC Radio 1 Live Lounge» (em inglês). SugarScape. Consultado em 30 de abril de 2016 
  17. «Camila Cabello Breaks Down Fifth Harmony's New Single, 'Work From Home'» (em inglês). Spin. Consultado em 30 de abril de 2016 
  18. «Rihanna Tops Hot 100 for Third Week, Kelly Clarkson Debuts in Top 10» (em inglês). Billboard. Consultado em 30 de abril de 2016 
  19. «Fifth Harmony's "The Life" debuts at #1 on Bubbling Under Hot 100» (em inglês). Headline Planet. Consultado em 30 de abril de 2016 
  20. «Official Charts - "Fifth Harmony"» (em inglês). Official Charts. Consultado em 30 de abril de 2016 
  21. «7/27 by Fifth Harmony» 
  22. Collar, Matt. «7/27 - Fifth Harmony». AllMusic. Consultado em 26 de maio de 2016 
  23. Johnston, Maura (19 de maio de 2016). «Ariana Grande and Fifth Harmony, stretching pop's parameters». The Boston Globe. Consultado em 27 de maio de 2016 
  24. Feeney, Nolan (26 de maio de 2016). «Fifth Harmony's 7/27: EW Review». Entertainment Weekly. Consultado em 27 de maio de 2016 
  25. Lee, Christina (27 de maio de 2016). «Fifth Harmony's '7/27′: Album Review». Idolator. Consultado em 27 de maio de 2016 
  26. R. Weingarten, Christopher (27 de maio de 2016). «Fifth Harmony's New Album: 7/27». Rolling Stone. Consultado em 27 de maio de 2016 
  27. Josephs, Brian (2 de junho de 2016). «Review: Fifth Harmony's '7/27′ Is Sadly Not All That Worth It». Spin. Consultado em 19 de junho de 2016 
  28. Regis Tadeu (16 de junho de 2016). «Três discos recentes que merecem a lata de lixo». Yahoo!. Consultado em 5 de fevereiro de 2017 
  29. «Fifth Harmony anuncia datas da "7/27 World Tour" no Brasil em 5 cidades e fãs comemoram!». Purebreak. Consultado em 16 de maio de 2016 
  30. «Fifth Harmony announce '7/27' Tour dates: See the South American dates» (em inglês). PopCrush. Consultado em 16 de maio de 2016 
  31. «EXCLUSIVE: Fifth Harmony Announces New '7/27' Tour» (em inglês). Entertainment Online. Consultado em 20 de maio de 2016 
  32. "7/27 de Fifth Harmony" (em português). iTunes. Apple, Inc. Consultado em 13 de dezembro de 2016.
  33. "7/27 by Fifth Harmony" (em inglês). iTunes. Apple, Inc. Consultado em 13 de dezembro de 2016.
  34. "7/27 (Deluxe) de Fifth Harmony" (em português). iTunes. Apple, Inc. Consultado em 13 de dezembro de 2016.
  35. "7/27 (Deluxe) by Fifth Harmony" (em inglês). iTunes. Apple, Inc. Consultado em 13 de dezembro de 2016.
  36. "7/27" (em inglês). Napster. Consultado em 13 de dezembro de 2016.
  37. "7/27 (Japan Deluxe Edition), フィフス・ハーモニー" (em japonês). iTunes. Apple, Inc. Consultado em 13 de dezembro de 2016.
  38. «7/27 - Fifth Harmony (Credits)» (em inglês). AllMusic. Consultado em 16 de maio de 2016 
  39. «Fifth Harmony conquista disco de platina no Brasil com "7/27"». Portal POPline. 20 de setembro de 2016 
  40. «Gold & Platinum - RIAA». RIAA (em inglês) 
  41. «ZPAV :: Bestsellery i wyróżnienia - Wyróżnienia - Złote płyty CD - Archiwum». bestsellery.zpav.pl. Consultado em 23 de outubro de 2016