8.ª Cúpula das Américas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
8.ª Cúpula das Américas
8th Summit of the Americas
VIII Cumbre de las Américas
Anfitrião  Peru
Sede Lima
Data 10-14 de Abril de 2018
Participantes Países da América
Cronologia
Panamá 2015
-

A 8.ª Cúpula das Américas é o oitavo encontro entre os presidentes dos países do continente americano pertencentes a Organização dos Estados Americanos.[1]

Ocorrida em Lima, capital do Peru, a cúpula foi marcada por uma série de ausências devido à conflitos mundiais e regionais. O presidente anfitrão, Pedro Pablo Kuczynski, renunciou ao cargo de presidente do Peru poucas semanas antes do evento, sob acusações de corrupção. Foi sucedido pelo seu vice Martín Vizcarra. [2]

A Venezuela foi formalmente desconvidada, como forma de sanção ao governo do presidente Nicolás Maduro. Já o presidente de Cuba, Raúl Castro, anunciou que não participaria do evento.[3]

O presidente do Equador, Lenín Moreno chegou à estar em Lima, mas não compareceu ao evento. Voltou ao seu país para cuidar do do caso envolvendo sequestro de jornalistas equatorianos na fronteira com a Colômbia.[4]

Pela primeira vez um presidente dos Estados Unidos não esteve presente na cúpula: Donald Trump cancelou sua ida ao evento para monitorar os ataques dos Estados Unidos à Síria. O vice-presidente Mike Pence o representou.[5]

Participantes[editar | editar código-fonte]

País Asistente Cargo
 Peru Martín Vizcarra Cornejo Presidente
 Antígua e Barbuda Gaston Browne Primeiro-ministro
 Argentina Mauricio Macri Presidente
 Bahamas Hubert Minnis Primeiro-ministro
 Barbados Freundel Stuart Primeiro-ministro
 Belize Dean Barrow Primeiro-ministro
 Bolívia Evo Morales Presidente
 Brasil Michel Temer Presidente
 Canadá Justin Trudeau Primeiro-ministro
 Chile Sebastián Piñera Presidente
 Colômbia Juan Manuel Santos Presidente
Costa Rica Luis Guillermo Solís Presidente
 Cuba Bruno Rodríguez Parrilla Chanceler
Dominica Charles Savarin Presidente
Equador Pablo Campana Chanceler[6][7]
 Estados Unidos Mike Pence Vice-Presidente
El Salvador Hugo Martínez Chanceler[8]
Granada Keith Mitchell Primeiro-ministro
 Guatemala Jafeth Cabrera Franco[9] Vice-Presidente
Guiana David Granger Presidente
Haiti Jovenel Moïse Presidente
Honduras Juan Orlando Hernández Presidente
 Jamaica Andrew Holness Primeiro-ministro
 México Enrique Peña Nieto Presidente
 Panamá Juan Carlos Varela Presidente
 Paraguai Eladio Loizaga Chanceler[10]
República Dominicana Danilo Medina Presidente
Santa Lúcia Allen Chastanet Primeiro-ministro
 São Cristóvão e Névis Timothy Harris Primeiro-ministro
São Vicente e Granadinas Ralph Gonsalves Primeiro-ministro
Suriname Dési Bouterse Presidente
Trinidad e Tobago Anthony Carmona Presidente
Uruguai Tabaré Vázquez Presidente
 Venezuela Julio Borges Deputado

Referências